Comida

Sharks Underwater Grill: restaurante com vista para aquário no Sea World

A gente já falou aqui no VPD de vários restaurantes, dentro e fora de parques. Na parte dentro de parques, sempre focamos em Disney e Universal, até porque estes são os dois complexos com mais opções diferentes de alimentração, mas não são os únicos que merecem um espaço aqui. Hoje vou falar um pouco do Sharks Underwater Grill, um restaurante muito bonito e gostoso que fica dentro do Sea World.

Tive a chance de conhecer este restaurante recentemente com a minha irmã e mesmo não gostando de frutos do mar, tivemos uma experiência muito legal por lá!

Quem vê o Sharks Underwater Grill por fora não imagina que ele é tão lindo por dentro.

Quem vê o Sharks Underwater Grill por fora não imagina que ele é tão lindo por dentro.

Como é o Sharks Underwater Grill

O Sea World traz apenas dois restaurantes no estilo “table service” (desses que tem garçom, cardápio…o oposto de um fast-food!): o Sharks Underwater Grill e o Dine with Shamu. Apesar da pequena quantidade, o Sea World caprichou na qualidade dos seus restaurantes table service, já que cada um tem uma proposta bem diferente.

Enquanto o Dine with Shamu te permite fazer um refeição avistando baleias, o Sharks Underwater Grill te faz se sentir quase que dentro de um aquário, com vista para tubarões e vários outros peixes, em um ambiente muito bonito.

Um pouquinho do ambiente incrível do Sharks Underwater Grill.

Um pouquinho do ambiente incrível do Sharks Underwater Grill.

Ao contrário de muitos restaurantes da Disney, aqui é bem comum você conseguir fazer uma mesa no dia que pretende visitar o restaurante, sem precisar reservar com tanta antecedência. Eu fiz a nossa reserva logo que entrei no parque, de manhã. Tinha uma grande disponibilidade de horários, mas se quiser fazer reserva pelo site, o endereço é este aqui. Recomendo fazer a reserva no site se você:

  1. Faz muita questão de ir a este restaurante e portanto, não quer correr risco de não ter vagas.
  2. Vai viajar em épocas de altíssima temporada como Natal, Ano Novo, Verão Americano (Jun-Agosto), Spring Break, etc, quando as vagas devem acabar bem mais rápido. Veja aqui a lotação esperada na época da sua viagem.
Tá vendo? No dia da nossa visita tinham várias mesas vazias ainda. Reservas são necessárias só se você fizer muita questão de comer aqui ou nas épocas de maior lotação mesmo.

Tá vendo? No dia da nossa visita tinham várias mesas vazias ainda. Reservas são necessárias só se você fizer muita questão de comer aqui ou nas épocas de maior lotação mesmo.

Como eu já disse, eu não gosto de frutos do mar (assim como a Rê e a minha irmã). Por isso, achei que esta era uma boa oportunidade de testar como o Sea World atende pessoas com restrições alimentares e no momento da reserva, eu disse que eu tinha alergia a frutos do mar.

Isso foi devidamente registrado na minha reserva, pois logo que cheguei ao restaurante, o recepcionista que estava na entrada me deu um cartãozinho que deveria me acompanhar o tempo todo, para que todos os funcionários do restaurante soubessem que eu tinha alguma alergia. Em menos de 5 minutos nos levaram a mesa.

O cartão que eu recebi por dizer que era alérgico a frutos do mar.

O cartão que eu recebi por dizer que era alérgico a frutos do mar.

Bom, agora sim vou falar de como é o Sharks Underwater Grill por dentro. Este restaurante é incrível, e apesar de não estarmos “embaixo d’água” como sugere o nome do restaurante em inglês, o ambiente escuro cercado de enormes aquários dá essa sensação. As fotos podem dar uma boa idéia do que estou falando, mas pessoalmente é ainda mais bonito.

O legal é que não tem “mesa boa e mesa ruim”, como acontece em muitos restaurantes temáticos. Aqui, todas as mesas ficam viradas para os aquários, trazendo uma visão boa dos animais, mais ou menos num estilo de anfiteatro.

As crianças adoram os aquários. Ok, não só elas.

As crianças adoram os aquários. Ok, não só elas.

Fomos atendidos por um garçom brasileiro, que puxou muito papo com a gente e com todas as mesas ao nosso redor – claro, até parece que nós éramos os únicos 2 brasileiros por ali. Nem pensar! hehe O garçom me perguntou muito sobre a alergia e até chamou o chef do restaurante para entender melhor sobre quais reações alérgicas eu poderia ter. Eles me explicaram sobre a preparação de cada alimento, e os possíveis pontos de contato entre os pratos que eu pediria, com outros que poderiam conter ingredientes alergênicos. Um cuidado meticuloso, com toda a seriedade que qualquer alergia ou restrição alimentar deve receber!

Detalhes do outro lado, que completam a ambientação deixando o restaurante todo mais escuro.

Detalhes do outro lado, que completam a ambientação deixando o restaurante todo mais escuro.

A comida do Sharks Underwater Grill

Passadas estas explicações e precauções inicias, minha irmã e eu recebemos os cardápios, que é dividido em: entradas, sopas, saladas, pratos “do oceano” e pratos “da terra”. O que eu gostei desse menu é que ele tem uma variedade grande de pratos, sem ser um menu gigantesco, com dezenas de opções que você não consegue se decidir. Bem pensado e equilibrado, com opções variadas na medida certa. Acredito que todo mundo deve encontrar 1 ou 2 pratos que agradem por ali. Até mesmo a gente, que nem gosta de frutos do mar, encontrou ótimas opções!

O menu do Sharks Underwater Grill.

O menu do Sharks Underwater Grill.

Começamos pedindo de entrada para dividir: um dip de alcachofra e espinafre, que é tipo um molho desses dois ingredientes, com muuuuuito queijo. Se você fez cara feia para as palavras “alcachofra” e “espinafre”, confesso que eu também fazia até que a Rê me fez experimentar esse dip e eu descobri que é muito bom! Lembra? Tem muuuuito queijo!

Ele é servido acompanhado de uma porção de nachos caseiros feitos ali mesmo no restaurante. A porção estava deliciosa e eu poderia ter parado ali de tanto que comi. A única crítica é em relação a proporção de nachos vs. molho. Sobra dip para a pouca quantidade de nacho que veio.

O dip de alcachofra e espinafre com muuuuito queijo.

O dip de alcachofra e espinafre com muuuuito queijo.

Como prato principal, minha irmã e eu não fomos muito criativos e pedimos a mesma coisa: escolhemos filé mignon acompanhado de purê de batatas e vegetais. Você pode estar pensando “que sem graça”, mas no meio da comilança da viagem (e depois de um dip de alcachofra com espinafre caprichado), uma opção mais simples e leve era exatamente o que a gente queria.

Conhecendo nosso paladar, o garçom brasileiro nos perguntou se gostaríamos de trocar os vegetais por uma porção de arroz branco. Achei muito legal porque eu nunca ia pensar em pedir isso, mas para boa parte das famílias brasileiras (incluindo a nossa), o arroz branco era muito mais bem vindo no prato do que os vegetais.  Topamos a troca, até pela curiosidade de saber se o arroz do Sharks Underwater Grill agradaria nós, brasileiros.

Carne com arroz e batata. Trocamos os vegetais pelo arroz.

Carne com arroz e batata. Trocamos os vegetais pelo arroz.

Toda a comida estava muito boa! O filé veio no ponto certo, bem suculento; o purê de batatas estava bom, bem tradicional americano e o arroz era gostoso (ok, um pouco menos temperado do que a Re faz aqui em casa, mas nada parecido com os arrozes insossos que os americanos costumam fazer, incluindo o do Chef Mickey’s na Disney.).

Por outro lado, também não foi uma comida marcante que vai me fazer ter saudades do restaurante. Foi bem feita, gostosa, nos atendeu bem, mas não foi nada de especial, sabe? O que nem era nossa expectativa ali! Estamos dentro de um parque e ter uma experiência gastronômica como esta já está excelente para complementar a nossa programação do dia.

Meu prato veio com este espetinho avisando que se tratava do prato de alguém coma alergia.

Meu prato veio com este espetinho avisando que se tratava do prato de alguém coma alergia.

Depois de tudo isso, não sobrou espaço para sobremesa (perdão aqui leitor!), e fomos direto para conta. Aí veio a surpresa não tão agradável, digamos assim: 90 dólares sem gorjeta, ou seja, morremos em 45 dólares por pessoa (o que deu mais ou menos 53 dólares com gorjeta). No final, foi um prato de arroz, carne e purê normais né? Nada de outro mundo…fico pensando, quanto custaria no Ana’s Kitchen, mas melhor nem fazer essa conta. Enfim, tudo bem, volto ao ponto de que estamos em um restautante dentro de parque, em um ambiente bonito, valeu a pena.

Mais um aquário.

Mais um aquário.

Conclusão sobre o Sharks Underwater Grill

O restaurante é incrível e seu maior ponto forte sem dúvida é o ambiente diferente e maravilhoso. A comida gostosa, bem executada, apesar de não ser nada marcante. Apesar de caro, como um todo, achamos que a experiência compensa. Recomendo sim para quem tem um orçamento mais tranquilo e gosta mesmo de  “sentar e comer” uma comida de verdade mesmo nos dias de parque. O Sea World mandou muito bem aqui.

Nome: Sharks Underwater Grill
Endereço: 7007 Sea World Dr, Orlando, FL 32821 (Veja todas as lojas no Google Maps)
Telefone: +1 888-800-5447
Referência: Dentro do Sea World
Preço: US$45-60 por pessoa
Horário de Funcionamento: em geral das 11h30 até 17h30
Cardápio: clique aqui para visualizar o cardápio (em inglês)
Avaliação do VPD:  Nota 3 de 5

 



  • Oi Stephanie!
    O Sharks Underwater foi uma ótima surpresa no Sea World, espero que goste!
    Depois conta pra gente o que achou 🙂
    Abs
    Felipe

  • Oi David,
    Você pode fazer pelo site do Sea World!
    Abs
    Felipe

  • Que bom que gostaram, Eveline 🙂
    Também acho uma ótima opção no Sea World, a melhor na verdade .
    Abs
    Felipe

  • Oi Amanda,
    Obrigado pela mensagem, fico feliz que esteja gostando do VPD e das dicas 🙂
    Sobre sua dúvida, estranho mesmo a página estar fora do ar, mas ele ainda aparece quando buscamos os restaurantes do parque, pode ser algum problema do site.
    Semana passada estivemos por lá e ainda estava funcionando normal, então vamos ficar de olho aqui se descobrimos alguma mudança e atualizaremos o post caso tenha!
    Abs
    Felipe

  • Oi Nei, tudo bem?
    Obrigado pela mensagem e pelo relato!
    A comida eu achei gostosa, não é espetacular e super marcante, mas também não foi uma experiência ruim. Acho que de repente vale dar mais uma chance 🙂
    Abs
    Felipe

  • Oi Danilo, tudo bem?
    Obrigado pela mensagem 🙂
    Geralmente é possível sim, a não ser que haja alguma especificação no momento da reserva você pode ir e consumir quanto quiser!
    Abs
    Felipe

O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.