Notícias

Disney começa a oferecer Fastpass adicionais pagos para hóspedes

11 Janeiro, 2018

A Disney confirmou que vai oferecer para alguns de seus hóspedes de luxo a possibilidade de comprar 3 Fastpass+ adicionais por dia.

O serviço começará a ser testado a partir de amanhã, 12 de janeiro de 2018, e estará disponível apenas para uma pequena parcela de quem fica nos hotéis do complexo Disney. Somente os hóspedes dos hotéis de categoria de Luxo que forem elegíveis aos chamados Signature Services (em outra palavras, quem estiver hospedado no Club Level, que é a opção de hospedagem mais luxuosa e cara desses hotéis) poderão comprar este benefício. Além disso, é preciso ter um ingresso de pelo menos 3 dias de visita aos parques da Disney (ou um passe anual).

Para algumas atrações , o Fastpass+ pode te salvar horas na fila.

Com o Fastpass+ você entra na atração praticamente sem fila de espera.

Quem atender a todos estes critérios poderá optar por pagar o valor de 50 dólares + taxas por pessoa por dia, para poder agendar antecipadamente mais 3 Fastpass+ além dos 3 iniciais gratuitos já permitidos para todos que tem ingressos, como a gente explica aqui. A diferença desses adicionais é que eles não tem algumas das limitações que os Fastpass comuns tem:

  • Poderão ser usados em qualquer grupo de atrações: a maioria dos parques tem a divisão das atrações em grupos, o que nos obriga a escolher apenas uma opção dentre as atrações mais concorridas (explicamos aqui)
  • Poderão ser usados em mais de um parque por dia: quem compra o ingresso do tipo Hopper e vai visitar mais de um parque no mesmo dia só pode marcar Fastpass gratuito para um parque apenas.
  • Poderão ser marcados com até 90 dias de antecedência: os Fastpass comuns podem ser marcados com 30 dias de antecedência da data da visita ao parque (para quem não vai ficar nos hotéis da Disney) ou 60 dias da data do check in no hotel da Disney (para quem vai ficar no complexo).

A única limitação aqui é que não será possível marcar mais de um Fastpass para a mesma atração.

Além disso, ao comprar este pacote, o hóspede ganha também acesso a um local exclusivo para assistir aos shows noturnos Happily Ever After (Magic Kingdom), Illuminations (Epcot), Fantasmic (Hollywood Studios) e Rivers of Light (Animal Kingdom).

Ah, e vale lembrar que as regras dos Fastpass+ comuns continuam as mesmas para todos (hóspedes e não hóspedes), tá? Não teve nenhuma alteração.

Isso está em fase de teste, então vamos ver no que vai dar, né? Eu fico meio com pé atrás com esse tipo de serviço “premium” que tem aparecido com frequência na Disney e já disse isso algumas vezes aqui. Para mim foge um pouco da filosofia do Walt Disney quando criou os parques, e sinceramente, até mesmo do diferencial da Disney.

O lado bom é que essa novidade dos Fastpass+ pagos atinge mesmo só uma parcela mínima de visitantes (aqueles que podem pagar quase mil dólares por uma diária de hotel de alto luxo), mas ainda assim acaba dando aquele sentimento de diferenciação que eu não acho muito legal não.

E vocês, o que acharam dessa novidade?



  • Oi Osvaldo,
    Pois é, o sistema da Universal já é diferente por ser cobrado pra todos, porém fornecido gratuitamente para hóspedes de luxo, daí até entendo a lógica de querer “presentear” os hóspedes que mais gastam, mas todos tem o direito de curtir o parque numa boa porque mesmo as filas normais sem Express Pass não são tão longas quanto as da Disney.
    Abs
    Felipe

  • Renato Arena

    Olha, se a Apple realmente comprar a Disney e aplicar a “filosofia iPhone”, essa diferenciação será só o começo. O direito ao Fast Pass é de todo mundo, então você fica numa fila e passa na frente na outra, tudo bem. Mas a diferenciação sempre existiu, né? Quem paga mais, tem direito a mais coisas (monitores explicando a Disney, passeio dos segredos, safari mais de perto, etc…). Como o fast pass da Universal. Mas os hóspedes estão pagando mais para um hotel melhor e já estão recebendo o serviço melhor. Misturar estada com benefícios indiretos nos parques …hummmm…só é bom para o potencial beneficiário… Então estou triste…..e não concordo!!!! hahaha…brincadeira. Capitalismo, gente. Meritocracia financeira. Mas realmente não seria “Walt and Roy approved”. Acho, né….rs

O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.