Cruzeiros

Cruzeiro da Disney pelo Alaska: tudo que você precisa saber

Quem acompanha a gente no instagram já sabe disso, mas recentemente fizemos o cruzeiro da Disney mais incrível da vida, pelo Alaska. A gente escolheu esse cruzeiro porque tinha muita vontade mesmo, mas a repercussão foi tão grande, tanta gente perguntou mais detalhes, que resolvi fazer esse post com todas as informações que você precisa para ver se você gosta e como planejar um cruzeiro da Disney para o Alaska.

Que viagem incrível! Já pode voltar?

Que viagem incrível! Já pode voltar?

E se quer saber minha opinião, você deveria querer planejar essa viagem sim, porque foi sensacional e eu apenas quero voltar no tempo ou planejar outro cruzeiro pra lá! Eu e toda a minha família estamos encantados até agora. O novo nome do nosso grupo no whatsapp é “Alaska 2021!” pra você ter idéia! hahaha Mas sinceramente estou torcendo pra voltar antes disso! 🙂

Mais pra frente, vou escrever um diário de viagem contando mais detalhes do dia a dia do nosso cruzeiro, mas a idéia hoje é realmente passar uma visão geral do que você pode esperar dessa viagem. E se Alaska não é sua praia e você prefere destinos de praia, fica a dica dos vídeos com o dia a dia do cruzeiro em Bahamas que estão rolando lá no nosso canal do YouTube. Virei vlogger por 4 dias, quem diria! hahahaha

Bom, estou fugindo do assunto! Vamos voltar a falar de Alaska!

Os cruzeiros da Disney são sempre bem legais, mas esse foi especial!

Os cruzeiros da Disney são sempre bem legais, mas esse foi especial!

Informações gerais: datas, navio e porto

Muita gente sabe dos cruzeiros da Disney saindo de Porto Canaveral, mas estes são apenas os destinos mais conhecidos, que casam bem com quem vai tirar férias em Orlando. Há muitas outras opções super interessantes, como Europa, Canal do Panamá, Canadá e o Alaska, nosso tão sonhado Alaska.  

Eu e o Felipe sempre ficamos babando com qualquer notícia ou foto que víamos dos cruzeiros da Disney no Alaska e então, em Outubro do ano passado, aproveitamos os descontos oferecidos à bordo do navio, durante o nosso cruzeiro de 7 noites pelo Caribe, e reservamos a nossa viagem para o Alaska.

O Disney Wonder é o navio sortudo e maravilhoso que oferece este itinerário. Por causa do clima, estes cruzeiro só acontecem, de fim de Maio até começo de Setembro (clique aqui para ver todas as datas disponíveis).

O Disney Wonder é o navio que passa pelo Alaska - e eu adoro esse navio!

O Disney Wonder é o navio que passa pelo Alaska – e eu adoro esse navio!

Como talvez você já tenha imaginado, esse cruzeiro não sai de Porto Canaveral, já que seria bem fora de mão. Por questões de rotas e até leis marítimas, hoje os cruzeiros da Disney para o Alaska tem como porto de saída e retorno, o porto de Vancouver, no Canadá. Ou seja, de quebra você já conhece também uma cidade linda, em um país super legal.

Os cruzeiros da Disney para o Alaska saem de Vancouver.

Os cruzeiros da Disney para o Alaska saem de Vancouver.

Duração e roteiros

A grande maioria dos cruzeiros para o Alaska são de 7 noites, mas a Disney oferece em algumas datas, cruzeiros de 5 e de 9 noites também. Sinceramente acho que 5 dias fica muito corrido e só vai servir pra te deixar com mais vontade. Acho 7 noites bem legal porque você consegue aproveitar bem os portos e também o navio. 9 noites é ótimo porque quanto mais tempo, melhor, né? E você consegue conhecer mais dois lugares. Mas se não der tempo, fique tranquilo que dá pra curtir bem só com 7 noites mesmo.

Como já era de se esperar, ocorrem pequenas variações nos itinerários de acordo com a quantidade de noites. Em resumo, a programação fica assim:

  • Cruzeiro de 7 noites no Alaska: sai de Vancouver, passa um dia no Tracy Arm, um dia em Juneau, um dia em Skagway, um dia em Ketchikan e 2 dias inteiros em alto-mar, só pra você curtir o navio.
  • Cruzeiro de 9 noites no Alaska: além de todos os locais visitados e dias no mar iguais aos do cruzeiro de 7 noites, este cruzeiro também tem um dia no Icy Strait Point e outro na Geleira Hubbard.
  • Cruzeiro de 5 noites no Alaska: sai de Vancouver, passa um dia no Tracy Arm, um dia em Ketchikan e 2 dias inteiros em alto-mar. Ou seja, você perde de ir em 2 portos incríveis que a gente amou visitar. Por isso acho que vale a pena tentar separar pelo menos 7 noites para essa viagem.
Ketchikan é uma das paradas de todos os cruzeiros da Disney no Alaska.

Ketchikan é uma das paradas de todos os cruzeiros da Disney no Alaska.

Duas coisas importantes sobre esses roteiros:

  • O Tracy Arm é o estreito mais fininho com geleiras do lado. A Disney sempre tenta entrar lá, mas quase sempre acaba indo pro Endicott Arm no lugar, por questões de segurança e também ecológicas (disseram que muitas vezes tem filhotes de foca lá e por isso não poderiam entrar). Pra você ter idéia, faz dois anos que a Disney não entra no Tracy Arm, mas eles sempre avaliam se há condições de entrar em todos as viagens. Nós não entramos e sinceramente, pra gente o Endicott Arm foi maravilhoso igual. O mapa aí embaixo te dá uma idéia de como são estes dois locais. De qualquer forma, é bom você ir sabendo disso para evitar qualquer frustração.

  • Quando o navio visita as geleiras (ou seja, no dia do Tracy/Endicott Arm e também no Hubbard, para quem fizer cruzeiro de 9 noites), o navio não vai parar em um porto. Não existe porto no meio das geleiras, né? A programação aqui é realmente ir para as varandas e janelas do navio e apreciar de queixo caído aquelas paisagens maravilhosas. Se você for sortudo como meus pais, ainda pode avistar algumas baleias saltando perto do navio. Quem quiser, ainda tem a possibilidade de fechar com a Disney um passeio em um barquinho menor, que te leva para mais perto das geleiras. Eu fiz esse passeio e foi um dos pontos altos do cruzeiro pra mim.
Geleira de pertinho.

Geleira de pertinho.

O que fazer em cada parada

Ainda vou escrever sobre o que fazer em cada porto porque tem muita coisa muito legal, é um assunto que rende. De cara, já deixo a dica de que vale a pena estudar os portos de parada e as opções de excursão (as Port Adventures, como a Disney chama) antes da viagem. Já feche tudo que você sabe que vai querer antecipadamente pois algumas poucas Port Adventures esgotam.

Fazer esse trabalho prévio é muito mais importante num cruzeiro para o Alaska do que em um cruzeiro de praia. Em um cruzeiro pelo Caribe em que todas as paradas tem uma praia legal, não é tão obrigatório pesquisar antes, tão pouco fechar algum passeio com a Disney ou com empresas locais. Já no Alaska, você provavelmente vai querer fazer algum passeio e as opções vão desde andar de helicóptero pelas geleiras e depois pegar um daqueles trenós com cachorro, até observar baleias, águias ou ursos, procurar ouro nas minas, fazer trilhas, comer king crab e o verdadeiro salmão do Alaska, ver show de lenhadores, etc, etc, etc. Enfim, vale a pena escolher bem o que fazer em cada parada, inclusive olhando opções fora da Disney se quiser.

Eu, o Felipe e a minha irmã fizemos um passeio pra ver as baleias assim, de pertinho!

Eu, o Felipe e a minha irmã fizemos um passeio pra ver as baleias assim, de pertinho!

Passaporte e visto

Para essa viagem, além de passaporte válido, você precisará de visto tanto para os Estados Unidos, como para o Canadá. Para ver nossas dicas sobre tirar passaporte e visto americano, clique aqui. Já o visto do Canadá para brasileiros, funciona um pouco diferente. Na verdade é até mais fácil do que o americano, mas para fazer esse cruzeiro, tem um pulo do gato.

Desde 2017, o Canadá isentou a necessidade de visto para brasileiros, mediante a uma autorização de viajem que pode ser obtida online. O problema é que essa autorização só é válida para quem entra no país por via aérea, o que não é o suficiente para este tipo de viagem, já que você vai sair do Canadá (pra ir pro Alaska) e depois entrar de novo (quando o cruzeiro acabar) por via marítima. Ou seja, você precisa de um visto de turista canadense normal.

A cauda da baleia que estava pertinho da gente.

A cauda da baleia que estava pertinho da gente.

O processo é super fácil e é feito quase que inteiramente pelo site. Você terá que preencher algumas informações, enviar alguns documentos e pagar a taxa online. Depois vai receber uma mensagem dizendo que deverá deixar o seu passaporte no consulado, ou enviar por correio. Você entrega o passaporte e depois de alguns dias ele estará pronto, com seu visto!

Clima e temperatura

Se as fotos e o destino desse cruzeiro já não responderam essa dúvida, digo que é sim muito frio, mas nada insuportável. As temperaturas variaram ao longo da nossa viagem entre cerca de 7-18 graus Celsius. Algumas horas havia muito vento, o que incomodava um pouco pra quem não tinha nenhuma proteção (um gorro resolve isso) e choveu bastantinho, mas uma chuva fininha e temporária. Nós tivemos o azar de pegar um temporal em Ketchikan (que é a cidade que mais chove nos EUA!) mas as chuvas mais comuns são as fraquinhas mesmo.

Dizem que todo mundo se veste melhor no frio, né?

Dizem que todo mundo se veste melhor no frio, né?

Enfim, ninguém sofreu com isso e aproveitamos a viagem toda. É claro que vai ser frio: é o Alaska, essa é a proposta né? Mas dá pra curtir numa boa se você estiver bem agasalhado. Inclusive as máquinas de sorvete à vontade do navio estavam sempre cheias de gente (inclusive o Felipe e a minha mãe, dois viciados) e teve até gente com coragem pra encarar as piscinas.

Lembrando que a gente viajou com criança pequena e pra quem acha que isso é um problema, descobrimos que o Alaska é bem legal pra crianças! Aliás, este foi o meu cruzeiro Disney que vi mais crianças de idade próxima ou menores que a Julia. Todas bem agasalhadas e se divertindo horrores!

Quem quer fugir do frio das áreas externas, pode admirar a paisagem por essas janelas bem grandes como eu fiz com a Julia.

Quem quer fugir do frio das áreas externas, pode admirar a paisagem por essas janelas bem grandes como eu fiz com a Julia.

O ideal é levar roupas em camadas porque aí você consegue se adaptar bem para qualquer nível de temperatura. Além disso, lembre-se que dentro do navio a temperatura é sempre controlada, ou seja, ninguém nunca precisa andar encapotado lá dentro não. Só a noite, que eu acho os quartos meio frios, então sempre levo um pijama mais quentinho e aproveito o edredom fofinho.

Já que estou falando de roupas, vale lembrar que neste cruzeiro tem uma noite formal e outra semi-formal, em que as pessoas vão mais arrumadas. Você não é obrigado a participar, é completamente opcional. De qualquer forma, mais uma vez a temperatura controlada do navio permite que as mulheres usem vestidos numa boa. Eu usei vestido nessas duas noites e levei um lenço para o jantar, caso ficasse com frio. A Julia brincou com meu lenço o jantar todo nesses dias porque até parece que eu tenho classe pra manter aquele negócio quietinho no meu ombro enquanto coordeno meu jantar o da Julia ao mesmo tempo.. =)

O que o cruzeiro do Alaska tem de especial

A natureza chega a ser emocionante todos os dias da viagem. Eu não sou dessas que sai na rua abraçando árvore nem nada (nada contra quem é! 🙂 ) e já falei aqui no blog que nem de flor eu gosto, mas eu ficava até comovida com algumas cenas da natureza tão conservada no Alaska. É surreal ver a grandeza de tudo aquilo, das geleiras, das montanhas, da cor da água, as baleias, as águias, ursos, as florestas, cada canto que você olha é lindo!

Sério, olha isso!

Sério, olha isso!

Chegar perto das geleiras e ir nos passeios para ver animais foram sem dúvidas alguns dos melhores momentos da viagem pra mim. É tudo muito diferente do que a gente está acostumado no Brasil ou em outros destinos mais turísticos dos Estados Unidos.

Além disso, os portos do Alaska trazem bastantes opções de atividade para as crianças. No navio então, nem se fale! Destaque para o dia de Frozen, que teve direito a espetáculo musical no teatro do navio (a Julia viu duas vezes completamente hipnotizada) e jantar temático, e para o dia da Pixar com festinha no átrio, com vários personagens dançando, além de diversas oportunidades ótimas de fotos.

Festinha da Pixar!

Festinha da Pixar!

Cruzeiro de praia vs. cruzeiro do Alaska?

Um cruzeiro para o Alaska é uma experiência completamente diferente de um cruzeiro pra praia (graças a Deus! Já pensou que furada ir na praia no Alaska?). Assim como uns gostam mais de praia e outros de piscina, uns gostam de calor outros de frio, uns preferem doce e outros preferem salgado, também com certeza não haverá uma unanimidade na preferência por um tipo de cruzeiro ou pelo outro, mas o importante é que tanto praia como Alaska são experiências muito legais.

Mais uma paisagem linda.

Mais uma paisagem linda.

Eu já expressei todo meu amor pelos cruzeiros de praia da Disney aqui no blog pelo menos um zilhão de vezes e gostei ainda mais do Alaska porque é menos óbvio, mais surpreendente. Tudo é muito diferente e extremamente lindo ao mesmo tempo. Vi animais que nunca tinha visto, geleiras que nunca tinha visto, paisagens que não conhecia.

Focas de boa descansando no gelo.

Focas de boa descansando no gelo.

Querendo ou não, praia a gente tem várias lindas em casa, né? Então eu pessoalmente gostei ainda mais do Alaska por ser uma experiência única e por achar que é um tipo de viagem que combina muito mais com cruzeiro do que por terra, já que no cruzeiro tem todas as comodidades, estrutura e mimos do navio. Nada melhor do que conhecer vários lugares e só ter que arrumar/desarrumar as malas uma vez ou ter gente te dando mantinha e sopa quentinha enquanto você observa as geleiras.

Como eu falei antes, encontramos mais atividades para a Julia (que tem quase 2 anos) nesse cruzeiro do Alaska do que nos cruzeiros do Caribe ou Bahamas. Nem sempre a gente quis levar ela junto só porque ela podia, porque algumas atividades eram muito longas e achamos que ela ia ficar entediada, mas achei muito legal ter opções para todas as idades.

Atividade pra crianças de todas as idades no navio e fora dele!

Atividade pra crianças de todas as idades no navio e fora dele!

Cada parte dos clubes infantis tem um tema e todas são lindas!

Cada parte dos clubes infantis tem um tema e todas são lindas!

Se sua idéia é só aproveitar o navio e não tanto os portos (opção super justa, já que os navios tem mais atividades do que é humanamente possível acompanhar), se você já vai pra Orlando e o cruzeiro é só um extra na sua viagem, ou se você torrar no sol ou quer ficar na água até a sua mão ficar enrrugada, os destinos de praia devem fazer mais sentido pra você mesmo. E com certeza você vai aproveitar muito!

As principais coisas que me vem à mente na comparação entre os dois destinos são:

  • Praia tem mais variedade e flexibilidade. Se você vai viajar em outra época ou se quer um cruzeiro menor, sempre tem uma opção bacana com roteiro de praia!
  • Por ser mais variado, é possível viver a experiência de um cruzeiro da Disney (que já seria incrível mesmo se o navio não saísse do porto, pra falar a verdade) gastando muito menos.
  • Um cruzeiro no Alaska é uma opção mais memorável de férias mais diferentes. Você consegue levar a experiência da Disney em um outro destino, que é muito mais difícil visitar fora de cruzeiro.
  • Praia você descansa mais, Alaska você passeia mais. Tudo depende do que você quer!
  • Se puder fazer os dois, melhor ainda. Se puder fazer os dois dez vezes, faça! Não conheço um ser humano dizer que cruzeiro da Disney cansa, que acha chato porque já foi demais. Não existe ir demais nesse caso! haha
  • Por fim, vale ver que tipo de atividade te interessa mais. Se tudo que você sempre sonhou é ficar tomando sol ou nadar com golfinhos, você vai realizar seu sonho no Caribe e não no Alaska.
Mickey com trajes especiais para a viagem, é claro!

Mickey com trajes especiais para a viagem, é claro!

Preço do cruzeiro da Disney para o Alaska

Adoraria poder te passar o preço aqui, como se fosse algo padronizado, mas infelizmente não é. Os valores vão variar de acordo com a data da sua viagem, a quantidade de pessoas na sua cabine, o tipo de cabine que você deseja, entre outros fatores. Se você quiser ver os valores para uma data específica, é só clicar aqui.

O cruzeiro do Alaska tem fama de ser super caro mas hoje em dia, acho que a fama assusta mais do que o orçamento em si, em especial se você comparar com os outros cruzeiros mais tradicionais da Disney na mesma época. De qualquer forma, aqui vão algumas dicas para você pagar menos:

Cada cabine tem um preço. A nossa era com varanda, que é um pouco mais cara, mas traz essa vista super linda do mar.

Cada cabine tem um preço. A nossa era com varanda, que é um pouco mais cara, mas traz essa vista super linda do mar.

  • Quanto antes, melhor: tente fechar seu cruzeiro com a maior antecedência possível. Como o cancelamento é grátis até a viagem ficar mais próxima, você se garante fechando com antecedência (quando os preços já costumam ser melhores mesmo) e se por acaso acontecer do preço cair, você cancela a reserva e faz uma nova. Alguns agentes de viagem (a gente inclusive através do VPD Travel) pode refazer a sua reserva se o preço cair. A gente até fica checando esses números e qualquer mudança brusca já cuida de tudo, mas se você fechar direto com a Disney, pode ficar monitorando isso também e refazer a sua reserva dentro do período de cancelamento grátis.
  • Épocas mais baratas: como as férias americanas pegam a maior parte da temporada de Alaska dos cruzeiros da Disney, uma das melhores formas de economizar é fazer seu cruzeiro no fim de maio ou no começo de setembro, quando a procura é menor e os preços são mais interessantes. Por exemplo, o cruzeiro do começo de setembro de 2019 está hoje mais barato que muitos cruzeiros de 7 noites pelo Caribe, porque ainda falta bastante tempo (primeira dica que eu dei) e é numa época menos procurada (segunda dica). 😉 
  • Reserva com desconto: se você já tiver um outro cruzeiro da Disney agendado, outra boa idéia é fazer sua reserva para o Alaska enquanto estiver a bordo do navio. A Disney oferece sempre descontos para que você feche seu próximo cruzeiro ali no navio mesmo. Foi inclusive o que a gente fez quando reservou o nosso!
  • Descontinho VPD Travel: como muita gente tem procurado a gente depois que postamos as fotos no instagram e como o dólar não tá ajudando ninguém, resolvemos dar uma ajudinha onde a gente consegue com uma promoção temporária: quem fechar o cruzeiro da Disney para o Alaska com o VPD no boleto, vai receber um vale crédito de US$75 para gastar no navio. Clique aqui se quiser solicitar um orçamento e vou adorar planejar a sua viagem pro Alaska enquanto não marco a minha próxima! rsrs

Outro ponto super importante a se considerar na hora de planejar sua viagem, é que o cruzeiro não contempla o custo total da viagem. Leve em consideração que você vai precisar comprar passagem pro Canadá e também reservar pelo menos uma noite de hospedagem em Vancouver antes do embarque no navio. Além disso, os passeios nos portos não estão inclusos no preço do cruzeiro e não são baratos.

Por outro lado, todas as refeições e diversas opções de entretenimento no navio já estão inclusas no preço do seu cruzeiro, e você não gasta a mais com isso no navio (veja aqui tudo que já está incluído no preço do cruzeiro). Enfim, entenda o valor de tudo isso para poder organizar seus gastos. O ideal mesmo é planejar essa viagem com antecedência, tanto para poder se planejar melhor com relação ao que você vai querer fazer em cada porto, como também para ir pagando aos poucos.

Vale a pena fazer o cruzeiro do Alaska?

Nossa! Não consigo nem expressar o quanto valeu a pena! Os cruzeiro da Disney sempre são incríveis, mas este foi o cruzeiro da Disney mais legal que a gente já fez, sem nem pensar duas vezes!  Olhando todas as opções de itinerário, não consigo achar outro que seja mais interessante.

É  uma viagem diferente de tudo e cada segundo foi especial pra gente. Eu já estou louca pra voltar!

A idéia desse post foi realmente só pincelar os principais temas, mas quero contar mais detalhes do dia a dia dessa viagem no diário de viagem (que começa semana que vem) e depois vou escrever mais sobre cada um dos portos também. Se tiver algo a mais que você queira saber sobre essa viagem, é só me contar aí nos comentários o que você quer. Vou adorar saber!  



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.