VPD Orlando - Vai Pra Disney
Parques

Como visitar a atração de Ratatouille: passo a passo para a fila virtual

A Remy’s Ratatouille Adventure é a mais nova atração da Disney e como todo mundo tem curiosidade de conhecer novidades, ela se tornou uma das atrações mais populares do Epcot. Essa é realmente uma atração linda e o novo espaço criado para ela no pavilhão da França foi uma ótima adição ao Epcot, mas conseguir visitar a nova atração de Ratatouille pode não ser tão simples.

Foto da entrada da fila da atração de Ratatouille, com o prédio da atração ao fundo e o início da fila e a fonte em primeiro plano.
A atração é linda e super bem feita, vale conhecer!

O funcionamento da fila da Remy’s Ratatouille Adventure é diferente das outras atrações do parque, mas não precisa se estressar porque nesse post, quero explicar tudo o que você precisa saber para garantir a sua chance de conhecê-la. 

Como visitar a nova atração de Ratatouille no Epcot?

Hoje a nova atração de Ratatouille não oferece fila “normal”, como as outras atrações do parque. Em vez disso, existem duas formas de visitá-la: 

  • Entrando na fila virtual, que é gratuita;
  • Comprando o Lightning Lane, fila expressa em que você paga para visitar a atração sem espera no horário agendado.

Sinceramente, acho que esta é uma situação temporária, muito mais por ser a novidade do parque do que por qualquer outra coisa. Por mais bonitinha e gostosa que a Remy’s Ratatouille Adventure seja, ela não é uma atração inovadora que justifique o uso da fila virtual a longo prazo.

Se até Rise of the Resistance, que é a atração mais incrível da Disney, conseguiu se adaptar à fila normal, este é o caminho mais provável para a atração do Ratatouille no futuro. Mas pelos próximos meses (pelo menos) ela ainda trará o brilho de atração nova e a lotação adicional de todo mundo que quer conhecê-la. 

O lado bom é que as duas filas (gratuita e paga) funcionam muito bem, principalmente para quem se planeja e busca entender todo esse novo esquema antes de viajar. 

Foto da entrada da atração de Ratatouille, com a placa Remy's Ratatouille Adventure e Cast Members ao redor.
O fator novidade é o principal motivo para o uso da fila virtual!

Eu sei que essa história de fila virtual às vezes é meio chata, né? A gente só quer tirar férias e precisa ficar entendendo todos estes novos detalhes. Por mais que dê uma preguicinha, é bom lembrar que isso vai te poupar tempo das suas férias – tempo esse que você vai poder usar muito bem curtindo os parques. 😉 Então respira fundo que vai valer a pena! 

Além disso, você vai ver que não tem nada de difícil, você só precisa conhecer o caminho mesmo – e você que está lendo esse post, já está resolvendo este problema. 😉  

Como entrar na fila virtual para a atração de Ratatouille

O processo para entrar numa fila virtual da Disney não é novidade, nem o fato de que as vagas são super concorridas. Não falo isso para te assustar, mas para você saber da importância de não bobear!  

Vou explicar tudo em detalhes, mas só pra você entender a idéia por trás, a fila virtual para ir na atração de Ratatouille funciona assim: 

  • A Disney libera vagas para visitar a atração duas vezes por dia: às 7h e às 13h. As reservas são feitas pelo aplicativo da Disney e em minutos (se tanto) esgotam. 
  • Depois que você entrar na fila virtual, você receberá um grupo de embarque (boarding group). A Disney vai colocando as pessoas na fila normal (presencial) e depois na atração, um grupo por vez.
  • Quando chegar a sua vez, basta ir até a atração e usar seu ingresso ou MagicBand para acessar a fila presencial. Sim, ainda tem uma certa fila presencial depois da fila virtual. 
  • Enquanto você espera sua vez, você não vai saber ao certo o horário que vai visitar a atração, mas além de conseguir ver uma estimativa de tempo no aplicativo da Disney, você também consegue acompanhar a evolução da fila ao longo do dia. Dá sempre pra ver qual grupo está sendo chamado e quantos faltam pra te chamar diretamente ali no aplicativo da Disney mesmo. 🙂
Print da tela do aplicativo da Disney, mostrando que o grupo da Renata é o 72 e faltam 55 minutos estimados para a entrada na atração de Ratatouille.
Dá pra acompanhar o andamento dos grupos de embarque!

Veja que a parte mais complicada é conseguir entrar nessa fila mesmo, porque depois você só precisa esperar ser chamado. Entrar na fila virtual toma segundos, mas você precisa saber exatamente o que fazer e preparar o terreno antes para garantir o seu sucesso. Se você seguir esse passo a passo, você tem grandes chances de conseguir o seu lugar na fila.

O pré-jogo — antes da viagem!

Como eu falei, a fila de Ratatouille esgota MUITO rápido e mesmo fazendo tudo certinho, existe uma chance de você não ser rápido o suficiente. Para aumentar suas chances, resolva tudo que é possível ANTES do momento do agendamento. Pra poder entrar na fila virtual você precisa primeiro:

  • Baixar o aplicativo da Disney.
  • Cadastrar o ingresso e na sua conta do My Disney Experience (eu prefiro fazer isso pelo site).
  • Fazer uma reserva do Disney Park Pass para visitar o Epcot pelo site ou aplicativo da Disney.
  • Garantir que todos do seu grupo já estão vinculados como seus amigos no My Disney Experience e que todos eles também já estão com ingresso cadastrado e reserva para o parque feita
A gente já ensinou em vídeo como cadastrar os ingressos no aplicativo!

Muita gente deixa pra verificar tudo isso na hora de entrar na fila virtual e acaba perdendo a chance de conseguir uma vaga logo de manhã. Deixar tudo organizado antes além de aumentar as suas chances de sucesso, é uma coisa a menos pra fazer quando você estiver com sono – e uns minutinhos a mais pra você dormir!

Print da tela do aplicativo da Disney mostrando os detalhes da reserva do Disney Park Pass da Renata.
É essencial ter um Disney Park Pass para entrar na fila virtual

Aliás, falando em dormir, não esqueça de botar o seu despertador para as 6h45-6h50 (dependendo de quanto você enrolar pra levantar mesmo) para o dia que você vai visitar o Epcot. Você ainda precisa fazer umas últimas coisinhas pra garantir seu sucesso na hora de entrar na fila virtual.

Na manhã da visita ao Epcot

  • 6h45-6h50: hora de acordar! Você não precisa nem levantar da cama, só pegue o seu celular e deixe ele prontinho para a hora que a fila abrir. Feche todos os aplicativos que estavam abertos e garanta que você está com uma boa conexão (seja wi-fi ou do seu celular mesmo). Tudo que pode deixar seu celular mais rápido é uma ajudinha extra! 
  • Entre no aplicativo do My Disney Experience. Você já deve ver um banner falando da fila virtual do Remy, mas se não encontrar nada, é só entrar no menu (aqueles 3 tracinhos de sempre) e clicar na opção “Virtual Queue”.
Print do aplicativo da Disney destacando o botão de Join Virtual Queue para a atração de Ratatouille.
Clique em Join Virtual Queue para fazer o processo da fila virtual.
Print do aplicativo da Disney destacando o botão de menu e em seguida de filas virtuais.
Se não achar o banner, não tem problema! É só clicar no menu no canto inferior direito e em seguida em Virtual Queues!
  • Clique em “Confirm your Party” e verifique se todas as pessoas do seu grupo estão ali. Se você fez tudo certo no pré jogo, essa parte deve estar toda pronta. Confirme seu grupo e pronto! 
Print do aplicativo da Disney destacando o botão de Confirm Your Party.
Nessa etapa, você seleciona quem vai entrar na fila virtual com você.
  • Essa é a tela que você vai ter que ficar até a hora de entrar na fila virtual. Às 6h59 já comece a atualizar a tela, apertando o botão “Refresh” ou arrastando para baixo. Fique atualizando uma vez atrás da outra sem parar, até aparecer o botão “Join Virtual Queue”.
Print do aplicativo da Disney destacando o botão de Refresh.
Já fique a postos para atualizar essa página, clicando no botão de refresh.
  • Quando o botão aparecer, não pense em mais nada. Faça a sua reserva! Não comemore, não avise os outros, só foque em fazer essa reserva. É bem rapidinho: você primeiro clica em Join Virtual Queue, confirma na próxima tela e tá feito! Se você conseguir, já vai ver o seu Boarding Group ali na tela. 
Print do aplicativo da Disney destacando o botão de Join Virtual Queue para a atração de Ratatouille.
Fique esperto para clicar em Join Virtual Queue assim que o botão aparecer
Print da tela do aplicativo da Disney, mostrando que o grupo da Renata é o 72 e faltam 360 minutos estimados para a entrada na atração de Ratatouille. O botão de Done está destacado.
É só confirmar e pronto!

Importante: todas as pessoas do seu grupo podem e devem tentar reservar para o grupo todo ao mesmo tempo. Quanto mais gente tentando, maior a chance de sucesso. 

Nunca tente separar o grupo (cada um fazendo sua própria reserva por exemplo), porque mesmo que todos vocês consigam, vocês cairão em grupos de embarque separados. O melhor mesmo é todo mundo tentar reservar a fila virtual de Ratatouille para o grupo todo – e no fim das contas só um vai conseguir! Aliás, eu sou super a favor de fazer desse momento uma grande competição e dar um prêmio pra quem conseguir ser mais rápido e garantir a reserva! Fica sendo aquela motivação extra pra acordar cedo. 

Se você não conseguir entrar na fila às 7h, dá pra tentar de novo às 13h!

Se mesmo assim não der certo às 7h da manhã, não desanime. Às 13h tem mais e você já vai estar mais familiarizado com todo o processo. Em geral, quem não consegue às 7h consegue às 13h (mas nunca deixe de tentar só às 13h para não diminuir suas chances). Eu vou arriscar o palpite de que você vai conseguir se garantir logo às 7h porque vai seguir esse passo a passo! 😉 

Ah! É importante lembrar que às 7h você pode entrar na fila virtual de fora do parque (desde que você tenha um Disney Park Pass para o Epcot nesse dia), mas às 13h é diferente! Você precisa estar dentro do Epcot pra poder fazer a reserva. 

Também já ensinamos como fazer a reserva do Disney Park Pass para o dia da sua visita

Hoje a Disney só permite que cada pessoa entre na fila virtual uma vez por dia. Ou seja, não dá pra entrar as 7h e depois tentar entrar de novo às 13h. Vamos dividir as vagas da atração com o resto das pessoas do parque, né? :). Se você quiser muito ir duas vezes, pode tentar ir uma vez na fila virtual e outra comprando o Lightning Lane.

Falando nisso, também não custa repetir que a fila virtual não é fila expressa como Lightning Lane: mesmo esperando a maior parte do tempo de forma virtual, depois que o seu grupo de embarque for chamado, você também vai esperar um tempo adicional na fila mesmo. Na minha experiência, fiquei cerca de 25-30 minutos na fila presencial depois que meu grupo foi chamado, mas é claro que pode variar um pouco (não tanto quanto outras filas porque eles conseguem controlar a entrada de mais gente com os grupos de embarque e também porque falta espaço para deixar criar longas filas ali).

E quem vai usar o Park Hopper?

O novo sistema de fila virtual não ajudou em nada quem pretende visitar o Epcot depois de ter visitado outro parque no mesmo dia (com o ingresso Park Hopper). Hoje, a Disney exige que você faça uma reserva do Disney Park Pass para o primeiro parque que você pretende visitar no dia e só permite que quem tem ingresso Park Hopper (ou seja, o ingresso que permite visitar mais de um parque por dia) troque de parque depois das 14h. Por conta dessas duas regras, quem visita o Epcot com Park Hopper fica praticamente impossibilitado de conseguir entrar na fila virtual.

  • Às 7h da manhã, só dá pra entrar na fila virtual com um Disney Park Pass para o Epcot – e quem pretende visitar outro parque antes, não vai atender esse pré-requisito (já que vai precisar agendar o Disney Park Pass pro primeiro parque do dia).
  • Como só dá pra trocar de parque a partir das 14h, quem vai entrar no Epcot com o Park Hopper vai perder a chance de entrar na segunda leva da fila virtual, que acontece às 13h só para quem está dentro do parque.

Sinceramente, não tem como dizer que foi uma triste coincidência, né? Se a Disney quisesse liberar a fila virtual para quem vem com o park hopper, marcaria a segunda abertura da fila virtual para às 14h ou liberaria a entrada de hopper às 13h.  Acho que foi uma decisão consciente de priorizar quem veio passar o dia todo no Epcot mesmo. Hoje (e de novo: acho que isso é temporário) quem visita o Epcot como segundo parque do dia acaba só tendo a segunda alternativa para visitar a Remy’s Ratatouille Adventure: pagar o Lightning Lane.

Imagem da topiária do Remy em frente ao portal de entrada no pavilhão da França, onde há uma placa dizendo Ratatouille. Ele segura uma colher de pau e está em cima de um queijo.
Essa nova área ficou linda!

Lightning Lane para a atração de Ratatouille 

Não vou me prolongar muito explicando sobre a Lightning Lane aqui, já que pretendo fazer um post só pra isso ainda essa semana. O principal agora é você saber que essa é uma opção de fila rápida, sem nenhuma espera. Você paga um determinado valor (que pode variar de acordo com o dia), escolhe um horário para agendar sua Lightning Lane e na hora da sua reserva, poderá ir uma vez na atração de Ratatouille sem fila.

O Lightning Lane do Remy’s Ratatouille Adventure é vendido de forma avulsa, ou seja, não faz parte do pacotão do Genie+ (também assunto pra outro post que já está saindo!). Você pode comprar o Lightning Lane mesmo estando fora do parque se desejar, então ele funciona tanto pra quem vai visitar o Epcot depois de outro parque como para quem não conseguiu (ou esqueceu de tentar) um lugar na fila virtual, ou ainda pra quem amou a atração e quer repetir. 

Tela do aplicativo da Disney com a parte da atração do Ratatouille destacada. Há o tempo de espera da fila virtual e também a opção de comprar Lightning Lane.
O valor da Lightning Lane pode variar com o dia da visita. Nesse dia, ela custava US$9 dólares.

O importante aqui é ficar ligado no horário, porque as vagas de Lightning Lane são restritas e apesar da atração do Remy ser bem menos concorrida do que outras atrações, as vagas para a fila rápida costumam esgotar um tempo depois da segunda abertura da fila virtual (quando muita gente que não conseguiu ou esqueceu de entrar na segunda fila virtual acaba comprando o Lightning Lane). 

Se você vai visitar o Epcot com o Park Hopper e já sabe que não vai ter acesso a fila virtual, minha recomendação é comprar o Lightning Lane logo cedo se quiser conhecer a Remy’s Ratatouille Adventure. Assim você já tira essa pendência da frente e terá mais opções de horário para escolher (escolha um horário que você tem certeza, com folga, que já estará no Epcot!!). 

Para quem pretende ter a Lightning Lane como plano B, caso não consiga entrar na fila virtual, minha sugestão é comprar logo depois do fechamento da fila virtual das 13h, para garantir disponibilidade e também ter mais opções de horário. Se você deixar pra depois, corre o risco de ficar sem.

Vale a pena comprar o Lightning Lane para a Remy’s Ratatouille Adventure?

Em condições normais eu não acho que super vale a pena gastar esses dólares no Lightning Lane da atração do Remy. Eu prefiro me garantir na fila virtual e economizar esse dinheiro para um Genie+ ou para um outro Lightining Lane de outra atração que eu goste mais (em outro parque). 

Por outro lado, para muitas pessoas, essa pode acabar sendo a única maneira de conhecer a mais nova atração da Disney. No fim das contas, o valor não é tão proibitivo e se essa for a sua chance de conhecer a nova atração do Remy, vá em frente!

Fique de olho porque a área e a fila tem vários detalhes fofos!

Minha recomendação é sempre tentar a fila virtual primeiro, e se você seguir todo o passo a passo que eu ensinei aqui, você tem GRANDES chances de sucesso em uma das duas aberturas (tente as duas!!).  Se você não for elegível a fila virtual (porque vai em outro parque antes) ou não tiver conseguido uma vaga, acho que o Lightning Lane pode ser interessante para poder ir uma vez e conhecer!

Como eu já falei aqui, a atração não é a reinvenção da roda (e nem precisa ser mesmo!), mas é linda, super bem feita, com cara e jeito de Disney e tem tudo a ver com o pavilhão da França. Adorei essa inclusão no World Showcase e quero muito saber o que vocês vão achar também! 🙂