Comida

Dine with Shamu: almoço com as baleias no Sea World

O Sea World não é um parque super famoso por suas refeições, mas, por outro lado, é um parque bastante conhecido pelas atividades de interações com animais marinhos, como contamos recentemente sobre o Dolphins Up-Close Tour. Agora é a vez de contar um pouco sobre uma experiência bem diferente com as baleias do parque.

Há muito tempo eu tinha curiosidade de conhecer o Dine With Shamu, uma atividade que une essas duas coisas e em uma das minhas últimas idas a Orlando resolvi meio que de última hora almoçar por lá. E a experiência foi bem legal! 🙂

Nós já contamos aqui no blog como foi nosso almoço no Sharks Underwater Grill, o outro restaurante no estilo “table service” do Sea World, mas que tem uma proposta diferente do Dine With Shamu, como vocês vão ver.

E como o assunto baleias sempre rende uma certa polêmica, já vamos lembrando de cara que o Sea World já se comprometeu a não criar novas baleias, mas vai cuidar até o fim da vida delas, das baleias que eles tem – como tem que ser mesmo. Cada um tem sua posição em relação a isso (a Re mesmo nunca quis fazer essa experiência), mas como muita gente acha as baleias a parte mais legal desse parque, achei interessante dividir essa experiência co vocês, que traz uma interação super especial com estes animais tão impressionantes, por um preço nada proibitivo. Pode ser uma alternativa interessante para as suas férias.

entrada do restaurante onde acontece o Dine with Shamu.

entrada do restaurante onde acontece o Dine with Shamu.

Comprar antecipado ou na hora?

Como eu decidi no dia que iria fazer essa refeição, cheguei no parque de manhã e logo que entrei fui direto ao guichê do Guest Service localizado na entrada, depois das catracas de admissão, para ver se ainda tinha uma vaga.

Dei sorte! Tinha uma única vaga para o almoço, se eu estivesse acompanhada já não conseguiria, mas como eu estava sozinha, deu certinho. Então, se a sua próxima pergunta for: devo comprar com antecedência? A resposta é sim, é bom comprar com antecedência se esta for uma refeição que você faz questão de fazer no Sea World ou se você vai viajar em época de alta temporada. Caso opte por reservar só no parque, é importante ficar ciente de que você corre um risco real de não ter mais vagas.

Ah! Aqui você não faz uma reserva antecipada apenas, é compra mesmo. Ou seja, você já antecipadamente não só escolhe o dia e horário da refeição pelo site oficial do Sea World (neste link aqui) como também paga por ela. Igualmente, se você agendar sua refeição lá no parque ao chegar, como eu fiz, também já vai pagar por tudo no momento do agendamento. Na hora da refeição, você não precisa pagar nada a mais, apenas as gorjetas do garçom que servir a sua mesa.

Ah e vale lembrar que crianças menores de 3 anos não pagam e que para participar da refeição você precisa ter um ingresso de admissão ao parque, ok? 😉

as baleias curtindo uma piscininha de boa na hora do almoço.

as baleias curtindo uma piscininha de boa na hora do almoço.

Como é o Dine With Shamu

O restaurante fica bem próximo ao Shamu Stadium, onde o tradicional show das baleias acontece e, chegando no local, falei meu nome para a recepcionista e apresentei a notinha que recebi na hora da compra da refeição. Ela me contou um pouco do cardápio, me perguntou se eu tinha alguma restrição alimentar (moça, eu como até pedra!) e indicou um garçom que me levou até a minha mesa.

As mesas são colocadas em duas fileiras do lado de uma grande piscina, onde as baleias interagem e brincam. Na hora que sentei, fiquei um pouco chateada porque a minha mesa não estava localizada ao lado do vidro que separa as mesas da piscina das baleias, mas, depois fui percebendo que isso não teria um grande impacto na experiência.

A verdade é que eu cheguei um pouco atrasada e todo mundo já estava sentado, então acabei ficando mesmo com a mesa que “sobrou”. Mas, mesmo durante a refeição há um espaço aberto e livre, sem mesas, a que todos têm acesso e podem ir tirar fotos e observá-las. 🙂

muito querida!!

muito querida!!

Enquanto você faz sua refeição, as baleias ficam nadando livremente na piscina e depois de mais ou menos uns 35/40 minutos, começa uma apresentação com uma treinadora do Sea World. No dia da minha visita todo mundo já tinha terminado de comer quando essa apresentação começou e os garçons já tinham passado na mesa com as continhas (zeradas) e um potinho para gorjetas.

Nessa hora, todo mundo ficou em pé e perto dos vidros para ver o show, então pro show em si não faz muita diferença a mesa que você se sentou durante o almoço. Ufa!

todo mundo pode ficar pertinho do vidro na hora da apresentação.

todo mundo pode ficar pertinho do vidro na hora da apresentação.

A treinadora falou um pouquinho sobre as baleias, sobre alimentação (enquanto dava peixes para elas), peso, quanto tempo elas vivem, sua reprodução, e depois mostrou alguns truques bem simples. Não é como um show de acrobacias (que eu temi que fosse) – as baleias nadam livres na maior parte do tempo e são poucas as ocasiões em que elas estão fazendo mesmo um “número” – elas estão ali curtindo o horário de almoço, como a gente!

Essa bate-papo com a treinadora levou uns 20 minutos e depois que acabou, algumas pessoas ainda fizeram mais algumas perguntas sobre o tema, que tomou mais alguns minutinhos. Depois disso, todos começaram a se aprontar para voltar pro parque e sair do restaurante. Acho que somando a refeição e a apresentação, toda a experiência levou em torno de 1 hora, 1 hora e 15 – tendo em vista que eu cheguei bem em cima da hora e muitas pessoas já estavam comendo (talvez você tome uns 15-20 minutos a mais se for mais pontual que eu).

interação entre a treinadora e a baleia.

interação entre a treinadora e a baleia.

Vale lembrar que o espaço, apesar de coberto e com ventiladores de teto, é um local sem ar condicionado, ok? No dia estava bem calor, mas esse fator não atrapalhou em nada minha experiência. Estava calor ali, como estava no restante do parque, não tinha como fugir!

A comida do Dine with Shamu

A comida servida é no estilo buffet: você pode pegar à vontade tudo que estiver disponível ali e pede na mesa as bebidas (não inclui bebidas alcoólicas). No dia da minha visita, encontrei 5 opções de saladas e mais umas 10 opções de pratos quentes, fora as opções para crianças, como cachorro quente, nuggets, mac and cheesee, e as opções de sobremesas. Ou seja, as opções são fartas e fáceis de agradar adultos e crianças.

Algumas das opções de comida do Dine with Shamu.

Algumas das opções de comida do Dine with Shamu.

Já adianto logo de cara que a comida não impressiona muito – ela é justa, gostosa, mas não é algo marcante e que me levaria a visitar novamente o Dine with Shamu. O que vale aqui é a combinação da interação com as baleias somada a uma refeição de comida à vontade e com uma “pausa” na programação do dia para relaxar, sem gastar muito.

opções bem variadas e pra todos os gostos!

opções bem variadas e pra todos os gostos!

Tanto no site do Sea World quanto na entrada do local é possível consultar o cardápio com todas as opções que serão servidas.

uma parte do buffet de sobremesas.

uma parte do buffet de sobremesas.

E aí, vale a pena almoçar com as baleias?

Como sempre, depende! O que me levou ao Dine with Shamu foi a experiência mais próxima com as baleias, e não a refeição em si, então depende muito do que você está buscando pro seu dia de parque e como você se sente com relação a esse tipo de interação com as baleias. Eu me interessei, a Re não se sente muito a vontade com essas coisas por exemplo, então vai de cada um.

Finalizada a experiência, consegui pensar com clareza que a combinação do preço não proibitivo do Dine with Shamu, se a gente levar em conta o tipo de interação que você consegue ali, além da refeição que está incluída no pacote. Então para mim, valeu a pena sim.

Se você pensar também que está dentro de um parque em Orlando, onde a comida não é barata, e que no Dine with Shamu você pode comer e beber à vontade, com uma mesa (na sombra!) garantida, enquanto tem uma experiência diferenciada, dá pra fechar a conta.

Para quem achou que esta experiência não é interessante para o perfil de viagem, do grupo ou para o bolso, mas quer observar as baleias com calma e ter um adicional da fofura delas além dos shows diários que acontecem no parque, a piscina em que elas ficam antes e depois das apresentações é de livre acesso e fica ao lado do restaurante, na área chamada Shamu Up Close.

Shamu Up-close, o aquário das baleias aberto a todos do parque.

Shamu Up-close, o aquário das baleias aberto a todos do parque.

Alguém já foi ao Dine with Shamu? Conta pra gente o que achou! 😀

E pra aproveitar ainda mais seu dia no parque, veja aqui o roteiro completo do Sea Wolrd, ou dê play abaixo na versão em vídeo.

Nome: Dine With Shamu
Endereço: 7007 Sea World Dr, Orlando, FL 32821 (Veja no Google Maps)
Telefone: +1 888-800-5447
Referência: Dentro do Sea World
Preço: US$29 por adulto, US$15 por criança
Horário de Funcionamento: em geral apenas para o almoço, 12h30.
Cardápio: clique aqui para visualizar o cardápio (em inglês)
Avaliação do VPD: Nota 3 de 5



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.