Viagem do Leitor

Trocando de Hotel em Orlando por Marcia

No Viagem do Leitor de hoje temos a Marcia, de São Gonçalo/Rio de Janeiro, que viajou com o marido e os filhos de 11 e 6 anos. Ela fez o que muita gente planeja fazer: dividiu a estadia entre um hotel da Disney e um hotel fora do complexo, e conta aqui sobre essa experiência e seus benefícios.

Espero que também gostem de ler e que ajude com dicas para o planejamento de outros leitores!

Trocando de Hotel em Orlando

Por Marcia Nunes

Fomos à Disney nos dias 16 a 28/01/2017, e foi a viagem dos sonhos, perfeita, onde tudo deu certo e grande parte disso devo a vocês. Estive planejando essa desde dezembro de 2015, e foi uma etapa crucial para que ela acontecesse.

Fomos eu, meu marido, minha filha de 11 e meu filho de 6 anos. Começamos do zero, tiramos passaporte, visto e em junho de 2016 fechei o pacote de viagem. Mas antes de fechar, eu passei meses mergulhada no VPD , lendo cada post, cada comentário, tirando dúvidas com vocês, enfim curtindo esse momento que antecede a viagem.

Até o dia do embarque eu continuei lendo todas as dicas e no meu celular, claro, o VPD de Bolso. Ficamos hospedados no All Star Movies, e o primeiro parque que visitamos foi o Magic Kingdom, eu e meu marido choramos quando entramos lá, por tudo, pelo sacrifício que fizemos para estar lá, pela realização do nosso sonho de criança e dos nossos filhos, pela mágica, enfim, por estarmos felizes.

Tem dicas que vocês dão que são fundamentais e por termos seguido a viagem acabou sendo perfeita:

– Chegar no parque cedo, antes de abrir: nossa, isso é um prêmio! Até as 10am não tem fila nos brinquedos, em vários fomos os primeiros, ou então, era fila de 5 minutos.

– Marcar Fastpass+: gente, Fastpass+ é como ganhar na loto! Todo mundo na fila de 40 ou 50 minutos e você passa direto. Mas tem que saber marcar, não vale a pena antes das 10am e nem para brinquedos pouco procurados.

– Montar Roteiro: passei dias montando planilhas no Excel, organizando um roteiro para cada parque e para cada dia (fomos 2x no MK e 3 dias na Universal), então, sabíamos aonde ir e que horas ir, posso te dizer que fomos em quase todas as atrações de todos os parques (Magic Kingdom, Animal Kingdom, Hollywood Studios, Epcot, Universal Studios e Islands of Adventure). Além disso, sempre consultava o VPD de Bolso para tirar dúvidas ou lembrar de alguma coisa que tinha lido.

– Dicas de lanche e refeição:  também foram ótimas, mas não nos preocupamos muito com isso. Levava lanche na mochila e uma garrafa térmica de agua que enchia nos bebedouros espalhados pelo parque (isso é uma economia e tanto). Jantamos uma noite no Be Our Guest (maravilhoso!) e no T-Rex (amei mais que as crianças). Optamos por não gastar muito em restaurantes, mas fomos no Olive Garden (amei e comi horrores!). E no Panera Bread tomar café da manhã. Todas as dicas de vocês.

– Compras: Fizemos três dias de compras e fomos nos shoppings, Walmart, Walgreens, Target, Dollar Tree, Outlets , enfim tudo que vocês indicavam.

– Aluguel de Carro: utilizamos a Alamo e foi a única coisa chata, pegamos o carro no aeroporto de Orlando e tentaram me empurrar um upgrade no carro e seguros desnecessários, mas já tinha sido orientada e não aceitei nada (a atendente era mal humorada). Mas deu tudo certo com o carro e não tivemos problema nenhum na entrega. Para nós, que estávamos em família, alugar o carro foi essencial.

Agora vou dar umas dicas minhas hehe:

– Nos primeiros 5 dias ficamos no hotel da Disney e isso é uma super vantagem porque: MagicBand de graça, transporte para os parques e complexos Disney (excelente), estacionamento grátis, Horas Extras Mágicas, Fastpass+ 60 dias antes (não tive dificuldade nenhuma para marcar, consegui marcar até para o dia que não estava hospedada) e outras regalias de hospede Disney. Eles tratam a gente tão bem e o clima de magia é incrível, vale muito a pena.

– Trocamos de hotel no 5º dia e fomos para o Rosen Inn, diferente da Disney, mas um bom hotel. As vantagens é que fica perto da Universal e tem transporte gratuito, com isso economizamos 60 dólares de estacionamento, e depois do parque como estávamos perto conseguíamos pegar o carro no hotel para fazer compras ou jantar.

Memory Maker: eu comprei e valeu cada centavo de dólar! Nossa, como faz diferença, mas tem que aproveitar. Eu não podia ver um fotógrafo da Disney que pulava na frente para fazer uma foto, e também não podia ver um personagem que entrava na fila para tirar foto. Foram mais de 700 fotos, porém não consegui baixar pelo site e tive que comprar o CD, mas ninguém fala disso nas dicas, fiquei perdida, e com muito custo descobri que teria que comprar por que eram muitas fotos. O CD chegou na minha casa, perfeito, por mais 50 dólares (bem pagos).

Ficamos encantados com a viagem, passamos momentos em família inesquecíveis e que tenho certeza que ficarão marcados para sempre na memória das crianças, isso não tem preço. Cada momento, cada sorriso, cada experiência valeu todo o sacrifico e superou nossas expectativas.

Não podia deixar de agradecer a vocês que foram muito importantes e que também fazem parte da nossa história!

Um grande beijo para vocês!

Se você assim como a Marcia tiver histórias para contar sobre sua viagem para Orlando, ou quiser registrar como foi a refeição em algum restaurante da cidade, compartilhar o seu roteiro, ou ainda relatar como foi a estadia no hotel escolhido, nos escreva mandando o seu texto, fotos e vídeos e eles poderão ser publicados aqui no VPD. O endereço é viagemdoleitor@vaipradisney.com (lembrem-se que dúvidas não serão respondidas por esse e-mail, por favor use as caixas de comentários do site).



  • Sérgio

    Senhores,

    fiz quase tudo desse mesmo jeito relatado aí em cima. Não tive problemas para baixar as fotos, que de 600 viraram mais de mil, uma vez que a minha esposa duplicava a foto colocando os mimos que o site da Disney fornece. Não aluguei carro, pois só foi necessário quando já estava fora dos hotéis Disney e em dia que não tinha parque. Nesse caso, usava Uber (a economia é grande, viu?). E ainda fomos em um jogo de futebol no estádio do Orlando City (Tottenham x PSG)
    Aconselho demais vc passar os primeiros dias hospedado dentro dos hotéis da Disney. Não são caros para o padrão deles. Sim, e ainda pega vc no aeroporto, com tranquilidade.
    Por fim, agradeço demais ao VPD. Usei e abusei das dicas, li, reli e vi todos os vídeos (inclusive o da Disney Japão… kkkk), comprei ingressos realmente mais baratos e adorei a dica do Restaurante Rain Forest (vá sem medo de se arrepender). Por fim, ainda fomos a um pocket show típico americano, Chip ‘n Dale Campfire, por indicação claro, dos nossos amigos desse site.
    Valeu mesmo, VPD!

    • Oi Sergio,
      Obrigado pela mensagem e pelo relato!
      Fico feliz que tenha curtido as dicas do VPD e, mais importante, que aproveitaram muito a viagem 🙂
      Espero que venham muitas outras, e pode contar com a gente em todas elas.
      Abraços,
      Felipe

O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.