Parques

Vale a pena usar Fastpass+ para fogos, paradas e shows?

Hoje vou explorar aqui no VPD um tema que gera muita dúvida e controvérsia: vale a pena usar um dos seus Fastpass+ nos shows ou fogos da Disney em Orlando?

Para os apressadinhos de plantão, minha resposta rápida para essa pergunta é quase sempre um alto NÃO. Mas para embasar essa não-recomendação (que é formada por fatos concretos e gosto pessoal) explico abaixo os motivos de eu nunca gastar os meus Fastpass+ nesse tipo de atividade. Depois de contar os meus motivos, vou detalhar o que cada atração reserva para aqueles que escolhem o Fastpass+.

Informação importante: se você ainda não entendeu 100% como funcionam os Fastpass+ dos parques da Disney, clique aqui para ver nosso manual bem explicadinho. E lembre-se, que os parques da Universal, Sea World e Busch Gardens, tem cada um o seu sistema próximo de fura-filas então clique aqui para entender mais sobre eles.

Antigamente, a Disney oferecia também a opção de marcar Fastpass+ também para o show noturno de fogos do Magic Kingdom e a parada da tarde, mas isso não é mais oferecido – provavelmente depois que o pessoal da Disney leu aqui no VPD todos os motivos que listamos e se convenceu que não valia a pena – hehehe brincadeirinha. Agora, as opções para quem quer garantir uma área VIP para a alguns shows e paradas são pagas:

  • Dessert Party, em que você paga para ter acesso a uma área VIP com doces e bebidas inclusas – disponível para o Illuminations no Epcot, Happily Ever After, no Magic Kingdom, show de Star Wars no Hollywood Studios e a festa de Natal desse parque, a Jingle Bell Jingle BAM! 
  • Dinner Package, em que você faz uma reserva para uma refeição em um restaurante participante e ganha um cupom de acesso VIP a uma área dos shows, como o Fantasmic Dinner Package, o Rivers of Light Dinner Package e o Festival of Fantasy Parade Dining Package.

Voltando aos Fastpass+, listamos alguns fatos importantes a serem levados em consideração antes de marcar para os shows:

  • Fato 1: em geral, os shows de encerramento dos parques (Rivers of Light, no Animal Kingdom, Illuminations no Epcot e Fantasmic no Hollywood Studios) são quase sempre, como o nome já diz, a última atração daquele parque naquele dia. Se você escolhe um dos seus 3 Fastpass+ iniciais para a última atração do dia, vai ficar impedido de pegar um quarto, quinto, sexto, sétimo… Fastpass+ durante a sua visita ao parque. Consequentemente, terá menos chances de pegar filas menores, como já falamos nesse outro post aqui.
  • Fato 2: nem todos os shows dão acesso a um lugar reservado para quem tem Fastpass+. É o caso do Fantasmic no Hollywood Studios, ou até de atrações menores, como o Mickey’s Philharmagic no Magic Kingdom. O que a Disney promete é que com o Fastpass+, você não precisará pegar fila para entrar no show. É aí que mora a pegadinha: pegando ou não a fila, todos que estão esperando, ou quase todos, acabam entrando no local do espetáculo. É só chegar uns 20-30 minutos antes do horário do show que a sua entrada é certa em quase todos os dias do ano (tiramos aí 4 de Julho, véspera e dia de Natal e véspera do Ano Novo). O triste é ver um monte de gente que pegou o Fastpass+ para o Fantasmic que acha que chegando 5 minutos antes, tem entrada garantida na arena, porém, ela abre ao mesmo tempo para quem tem Fastpass+ e quem não tem, então nos poucos minutos que antecedem o show, a arena já está lotada e quem segurou o Fastpass+ o dia inteiro, morre com ele na mão (digo, no celular, no My Disney Experience, na MagicBand, mas vocês me entenderam hehe).
  • Fato 3: quando o show separa um lugar reservado para quem tem Fastpass+, nem sempre este é o melhor lugar disponível. O show de Frozen no Hollywood Studios é um exemplo disso, e eu explico mais abaixo o porque. A única exceção seria o Illuminations no Epcot, mas ai, estamos falando de um show que rola no centro de um lago redondo, então tem muito lugar bom ao longo do perímetro todo e o Fastpass+ é completamente dispensável.

Explicados os fatos, vamos aos shows e apresentações, um a um para entender como funciona o Fastpass+ e em quais opções vale realmente a pena usar esse fura-filas.

Fastpass+ nos shows do Magic Kingdom

Monster’s Inc Laugh Floor: não recomendo.
Para mim, essa é uma daquelas atrações que dispensam o Fastpass+ a não ser que a fila esteja com mais de 40 minutos. Como entram centenas de pessoas por cada show, quem usa Fastpass+ entra sempre junto com quem não usa. Se você for tímido (tipo a Re) talvez nem queira ficar muito na frente para reduzir as suas chances de ser chamado para participar do show em inglês, então gastar fastpass+ pra que? hehe. Aqui não tem área reservada para quem tem Fastpass+ nem nada.

Mickey’s Philharmagic: não recomendo.
Outra atração que não precisava ter o sistema Fastpass+. Entra muita gente de uma vez só e eu nunca vi, em dezenas de viagens a Orlando, a fila do Philharmagic passar de 20 minutos. Aliás, se um dia isso acontecer, devemos celebrar, pois quer dizer que estão apreciando ainda mais a minha atração favorita na cidade 🙂
Aqui não tem área reservada para quem tem Fastpass+ e se você for o primeiro a entrar no teatro, terá de ocupar o último assento do outro lado, ou seja, ficará longe do centro da tela – péssimo!

Depois do Fastpass+, todo mundo se junta nesse salão para ver o show. A dica é não ser o primeiro a entrar

Depois do Fastpass+, todo mundo se junta nesse salão para ver o show. A dica é não ser o primeiro a entrar

Fastpass+ nos fogos do Epcot

Illuminations (show de fogos): recomendo somente em dias de parque muito lotado.
Quem tem Fastpass+ para o Illuminations tem acesso a área reservada para ver o show que fica entre as duas lojas da entrada do World Showcase. Os lugares são muito bons, mas claro, o melhor é que você chegue cedo para ficar na frente e evitar ver o show pela tela do celular que alguém levantou na sua frente. Sem Fastpass+, você tem uma visão bem parecida da Noruega ou na Itália (quando aberta).

Tem muito espaço legal para ver o Illuminations, então pode não valer a pena gastar um Fastpass+ com ele.

Fastpass+ nos shows do Hollywood Studios

Fantasmic (show de encerramento): não recomendo.
Quem tem Fastpass+ não tem acesso a uma área reservada da arena do Fantasmic. Em geral eles dividem a parte menos privilegiada da arquibancada em dois grupos: com fastpass+ e sem fastpass+. Com frequência uns 10 minutos antes do show, ambos os lados são liberados e antes disso fica uma fila do lado de fora do pessoal que está esperando para entrar. Só senta na área VIP quem fechou o pacote Fantasmic Dinner Package (clique aqui para saber sobre ele). Eu acho extremamente desnecessário usar Fastpass+ para esse show já que o benefício e o lugar nem são tão diferentes assim. Nos dias que o Fantasmic é apresentado duas vezes então, gastar o fastpass+ com o show é um desperdício. Se tiver pique, vá no segundo show que é sempre mais vazio. Já o Fastasmic Dinner Package, esse sim eu acho que vale a pena.

No Fantasmic, as áreas centrais são reservadas para quem fechou o pacote com o Jantar. Fastpass+ e "normais" ocupam o resto da arquibancada

No Fantasmic, as áreas centrais são reservadas para quem fechou o pacote com o Jantar. Fastpass+ e “normais” ocupam o resto da arquibancada

Beauty and the Beast-Live on Stage (show da Bela e a Fera): não recomendo.
Outro show que comporta muita gente de uma vez só e por isso dispensa Fastpass+. Até mesmo quem chega quase na hora da apresentação começar, consegue um lugar. Quem tem Fastpass+ tem direito a lugares reservados que são mais perto do palco, porém esse teatro é muito bem feito e vários outros lugares oferecem uma visão excelente. Eu até prefiro ficar um pouco mais longe para ter a visão completa do palco, acho que deixa o espetáculo mais bonito. Só vale ficar perto e usar o fastpass+ se tiver alguém muito fanático pela Bela nos seu grupo. Ah! Fique atento aos horários do show pois ele acontece algumas vezes por dia somente.

Voyage of the Little Mermaid (show da Pequena Sereia): não recomendo.

Fiquei um pouco na dúvida sobre o show da Pequena Sereia, porque ele as vezes, acumula uma fila um pouquinho maior. Mas 1) ele acontece várias vezes por dia. A cada meia hora mais ou menos e 2) nem acho que ele mereça um Fastpass+ de qualquer jeito. O show é meio antiquado. Pra vocês terem uma idéia, ele é igual desde que eu fui pra Disney pela primeira vez, há 20 anos! Se a fila tiver pequena, ótimo, senão pode considerar um Fastpass+ extra para lá depois que você usar os 3 que vocÊ agendou antecipadamente. Ah, e quem tem Fastpass+ não tem direito a local reservado ok? O Fastpass+ era um sistema que nem passava pela cabeça da Disney criar, quando essa atração foi lançada haha.

Indiana Jones Epic Stunt Spectacular: não recomendo.
Muppets Vision 3-D: não recomendo.

A mesma história para estes 3 shows. Nenhum tem área reservada para quem tem Fastpass+ (os dois primeiros dividem a arquibancada em 2, mas juntam no final assim como o Fantasmic) e em todos, quem está na fila entra, já que as arenas são grandes. Além disso, não tem muito essa história de “lugar bom” e “lugar ruim” já que em vários pontos, todo mundo consegue aproveitar os shows bem.

Disney Junior – Live on Stage: não recomendo.

Tudo junto e misturado no show do Indiana Jones

Tudo junto e misturado no show do Indiana Jones

For the First Time in Forever: A Frozen Sing-Along Celebration (show do Frozen): recomendo somente em dias de parque muito lotado.
Aqui, quem tem Fastpass+ também não terá acesso a assentos especiais e reservados, mas por ser Frozen, a coisa fica quente (trocadilho infame, eu sei!) e as filas podem ficar gigantes, especialmente em alta temporada. Então fique esperto e garanta o seu, se você não quer “let it gooo”.

Fastpass+ nos shows do Animal Kingdom

Festival of the Lion King (show do Rei Leão): não recomendo.
Finding Nemo – The Musical (show do Nemo): não recomendo.
Ambos os shows criaram uma área reservada para quem está com Fastpass+. No do Rei Leão, ela é igual as outras 3 sessões onde sentam os visitantes sem Fastpass+, então você pode cair perto ou longe dos artistas, em qualquer situação. Já no do Nemo, você vai sentar mais perto do palco. Por outro lado, eu acho que você acaba perdendo a visão completa do palco como um todo, o que num espetáculo grande desse jeito, não é pouca coisa. A visibilidade do cenário todo com os personagens acaba sendo comprometida e por isso, não recomendo.

Rivers of Light: recomendo somente em dias de parque muito lotado.

Por ainda ser novidade, o show noturno do Animal Kingdom pode acabar ficando cheio e é chato ficar esperando de pé na fila para conseguir um lugar. Por outro lado, como tem mais de uma apresentação por noite, está ficando mais tranquilo de conseguir seu lugar mesmo sem ter Fastpass+ marcado – além do mais, com tanta novidade no parque a necessidade de usar os FP aumenta, então eu pessoalmente acho besteira “travar” seu dia deixando um Fastpass+ marcado para o show da noite e só ter 2 disponíveis para o resto do dia todo.

O espetáculo noturno Rivers of Light

Como disse no começo do post, as recomendações acima são baseadas em aprendizados que tivemos em nossas viagens para Orlando e também num quesito pessoal. Conheço centenas de pessoas que amam ver a parada da “área VIP”, mas pelos motivos que já falei acima, eu não recomendo e não acho que valha a pena. Mas de novo: gosto não se discute! hehe

E você? O que achou de usar o Fastpass+ nas atrações acima? Conte pra gente nos comentários abaixo.

O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.