Viagem do Leitor

14 dias na Disney com a família por Débora

A Débora foi uma das leitoras mais organizadas que a gente já conversou aqui no VPD. Desde o começo, ela planeja sua viagem detalhe por detalhe e a experiência não poderia ter sido mais positiva. Nesse roteiro super bem preparado, a Débora nos conta como foi passar 14 dias em Orlando com sua família. Aproveitem!

14 dias em Orlando com a família

Por Débora Marinho

Olá leitores do Vai Pra Disney!

Hoje vou contar como foram os 14 dias que eu passei em Orlando junto com minha família. Eu comecei a pesquisar sobre Disney alguns meses antes de pegar o visto: melhores datas, melhores hotéis, promoções, tudo foi decidido após muita pesquisa, principalmente no site do VPD.

  • Data da Viagem: 22/09 a 06/10/2014
  • Viajantes: 2 adultos e 1 criança de 3 anos
  • Hotel: POP Century (com FREE Disney Dinning Plan)
  • Parques: EPCOT, AK, HS (2X), MK (3X), Universal e IOA.

Primeiro compramos as passagens utilizando um site de viagens (pesquisava preços todos os dias e no feriado de 1 de maio achei uma promoção e comprei). Já tinha decidido a época do ano considerando o clima e a lotação.

O próximo passo foi reservar o hotel. Estava entre o All Star Movies e o POP Century. Fiz a reserva para o All Star Movies pelo site porém estava aguardando informações sobre o Free Dinning Plan. Mais ou menos 1 semana depois a Disney lançou a promoção exatamente para o período que eu tinha fechado a reserva (considerei as datas de promoções anteriores) porém não estava incluído o All Star Movies. Entrei em contato com a TAM Viagens e comprando com eles estava mais barato que no site da Disney (14 dias de hotel e 7 dias de parque) então cancelei minha reserva no site (o $ foi devolvido no cartão) e comprei com a TAM alterando o hotel (Apesar do preço melhor, eu nunca mais compro com eles. Eu tinha mais informações do que os vendedores…).

 

Pop Century. Hotel lindo!

Pop Century. Hotel lindo! 

Uma das vantagens de ficar no hotel da Disney é agendar o Fastpass+ com mais antecedência. Por falar em POP Century, optamos pela área dos anos 60 (mais perto do Hall) e não nos arrependemos. Ficamos no 4º andar mas isso não foi um problema. Achei a estrutura ótima, os atendentes são bem simpáticos. Tive um probleminha no hotel (uma saída de piscina muito parecida com uma toalha sumiu do quarto, provavelmente foi confundida com uma toalha) e eles foram super atenciosos em resolver o problema (devolveram o valor do item no fechamento da conta). Como mencionei, usamos o Free Dinning Plan e foi bem conveniente (comer de graça sempre é), não gastamos 1 centavo em comida/bebida dentro dos parques da Disney ou no hotel.

Hotel aprovadíssimo e com certeza usaríamos novamente. Atravessamos o lago e fomos ao Art of Animation para tirar fotos na área do “Carros”, o hotel é lindíssimo, a estrutura parece ser bem melhor. O restaurante também é mais bacana, os talheres não são de plástico, as vasilhas são de louça. Ficaria nele se não fosse TÃO mais caro (acho que a diferença de preço não compensa pra quem fica muitos dias).

Piscina do Pop Century.

Piscina do Pop Century.

Apesar de usarmos o transporte da Disney (interno e para o aeroporto), alugamos uma SUV na Alamo, por uma agencia aqui no Brasil e recomendo muito (dia de compras e parques da Universal). Usamos o transporte da Disney (ônibus) e foi válido uma vez que você é deixado na porta do parque e não gasta tempo em deslocamentos nos estacionamentos.

Foram 14 dias intercalados entre parques (os 4 da Disney e os 2 da Universal). A ideia inicial era também fazer Legoland e SeaWorld porém achamos melhor deixar para uma próxima oportunidade (considerando tanta correria para uma criança de 3 anos).

Meu marido levou uma máquina fotográfica semi profissional mas mesmo assim optamos por comprar o Memory Maker e acho que valeu a pena. Talvez o mais difícil foi fazer a programação diária pois não dá pra fazer com muita antecedência considerando as mudanças de horários de apresentações e abertura/fechamento dos parques. Fiz 1 roteiro geral e 1 detalhado. MUITO válido também baixar os aplicativos dos parques e o My Disney Experience.

Também pegamos as dicas de compras e aproveitamos muita coisa. Outlets, Best Buy, Ross (amei essa loja), Walmart, Super Target… haja dólares pra tanta coisa!!!!! Tivemos que comprar 2 malas na volta (clique aqui para ler todas as dicas de compras Compramos MUITOS brinquedos nos supermercados, é MUITO mais barato que no Brasil! Pagamos 29 dólares em um Buzz que no Brasil custa 400 reais! Pagamos 11-15 dólares em tênis (de personagem, com luzinhas), fiquei impressionada com os preços! Melhor dica de compras? Leve muito dinheiro! Kkkkk

Fiz todos os parques baseados nos Roteiros do VPD e foi ótimo! Lembrando que nosso foco era os brinquedos infantis pois estávamos em 2 adultos e 1 criança de 3 anos. Se quiser baixar o PDF do roteiro detalhado que eu fiz antes da viagem, clique aqui. Vamos os parques:

Magic Kingdom

Com certeza o parque mais emblemático de todos. Fomos 3x e não conseguimos fazer tudo! Apesar da orientação de fazer o parque em sentido anti horário a nossa marcação dos Fastpass+ nos fez começar pela área Fantasyland (a mais infantil de todas).

Town Square Theater: Logo na entrada do parque, à direita. É onde fica o Mickey para tirar fotos (e outros personagens também). As filas são enormes, mas ir na Disney e não tirar foto como Mickey não é ir na Disney né?! kkk

Almoço: Nós almoçamos no restaurante Be our Guest (no castelo da Fera). Não há personagens e o estilo de refeição é quick service. Aprovado!

Ao longo do dia há várias atrações:

  • Parada às 11h: É bem curtinha mas bonita, vale a pena. Só conseguimos assistir na nossa 2ª visita.
  • Parada das 15h: Não podia perder, é muito linda!
  • Parada noturna: Esperava mais mas mesmo assim assistimos e gostamos.
  • Show de fogos: É bonito sim mas não foi o meu favorito. De qualquer forma, é parada obrigatória! Verifique o horário pois muda e não tem todos os dias!
  • Passeamos pelo trenzinho (Walt Disney World Railroad) e não foi ruim!
No castelo do Magic Kingdom

No castelo do Magic Kingdom

Tomorrowland:

  • Tomorrowland Indy Speedway: Meu filho de 3 anos adorou! As crianças ficam todas animadas por literalmente dirigirem os carros!
  • Stitch’s Great Scape: Apesar da fila estar só 10 minutos preferir não ir porque meu filho nem conhecia os personagens.
  • Buzz Lightyear’s Space Ranger Spin: Disparado o que meu filho mais gostou! Também usamos Fastpass nesse (as 2x que fomos). Ao lado tiramos fotos com o Buzz. A loja é muito legal e vale a pena investir em alguns brinquedos. As vezes no supermercado você acha preços não tão diferentes!
  • Space Mountain: Eu fui e gostei.
  • Astro Orbiter: Vale a pena pela vista.
  • People Mover Tomorrowland Transit Authority: Fomos na nossa 3ª visita mas é bem dispensável pra quem está com o dia corrido
  • Carrousel of Progress: Não fomos. Todo mundo fala que é ruim!

Ao longo do dia aparecem uns personagens e dançam com o público (ao som de músicas eletrônicas tocadas por um DJ). As crianças costumam gostar muito. Conosco estavam os personagens do filme Os Incríveis.

Fantasyland:

  • Seven Dwarfs Mine Train: É uma montanha russa infantil (nova). Fica lotada, vale a pena marcar um fastpass. Entramos rapidinho e a fila comum estava em 50 minutos! Apesar do meu filho ser elétrico e não ter medo de nada, nesse brinquedo ele ficou apavorado! Mas com certeza eu iria de novo!
  • Mickey’s PhilharMagic: Fomos e gostamos
  • Peter Pan’s Flight: BEM infantil.
  • The Barnstormer: Mini montanha russa! Bem infantil também.
  • Mad Tea Party: Essa é bem conhecida né? Mas não podia deixar de ir!!!! Dá pra ficar meio tonto…
  • Under the Sea: Bem infantil também. E mais voltado pra meninas pelo tema (Pequena Sereia).
  • Dumbo the Flying Elephant: Clássico! Não pode faltar!
  • Enchanted Tales with Belle: Não fomos (não me lembro porque, acho que passou batido). Uma pena!
  • The Many Adventures of Winnie the Pooh: Bem infantile também. A fila é interativa e meu filho adorou! As vezes a turminha aparece ao lado para tirar fotos.
  • It’s a Small World: Bem infantil. Eu achei chatinho…
  • Prince Charming Regal Carrousel: Carrossel básico
  • Casey Jr. Splash ‘N’ Soak Station: Praça molhada. O difícil foi tirar o pequeno de lá! Kkkk
  • Princess Fairytale Hall: As filas são gigantes! Vale pra quem sonha em tirar fotos com as princesas…Eu queria tirar com as princesas do Frozen mas as filhas estavam em 90 minutos no mínimo então desisti.

Adventureland:

  • Jungle Cruise: Vale ir se não tiver fila
  • Pirates of Caribbean: Meu filho curtiu
  • The Magic Carpets of Aladdin: Dumbo 2. Pode encontrar Aladdin tirar fotos por perto.
  • Swiss Family Treehouse: Não fomos por falta de tempo

Frontierland:

  • Big Thunder Mountain E Splash Mountain: As filas são sempre gigantes então vale a pena marcar um Fastpass+. Lembrando que nenhuma montanha russa da Disney é exatamente radical, então não espere muito! Os pequenos não podem ir pela altura
  • Tom Sawyer Island E Country Bear Jamboree: Não fomos por falta de tempo.

Liberty Square:

  • Haunted Mansion: Não fui pela correria (e porque só eu queria ir) e me arrependi!
  • Liberty Square Riverboat: Não fomos
  • Hall of Presidents: Não fomos

EPCOT

Fizemos todo o parque em apenas 1 dia, foi corrido mas deu pra aproveitar. Em Setembro quando estávamos na Disney, estava acontecendo o Festival de Gastronomia então achei o parque cheio por conta disso mas mesmo assim a visita foi muito válida.

Future World:

  • Soarin’: Eu adorei! Definitivamente faria de novo. Vale agendar o Fastpass+ pois a fila costuma ser bem grande. Altura mínima 102 cm.
  • Mission Space: Apesar de ter ouvido maravilhas desse brinquedo eu particularmente não vi nada de realmente importante. Eles dividem em 2 filas – verde e laranja – sendo a laranja com mais “adrenalina”. Fui na laranja e não vi nada de mais… Mas acredito que vale a pena ir e ter a sua própria impressão.
  • Turtle Talk: Não fomos
  • Test Track: Fui super bem recomendada porém quando fomos lá estava chovendo então o brinquedo estava parado e não tivemos oportunidade de voltar. Uma pena!
  • Club Cool: Na verdade não é um brinquedo e sim uma lojinha da coca cola que possui uma máquina de refrigerante com opções de vários lugares do mundo. Vale a pena ir e conferir os sabores. Eu não gostei de nenhum!
  • Spaceship Earth: Não fomos por falta de tempo.
  • Living with The Land: Fomos porque não tinha fila nenhuma mas achei totalmente dispensável.
  • Almoço: Almoçamos no Sunshine Season’s e achei que foi bom.

World Showcase:

  • Passaporte da Disney: Achei a idéia super legal. Você pode comprar em qualquer ponto do parque mas acho interessante comprar logo no primeiro país para não faltar nenhum. Em casa pavilhão há uma pessoa que carimba o passaporte e escreve algo na língua nativa. Uma ótima recordação, principalmente para as crianças.
  • México: tem o Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros que eu acho válido se não tiver fila. Lá também tiramos foto com o Donald vestido com roupas típicas, muito bacana.
  • Noruega: Lá tinha o Maelstrom (que foi fechado no final de 2014). Apesar de ser recomendado não tínhamos Fastpass+ e a fila estava grande. Resultado: Não fomos! Mas fiquei curiosa. Infelizmente fechou então não terei outra oportunidade de conhecer…
  • China, Alemanha, e Estados Unidos: Não achei nada de muito importante. Mas é bonito de se ver.
  • Japão:  Ficam umas mulheres abrindo ostras e pegando pérolas, achei interessante. Você compra a ostra e a pérola que estiver dentro é sua. Eles também fazem peças de jóia se você quiser (colar, broche, etc.)
  • Marrocos: Achei a arquitetura linda para tirar fotos mas não tive muita coragem de experimentar a culinária!
  • França: Tiramos fotos com a Princesa Aurora e tomamos um sorvete muito bom!
  • Reino Unido: Tiramos fotos com a turminha do ursinho Pooh
  • Canadá: Já era noite e o show de fogos ia começar a qualquer momento então não ficamos muito tempo nessa área
  • Illuminations: Reflections of Earth“: O show é bonito e vale a pena assistir. Verifique o melhor local para assistir clicando aqui.

Uma coisa que eu não fiz porém pretendo na próxima viagem é visitar o Boardwalk na saída que tem perto do Reino Unido.

Sobremesa que comprei usando o plano de refeições grátis

Sobremesa que comprei usando o plano de refeições grátis

Animal Kingdom

O Animal Kingdom é um parque bem tranquilo, não há fogos nem paradas então dá pra fazer tudo sem correria e ainda sair cedo.
Na entrada/saída há um restaurante famoso chamado Rainforest Café (tem ele também em Downtown Disney). Nós não fomos mas arrependi, acho que valia a pena nem que fosse pra conhecer!

Africa:

Foi a primeira região que visitamos posso nosso primeiro passeio agendado pelo Fastpass+ era o Kilimanjaro Safari.

  • Kilimanjaro Safaris: Acho bem válido principalmente se há crianças que curtem bichos.
  • Festival of the Lion King: Achei um show muito fofo! Vale a pena verificar os horários pra não ficar muito tempo na fila esperando, são poucas as apresentações ao longo do dia.

Asia:

  • Expedition Everest: Vale um Fastpass+ por causa do tamanho das filas. Montanha russa bacana, Pena que meu filho não tinha altura.
  • Kali River Rapids: As filas são gigantes então agende o Fastpass+! Meu filho (3 anos) foi e AMOU. Prepare-se pra molhar MUITO.
  • Flights of Wonder: Perdemos esse show por questão de minutos. Agente ficava tirando fotos e acabou esquecendo dos horários!
  • Almoço: Almoçamos no Yak & Yeti Local Food (no restaurante Quick e não no Table que fica ao lado e precisa de agendar horário). Foi uma ótima opção! Depois de dias só comendo macarrão, pizza e sanduíche, o pequeno bateu o maior pratão de arroz!

Discovery Island:

  • It’s Tough To Be a Bug: Um filminho 3D muito fofo. Meu filho adorou o 3D, ficava tentando pegar as coisas no ar e quando se assustava tirava os óculos pra conferir se não tinha nada por perto mesmo! Efeitos de água, cheiro e “insetos” na cadeira. Adorei!

Lá perto tiramos fotos com o DUG E RUSSELL (aquele escoteiro e o cachorro do filme UP!)

Dinoland U.S.A.:

  • Finding Nemo the Musical: São poucas apresentações durante o dia e as filas são grandes então se quiser assistir vai ter que aguentar um bom tempo na fila até a próxima apresentação. Nós fomos e o meu marido quase dormiu mas eu e meu filho gostamos! Kkkk
  • DINOSAUR: Eu fui sozinha e achei BEM chato. Mas tem gente que gosta, então…
  • Primaveral Whril: Eu sinceramente não gostei muito da cara dessa montanha russa então não arrisquei.
  • The Boneyard: Só passamos na porta

Hollywood Studios

Fizemos o parque em 2 dias. No primeiro dia chegamos cedo e saímos por volta de 17h. No segundo dia chegamos à tarde e ficamos para o show noturno. Minha dica é: não perca o show noturno (Fantasmic)! Pra mim foi o melhor de todos! Verifique antecipadamente o horário do show pois é variável.

Tentamos seguir o Roteiro e tomar café no Starring Rolls Café mas estava lotado então escolhemos outro restaurante menos cheio.

Sunset BLVD:

  • Rock’n Roller Coaster Starring Aerosmith: 2x nesse parque e não consegui fazer essa montanha russa! Como preferi usar os Fastpass+ para atividades que meu filho de 3 anos podia fazer, acabei não conseguindo ir nesse brinquedo porque as filas são INSANAS. Acho que para os radicais e adolescentes do grupo vale muito agendar um Fastpass+ CEDO para esse brinquedo.
  • The Twilight Zone Tower of Terror: Fui e adorei. Você chega a sair do assento quando o elevador cai! Imperdível, principalmente para a turma dos adolescentes.
  • Beauty and the Beast live on stage: Assisti e amei! Apesar de ser bem coisa de menina o meu filho gostou da fera!

Hollywood BLVD + Echo Lake:

  • The Great Movie Ride: Não fomos
  • Star Tours: Simulador imperdível! Vale agendar fastpass.
  • Indiana Jones Epic Stunt Spectacular!: Não conseguimos conciliar os horários dos shows em nenhuma das 2 visitas, uma pena!
  • Voyage of the Little Mermaid: Um teatrinho rápido e bonitinho mas bem coisa de menina.
  • Toy Story Mania: Um dos melhores brinquedos para os meninos. Todos nós adoramos! Prepare-se para as filas enormes. Nós usamos um Fastpass+. Bem em frente você pode tirar foto com o Buzz e o Woody (também tem fila, claro).
  • Disney Junior live on stage: BEM infantil.
  • The Magic of Disney Animation: Fomos mas achei bem dispensável. O legal dessa área é que vimos vários personagens pra tirar fotos (inclusive o Mickey vestido de Mágico).

Streets of America:

  • Lights, Motors, Action! Extreme Stunt Show: Achei o show até interessante (apesar da falação). Meu filho ficou vidrado nas motos, nos fogos e tudo o mais, principalmente porque o McQueen aparece (rapidamente) em um determinado momento do show. Vale a pena verificar o horário pra não ficar esperando muito começar pois o show é demorado.
  • Lá perto tiramos fotos com o McQueen e o Matt, nem precisa falar que o meu pequeno vibrou!
  • Muppets Vision 3D e Studio Backlot Tours: Não fomos
  • Honey I Shrunk the Kids Movie Set Adventure: Meu filho amou esse playground, difícil foi tirar ele de lá!

Sunset BLVD – Final do dia:

  • Fantasmic: Pra mim o melhor show de todos. A fila é um mar de gente, anda-se muito até chegar o local. Vale a pena chegar um pouco mais cedo pra conseguir bons lugares. Se ficar muito na frente vai molhar! O local é aberto e dependendo da temperatura na época que vc for vale a pena colocar uma blusa fina de manga comprida nas crianças.
Almoço no Be Our Guest no Magic Kingdom

Almoço no Be Our Guest no Magic Kingdom

Islands of Adventure

Infelizmente nossa ida ao IOA não foi muito produtiva pois chegamos no parque mais tarde e sem ingresso, fomos para a fila comprar as entradas. Até entrar no parque já devia ser umas 10h da manhã e começou a chover mais ou menos 13h e não parou, então, pouca coisa foi aproveitada. MAS valeu a pena e quero voltar!!!! Minha indicação é: assim como os parques da Disney, compre os ingressos antecipadamente para não perder tempo nas filas.

O que é preciso saber:

  • Como os parques ficam um lado ao do outro, pode-se fazer os 2 em apenas 1 dia, é só comprar o tipo park-to-park. Eu não recomendo pois acho super corrido pra aproveitar tudo.
  • Pode-se também comprar 2 dias de ingresso sendo park-to-park. Essa opção só se justifica se vocês quiserem ir no Hogwarts Express (trem do Harry Potter que liga os 2 parques). Caso contrário não acho que justifica.
  • Aqui não há um Fastpass+ como nos parques da Disney mas há o Universal Express que funciona mais ou menos do mesmo jeito porém é pago. Eu achei muito caro e preferi não comprar.

Definido isso compre os ingressos e aproveite os parques que são ótimos!!! Para os fãs de Harry Potter indica-se ir direto para essa área assim que entrar no parque, como não é o nosso caso, escolhemos fazer o seguinte roteiro:

Marvel Super Hero Island:

The Incredible Hulk Coaster (montanha russa para adultos): na minha opinião O MELHOR BRINQUEDO DE TODA A VIAGEM. Adorei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

De lá não continuamos nessa área, preferimos ir para a área mais infantil primeiro então seguimos para a área Seuss Landing. Essa área é TOTALMENTE infantil, fizemos todos os brinquedos, meu filho não queria sair de lá. Há muitos personagens para tirar fotos (Gatola na Cartola, Coisa 1 e Coisa 2 e outros). As adolescentes do grupo não vão querer passar nem na porta!

Seguimos para a área The Lost Continent e lá só tiramos fotos. Nessa área há um restaurante muito famoso, o Mythos. Dizem que é muito bacana mas nesse dia nós não almoçamos, fizemos apenas pequenos lanches então não conheci.

Seguimos para a área do Harry Potter: Vila de Hogsmeade. É muito bacana, o cenário é realmente muito legal (e olha que eu nem sei nada sobre o filme).

  • Harry Potter and the Forbidden Journey (o castelo): Não fomos por causa do meu filho que não tinha altura mas dizem ser espetacular.
  • Dragon Challenge (montanha russa): Adorei!!!!! Aqui eu não atentei para um detalhe do roteiro: Na verdade são 2 opções de montanha russa num mesmo brinquedo, a fila é única é você só escolhe qual ir lá em cima. Como eu não tinha prestado atenção nesse detalhe, fui em qualquer um (a azul). Depois relendo o Roteiro descobri que a azul é mais “light” que a vermelha. Enfim, se possível faça as duas! Para repetir o brinquedo não precisa retornar à entrada, há um “repetir” no meio do caminho da saída.
  • Flight of the Hippogriff: Montanha russa mais infantil. Não fomos porque a fila estava em 45 minutos!
  • Hogwarts Express: É o trem que liga o Islands of Adventure ao Universal Studios. Como não compramos o ticket park-to-park não fomos.
  • Vale experimentar a Butter Beer (cerveja amanteigada que não tem nada de cerveja).

Quando chegamos na área do Jurassic Park por volta de 13h começou a chover e daí não fizemos mais nenhum brinquedo 🙁
Paramos para um lanche esperando a chuva passar mas nada de passar então fomos andar assim mesmo. NOTA: Os parques vendem capas de chuva mas nós compramos no supermercado por 1/3 do preço (com desenho do Mickey).

Passamos pela área Toon Lagoon que parece ser super bacana mas estava tudo parado devido à chuva. Chegamos novamente à área Marvel Super Hero Island:

  • The Amazing Adventures of SpiderMan: Super indicado mas não fizemos. Como é um cinema 3D e estava chovendo, todo mundo correu pra fazer essa atração e então estava lotado. Meu filho não tinha altura então só 1 teria que fazer e o outro ficar na chuva com o pequeno. Impossivel né…

Saímos do parque e fomos às compras com intenção de retornar quando a chuva parasse mas não parou então não retornamos, uma pena! Tanto no Island quando na Universal você pode comprar uma “garrafa” dos Minions (ou outros personagens) e ir recarregando de refrigerante ao longo do dia por 1 dólar cada refil. O mesmo vale para o balde de pipoca.

Universal Studios

Assim como o Islands of Adventure o parque Universal Studios também possui as opções de Universal Express, uma versão paga do Fastpass+ da Disney. Uma dica interessante que vale para os 2 parques é a fila do “single rider” que é uma fila para quem está sozinho e não se importa de dividir o carrinho com desconhecidos. A fila é bem mais rápida e chegando a sua vez eles te encaixam num carrinho que está faltando 1 pessoa. Como estávamos só eu e o meu marido de adulto tínhamos que ir sozinhos para o outro ficar com o meu filho pequeno usamos muito essa opção e foi ótimo. Mas também vimos outras pessoas que estavam em grupo e mesmo assim escolhiam a opção do single rider pra não perder tempo na fila.

Novamente nós optamos por não correr até a área do Harry Potter pois não era o nosso foco. Entramos no parque e logo encontramos com o Pica Pau e a namorada para tirar fotos. Dobramos à direita sentido a área Hollywood:

  • Terminator 2: 3D – O tempo de espera já estava em quase 1 hora e decidimos passar direto.
    Fomos seguindo a rua, encontramos a van como Salsicha e o Scooby tirando fotos.
  • Quase em frente ao Horror Make Up Show (que não fizemos) abriu uma pequena parada com carros alegóricos de um filme de coelho (esqueci o nome). Eles cantam, dançam, descem dos carros e interagem com as pessoas, tiram fotos, achei bacana.

Continuamos andando e entramos na área Woody Woodpecker Kidzone que é a área infantil do parque. Fizemos a atração do ET (achei fraquinha mas tem que fazer né, é clássica…). Daí foi só alegria para o pequeno: Playground do Pica Pau, showzinho com o dinossauro Barney e área molhada (de molhar MESMO) do Jorge, o CuriosoAcho que pelo meu filho ele ficava lá o dia todo!

Depois de muito custo pra tirar a criança de lá fomos para o World Expo e brincamos no Kang & Kodos que nada mais é do que uma versão do brinquedo do Dumbo. Não sei porque mas passamos direto pelo simulador dos Simpsons (acho que é porque o meu marido não gosta do desenho! Kkk). Mas dizem que é muito boa! Nessa área você também pode comprar uns Donuts bem originais.

Depois fizemos a atração Man in Black Alien Attack (esperava mais desse brinquedo mas como não tinha fila, valeu). Continuamos seguindo e na área do Harry Potter só tiramos fotos em frente ao ônibus de três andares. Na verdade essa área passou “batida” mesmo, nem entramos! Mas aqui você encontra o tal Beco Diagonal, a estação de trem que liga os 2 parques e uma montanha russa. Mas agente nem viu isso…

Com o copo de refrigerante dos Minions, o refill sai só por $1.

Com o copo de refrigerante dos Minions, o refill sai só por $1.

Seguimos para a área San Francisco e o meu marido ficou uns 20 minutos esperando dentro do brinquedo Disaster mas parece teve uma pane e o brinquedo parou, aí fomos embora sem brincar. Daqui deveríamos ter seguido para a área New York mas meu filho viu o robô do Transformers e ficou doido! Kkkk. Fizemos essa atração que eu e meu marido AMAMOS. Meu filho não tinha altura pra fazer mas acho que ficaria com medo, é um simulador. Optamos pela fila do Single Rider e mesmo assim demorou, é uma atração concorrida! Lá perto ficam os Transformers tirando fotos, foi um ponto alto pro pequeno que tirou fotos com 3 diferentes.

Saindo do Transformers vimos que estava vindo a parada da tarde (no mesmo ponto da manhã) e fomos correndo assistir. Não tem a pompa toda da Disney mas é bem legal. Tinha Minions, Bob Esponja, Dora e Diego e outros. Voltamos para a área Production Central e fizemos a montanha russa Hollywood Rip Ride Rockit. Estava o dia todo esperando pra fazer, achei de seria o máximo, a fila estava imensa mas me decepcionei. Achei que agente fica muito frouxo no assento, não me senti segura e não curti. Mas quem sou eu pra tirar a sua adrenalina né? Tem gente que ama!

Depois dei uma me “migué” e fui com o meu pequeno para fazer o cinema 3D dos Minions, o Despicable Me Minion Mayhnem. Sabia que ele era um pouco menor do que o permitido mas tentei entrar e foi furada. Ficamos um tempão na fila e lá dentro, já assentados nos carrinhos próprios vem uma mulher falar que ele não tinha altura, blabblabla… Tivemos que assistir de um outro local e não achei legal, perdeu muito a qualidade de um 3D e ainda sem os movimentos do carrinho…

Vi os Minions tirando fotos enquanto aguardava na fila da montanha russa mas quando desci eles já tinham saído. Vi também o Shrek e a Fiona tirando fotos mas a fila estava de desanimar qualquer um. Terminei o dia fazendo o Shrek 4D que achei bem divertido, apesar da fila grande e de uma falação danada no começo.

Nesse dia o parque fechava 17h por conta da festa de Halloween então não tivemos tempo de voltar à área NEW YORK e fazer o que tinha lá. E olha que nem paramos pra almoçar! Foi realmente corrido mas bem legal.

Depois que saímos do parque, saindo em direção ao estacionamento, passamos pela área do Citywalk (que é bem legal, tipo o Downtown da Disney) meu filho se deparou com outra área molhada e fez a festa (nada mais do que água saindo de chão). Estava bem calor e tinha várias crianças brincando lá, deixamos ele brincar (e ensopar) bastante e seguimos para o carro – super cansados, claro! Kkkk

Downtown Disney

Almoçamos no T-REX (agendado). Achei o ambiente muito legal e a comida muito boa. Fizemos algumas compras na loja do Lego (vale a pena) e na loja da Disney.

No T-Rex, que fica no Downtown Disney

No T-Rex, que fica no Downtown Disney

Veja como fiz a minha programação detalhada, no PDF que preparei antes da viagem, clicando aqui.

Espero que tenham gostado!

Grande abraço
Débora

Se você assim como a Débora tiver histórias para contar sobre sua viagem para Orlando, ou quiser registrar como foi a refeição em algum restaurante da cidade, compartilhar o seu roteiro, ou ainda relatar como foi a estadia no hotel escolhido, nos escreva mandando o seu texto, fotos e vídeos e eles poderão ser publicados aqui no Vai Pra Disney. O endereço é viagemdoleitor@vaipradisney.com (lembrem-se que dúvidas não serão respondidas por esse e-mail, por favor use as caixas de comentários do site).



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.