VPD Orlando - Vai Pra Disney
Preparativos da viagem

Como arrumar a mala para viajar a Orlando?

Uma das perguntas mais comuns de quem viaja para Orlando é: o que colocar na mala de viagem? Com a rotina de parques, compras e um clima diferente do Brasil, é comum ficar na dúvida antes de partir para o aeroporto. Por isso reunimos aqui algumas coisas que pensamos na hora de arrumar a nossa mala de viagem e outras dicas para você pensar na sua.

O que colocar na sua mala de viagem

A primeira coisa a se pensar é a época em que você vai viajar para Orlando. E lembre-se que lá nos EUA, as estações do ano não são as mesmas que no Brasil. Isso significa que enquanto é verão no Brasil, lá na Disney você precisa estar preparado para enfrentar um clima frio. É claro que previsão do tempo nunca é 100% confiável, mas se eu fosse você, daria uma lida no nosso guia de Orlando mês a mês para saber o que esperar na época em que você está pretendendo viajar.

Ainda sobre o clima, é importante estar preparado para diferentes temperaturas, pois é comum encontrar dias quentes no meio do inverno de Janeiro, e até noites mais frias durante os meses quentes na cidade. Além disso, não se esqueça que no avião e em muitos locais fechados de Orlando (restaurantes, lojas, supermercados) o ar condicionado é super forte. Portanto, andar com uma blusa na mala é essencial!

O que colocar na mala? Sempre uma dúvida cruel

O que colocar na mala? Sempre uma dúvida cruel

O segundo ponto importante para pensar é o seu objetivo na hora das compras durante a viagem, já que a maioria de nós aproveita os outlets para renovar o guarda roupas. Então se você planeja fazer muitas compras, pense nisso na hora de fazer a sua mala aqui no Brasil e leve menos coisas para guardar espaço na mala para as compras. Veja aqui nosso guia para saber quantas malas você poderá levar na viagem.

Mais abaixo fizemos uma lista com sugestão de quais itens levar, mas roupas confortáveis são os itens mais indispensáveis em qualquer viagem para Orlando. Isso porque andamos o dia inteiro nos parques ou nos shoppings, e nada pior do que ficar “apertado” ou “machucando” o dia todo, né?

Por isso, não deixe de levar um bom par de tênis (ou comprar um assim que chegar lá) e se você for viajar no verão, onde o calor em Orlando chega a ser insuportável, abuse das bermudas, camisetas leves, vestidos (para as mulheres) e principalmente chinelos (meus preferidos!).

O que não colocar na sua mala de viagem

Assim como todas as outras dicas desse post, tudo vai depender do que você vai fazer lá em Orlando, mas algumas das coisas que a Re e eu (quase) nunca colocamos nas nossas malas para lá:

  • Roupas sociais: às vezes até levo uma camisa social para ir jantar em um restaurante mais bacana e tal, mas sendo Orlando a cidade que vive de férias, não faz muito sentido levar mais do que isso. A não ser que você vá jantar em um restaurante que exija traje formal, deixe esses itens de fora.
  • Salto: a Re me disse que levar sapato de salto para Orlando é completamente desnecessário para ela que é alta. Ela acha que considerando o tanto que se anda em Orlando, o salto só serve para deixá-la com o pé doendo. A não ser que você seja mais baixa e realmente só goste de andar com um saltinho, nossa sugestão é que fique no sapato baixo mesmo.
  • Comida: sim, muitas pessoas têm restrições alimentares e isso é um pouquinho mais delicado quando falamos dos bebês e das crianças. Mas por uma questão de controle de pestes e doenças, os EUA são muito restritos em relação à entrada no país com alimentos que vêm do exterior. Eles podem ser levados, desde que sejam declarados na alfândega (como já falamos por aqui) e inspecionados na chegada ao país. Você até pode querer arriscar e não declarar nada. Porém, saiba que a multa caso seja pego pode chegar até 10 mil dólares! É claro que levar itens industrializados como bolacha, papinha, mamadeira, barra de cereal é permitido, mas qualquer coisa além disso pode ser mal interpretada. Além do mais, em Orlando você encontra as coisas do Brasil com facilidade nos supermercados. Tem leite em pó (o Ninho lá se chama Nido), café, feijão, arroz, frutas, papinhas.
Essas papinhas Gerber são da Nestlé e fáceis de encontrar!

Essas papinhas Gerber são da Nestlé e fáceis de encontrar!

Sobre a mala de mão

Outro ponto importante de pensarmos é a mala de mão, que é a bagagem que podemos levar dentro da cabine do avião. Em praticamente todas as companhias que operam vôos entre Brasil e EUA, cada passageiro pode embarcar com 1 mala de mão e mais 1 item pessoal (bolsa, mochila pequena, pasta).

Essa mala deve ser pequena para caber no bagageiro ou embaixo do assento a sua frente no avião. Algumas cias aéreas ainda pesam essa bagagem para garantir que ela esteja dentro do peso e do tamanho permitido. Por isso, não deixe de consultar quais são as restrições da empresa que você está viajando – mas em geral o limite é de 10kg.

Sua mala de mão tem que caber no bagageiro, portanto, cuidado para não exagerar.

Sua mala de mão tem que caber no bagageiro, portanto, cuidado para não exagerar.

Alguns itens que eu sempre coloco na minha mala de mão, que em geral é uma mochila mesmo:

  • Documentos de viagens: passaporte com o visto, reservas dos hotéis/carro, vouchers dos parques impressos.
  • Um casaco, já que faz bastante frio no avião.
  • Uma troca de roupa, para caso a minha mala despachada seja extraviada ao chegar no destino.
  • Carregadores em geral, principalmente um para o celular.
  • Uma pequena necessaire: com escova/pasta de dente, um creme de mão e uma manteiga de cacau já que dentro do avião o ar é bem seco. A Rê tem uma nóia de que tudo no avião resseca a mão (principalmente o cobertor) então ela vira a maníaca do creme de mão durante o vôo. Ela também leva um mini cobertorzinho e almofadinha dela (que não ressecam a mão, segundo ela).
  • Meu tablet, para assistir um filme, série ou ainda ficar jogando alguma coisa. Junto levo fones de ouvido com isolamento de som, já que não curto os que distribuem nos aviões.
  • Minha balança de mala portátil para a gente sempre poder pesar as malas que vamos despachar e verificar se estão dentro do peso permitido. Item muito útil e que sempre usamos na hora de voltar.
  • Um Ziploc ou qualquer saquinho transparente para guardar os itens líquidos (como o creme de mão da Rê).

Outro tipo de item que é fundamental estar dentro da mala de mão é qualquer produto de alto valor. Aqui podemos incluir desde jóias a eletrônicos e até mesmo dinheiro e cartões. Isso nunca deve ser despachado nas malas maiores, por questões de segurança, já que furtos às bagagens estão ficando cada vez mais comuns nos aeroportos. Clique aqui para ver nossas dicas para se prevenir disso.

Por outro lado, existem outros itens que nunca podem embarcar na mala de mão, como por exemplo:

  • Líquidos ou géis com mais de 100ml/cada.
  • Sprays com aerosol.
  • Itens cortantes muito grandes, como tesouras, facas e canivetes.
  • Explosivos, armas de fogo, inflamáveis, instrumentos acionados por gasolina, entre outros.
Líquidos menores de 100ml na mala de mão devem ser colocados dentro de um saquinho ou necessaire transparente. Eu sempre uso um ziplock

Líquidos menores de 100ml na mala de mão devem ser colocados dentro de um saquinho ou necessaire transparente na hora do raio X. Eu sempre uso um ziplock

Mala de mão pra quem viaja com criança

Quem viaja com bebês ou crianças pequenas precisa de uma atenção redobrada na hora de fazer a mala de mão. A gente já falou muito sobre isso aqui nesse outro post com dicas de como viajar de avião com bebês.

Pode dar trabalho, mas vale muito a pena! Viajar com bebês é uma delícia também!

Pode dar trabalho, mas vale muito a pena! Viajar com bebês é uma delícia também!

 

Lista de itens: o check list da mala

Abaixo colocamos uma sugestão do que não esquecer de levar para Orlando enquanto estiver arrumando as malas. É claro que muitos itens ficaram de fora, outros dentro da lista de cada um, mas tentamos ser o mais completos possível.

Eu em geral viajo com muito menos do que colocamos na lista. Porém, como isso vai depender de cada pessoa, deixamos o arquivo. Assim você pode fazer o download, modificar e imprimir. Então fique a vontade!

Check list para a Bagagem. Veja a lista completa nos links acima!

Check list para a Bagagem. Veja a lista completa nos links acima!

A mala da ida e a mala da volta

Para os compradores de plantão, é comum pensar em viajar quase sem nada e voltar com a bagagem estourando. Tudo bem, quem nunca fez isso que atire a primeira pedra, mas algumas considerações são necessárias:

  • Evite viajar com uma mala vazia. Se quiser despachar duas malas grandes para encher de compras na volta, tome o cuidado de colocar algumas coisas em cada, ou ainda, uma dentro da outra com algumas peças de roupa. Isso porque as malas são jogadas e empilhadas durante o transporte. Uma mala pesada em cima da sua vazia pode estragá-la.
  • Leve apenas o necessário para vestir nos dias em que for ficar nos EUA, até para poder explicar para o agente da imigração que você não está pretendendo ficar morando ilegalmente no país (apesar de que eles já sacam que nós brasileiros vamos lá pra comprar mesmo hehe).
  • O sistema da Receita Federal da alfândega brasileira pode comparar o peso das malas de um passageiro na ida e na volta, já que as companhias aéreas têm essa informação. Eu não sei até que ponto eles realmente fazem esse cruzamento de informações para todo mundo, mas fica aqui o alerta para quem vai com o bolso abanando e volta transbordando de compras.