Compras

Como comprar o iPhone 8 e iPhone X em Orlando

Muitas listas de compras de quem viaja para Orlando tem como um dos seus itens um iPhone. Com o lançamento das novas versões, o iPhone 8, iPhone 8 Plus e o iPhone X, imagino que mais gente vá querer trazer um celular de sua viagem para Orlando. Por isso, mesmo que eu prefira os aparelhos Android, vou trazer aqui algumas dicas de como comprar o seu iPhone nos EUA.

Onde comprar iPhone em Orlando?

A Apple não é boba nem nada e tabela o preço de todos os seus produtos. Se você achar um iPhone pela metade do preço, por favor, fuja! O produto ou vai ser falsificado, ou defeituoso ou usado. Fique também esperto com lojas de brasileiros que ofertam o aparelho e acabam atraindo muitos turistas por falarem o nosso idioma.

Jé encontrei cada coisa cabulosa lá por Orlando que é melhor nem entrar no assunto. Por isso, recomendo que você compre ou nas lojas oficiais da Apple, ou em grandes redes varejistas, como Best Buy e Walmart. Como sei que nem todas as redes trabalham com aparelhos desbloqueados, você garante a ida se for direto em uma loja da Apple.

Existem duas em Orlando: uma no Mall at Millenia e a outra no Florida Mall. Pra quem for dar uma viajada pela região, ainda encontra lojas em Altamonte Springs, Tampa e Brandon, uma cidade pertinho de Tampa. Se estiver na dúvida de onde fazer suas compras em Orlando, confira aqui nosso Guia de Shoppings e Outlets 🙂

Loja da Apple no Mall at Millenia para comprar o seu iPhone

Loja da Apple no Mall at Millenia

Ao entrar na loja, basta pedir por um unlocked phone que o atendente já vai saber do que se trata. As duas lojas de Orlando têm inclusive diversos vendedores brasileiros para ajudar quem não fala inglês.

O mais legal é que na loja não existem caixas. O vendedor passa cartão ou aceita dinheiro ali mesmo, onde ele te atende no meio da loja. É impressionante como o processo é rápido (e eu sempre saio de uma loja da Apple pensando como se gasta tanto dinheiro em tão pouco tempo hehehe).

Quanto custa um iPhone nos EUA?

Não é barato. Para comprar um iPhone 8 desbloqueado nos EUA você vai pagar pelo menos US$699. Com o lançamento das novas versões, a Apple trabalha agora apenas com os seguintes modelos de iPhone: iPhone SE, iPhone 6s, iPhone 6s Plus, iPhone 7, iPhone 7 Plus e os novos iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X.

Os preços dos celulares desbloqueados (por lá chamados de ‘unlocked’ ou ‘sim-free’) também variam de acordo com o espaço de armazenamento do aparelho. Veja a tabela atual abaixo, sem contar a sales tax americana (clique aqui para ver como calcular o imposto):

iPhone X desbloqueado nos EUA

  • 64GB: US$999 + tax (imposto)
  • 256GB: US$1149 + tax (imposto)

iPhone 8 desbloqueado nos EUA

  • 64GB: US$699 + tax (imposto)
  • 256GB: US$849 + tax (imposto)

iPhone 8 Plus desbloqueado nos EUA

  • 64GB: US$799 + tax (imposto)
  • 256GB: US$949 + tax (imposto)

iPhone 7 desbloqueado nos EUA 

  • 32GB: US$549 + tax (imposto)
  • 128GB: US$649 + tax (imposto)

iPhone 7 Plus desbloqueado nos EUA

  • 32GB: US$669 + tax (imposto)
  • 128GB: US$769 + tax (imposto)

iPhone 6s desbloqueado nos EUA 

  • 32GB: US$449 + tax (imposto)
  • 128GB: US$549 + tax (imposto)

iPhone 6s Plus desbloqueado nos EUA

  • 32GB: US$549 + tax (imposto)
  • 128GB: US649 + tax (imposto)

iPhone SE desbloqueado nos EUA

  • 32GB: US$349 + tax (imposto)
  • 128GB: US$449 + tax (imposto)
Família do iPhone em 2017, incluindo os lançamentos iPhone 8 e iPhone X

Família do iPhone em 2018, incluindo os lançamentos iPhone 8 e iPhone X

Vou ter problemas na alfândega?

Já falamos sobre isso em outra página aqui do VPD, mas vale a pena esclarecer: a Receita Federal isenta a cobrança de imposto, um celular por pessoa na hora de voltar do exterior. O que que isso significa? que o seu iPhone, não entra na cota dos $500 dólares, DESDE QUE você não tenha outro celular com você e que ele esteja aberto e em uso.

E sim, o outro celular pode ser brasileiro que mesmo assim você não tem direito a outro aparelho isento. Em outras palavras, se você tiver interessado em comprar um iPhone nos EUA, ou vá sem o seu celular, ou deixe o seu celular velho por lá, e tire da caixa e ativado (em uso). Caso contrário, esteja preparado para correr o risco e pagar imposto alfandegário ao voltar de viagem.

É possível trocar meu iPhone atual por um novo?

Aqui vem a boa notícia! É possível sim através dos programas chamados iPhone Trade-up e do Apple Recycling. Neles você leva o seu iPhone usado até qualquer loja da Apple para trocar por um vale compras na Apple, que pode ser usado como desconto na compra um aparelho novo.

O seu telefone usado vai passar por uma avaliação: eles vão olhar o modelo, a cor, as condições da carcaça e do touch screen e vão determinar o valor que será revertido em créditos. O preço pago pelo aparelho pode variar bastante, e por isso o valor final só poderá ser determinado pelo funcionário da Apple que avaliar o seu aparelho no dia em que você for na loja. De qualquer maneira, aqui estão os valores máximos pagos para cada modelo:

  • 5: até $35 dólares de desconto
  • 5c: até $30 dólares de desconto
  • 5s: até $55 dólares de desconto
  • SE: até $110 dólares de desconto
  • 6: até $100 dólares de desconto
  • 6 Plus: até $125 dólares de desconto
  • 6s: até $135 dólares de desconto
  • 6s Plus: até $175 dólares de desconto
  • 7: até $245 dólares de desconto
  • 7 Plus: até $315 dólares de desconto
Site do programa de reciclagem da Apple, que aceita aparelhos antigos em troca de descontos nas lojas

Site do programa de reciclagem da Apple, que aceita aparelhos antigos em troca de descontos nas lojas

Quatro informações importantes:

  • O crédito só pode ser usado dentro da loja da Apple, ou seja, não da pra ir lá na loja e trocar o seu aparelho por dinheiro.
  • Eles só aceitam iPhones 5 ou superior, ou seja, os 4S ou mais antigos, não são aceitos no programa.
  • O valor do celular pode variar de acordo com a avaliação feita no momento da troca, pelo funcionário da Apple. Não é nem mesmo garantido que eles vão aceitar o seu celular antigo na troca.
  • iPads também podem ser considerados para o programa de reciclagem, da versão 2 em diante.
  • iPhones e iPads comprados no Brasil também podem ser considerados para a troca no programa de reciclagem, porém, como disse acima, isso vai depender da avaliação do vendedor no momento da compra. Já teve amigo meu que conseguiu trocar o aparelho comprado no Brasil e conheço quem também não conseguiu.
  • Você não precisa levar caixa, nota fiscal e o produto completinho para participar do programa de reciclagem, porém, quanto mais completo for o seu pacote (celular, caixa, manual, fone, etc), mais chances você tem de ser aceito no programa.

Recentemente, a Apple fez uma atualização em seu programa de reciclagem, em que permite que outros aparelhos de celular (Samsung, Nokia, Motorola, LG…), tablets, notebooks e até mesmo iPods, possam ser usados na troca por um vale compras da Apple, mas esse processo só pode ser feito online através do site do programa. Nas lojas físicas da Apple, somente iPhones e iPads são aceitos para o programa de descontos.

Vale a pena comprar o iPhone nos EUA ou deixo para comprar aqui?

Se você for olhar somente para o preço, vale muito a pena sim. Um iPhone desbloqueado aqui no Brasil não sai por menos de R$2.699 nas versões mais baratas e passam tranquilamente dos R$4.899 nas versões mais novas – mesmo com o dólar nas alturas!

Quais são as vantagens de comprar no Brasil então? Na minha visão, são três:

  1. Aqui você pode comprar o aparelho em um plano/contrato com tempo de permanência e conseguir um belo desconto. Isso também vale para quem tem planos de fidelidade e compra aparelhos com desconto ou pontos.
  2. A segunda vantagem é o bom e velho parcelamento. Nos EUA você obrigatoriamente vai ter que pagar o aparelho a vista, o que pode ser um rombo no orçamento de algumas pessoas.
  3. A terceira é última vantagem é a garantia: comprando nos EUA, nem todos os modelos do celular são cobertos pela garantia da Apple do Brasil – somente aqueles que forem homologados pela Anatel. O único jeito e saber é ligando para o SAC da Apple daqui e perguntando se a garantia no Brasil cobre, mas a maior parte dos modelos comprados lá são cobertos pela garantia brasileira.

É o preço que se paga pra comprar por um preço tão mais baixo do que o daqui.

Comprando meu iPhone nos EUA ele vai funcionar no Brasil? E o 4G?

Sim! Os celulares em geral, Apple ou não, funcionam normalmente no Brasil. Eu já comprei alguns e nunca tive problema. O importante é sempre você verificar o tamanho do chip que você tem para ver se ele encaixa no celular que você comprar (o iPhone usa o nanoSIM). Sobre o 4G no Brasil, enquanto a maior parte das versões do iPhone 5S e 5C (e anteriores) não eram compatíveis com a nossa rede, os iPhone X, 8, 8 Plus, 7, 7 Plus, 6, 6 Plus e SE são compatíveis com 20 bandas LTE, incluindo a brasileira.

Estou indo para os EUA nos próximos meses, vou encontrar o iPhone para comprar?

Vai sim. Logo depois do lançamento das novas versões, existe um frenesi e filas para a compra, mas depois de alguns meses (em geral de Janeiro em diante) os estoques são regularizados e fica fácil encontrar os aparelhos. Além disso, a venda através do site para entrega no hotel, já disponibiliza versões desbloqueadas, chamadas de “sim-free”.

Vou pegar fila para comprar o aparelho? Tenho como garantir a compra?

Se você for perto do lançamento da nova versão de iPhone é bem provável que você encontre filas para comprar o aparelho. Você pode verificar o estoque de cada loja através do site iStockNow Live (clique aqui para abrir o mapa).

Esse site, que não é oficial da Apple, tem um sistema super legal que verifica os estoques de cada modelo e em cada cor. Ele não reporta os modelos que não são lançamento, pois eles sempre têm estoque sobrando. Ao clicar no link, você precisa digitar um CEP (Zip code) de Orlando para ver as lojas de lá e depois clicar em cima da loja para ver o estoque em cada modelo. Sempre uso o 32821, vejam na imagem abaixo.

Estoque dos iPhones nas lojas da Apple nos EUA. Clique na imagem para ampliar.

Estoque de aparelhos nas lojas da Apple nos EUA. Clique na imagem para ampliar.

Vou encontrar descontos? E os preços do iPhone na Black Friday? Os aparelhos ficam mais baratos depois de um tempo?

Não, não e não. Na Black Friday, a Apple não oferece descontos nos iPhones, somente em outros produtos. O que ela vem fazendo nessa data é dar de brinde um vale presente de $50 dólares para ser gasto com apps, filmes e músicas, mas o aparelho em si, sai sem desconto nenhum. Além disso, os preços continuam os mesmos, até o lançamento de uma próxima versão do aparelho, que geralmente se dá em Setembro de cada ano. Até lá, os preços ficam iguais e a chance de desconto é muito muito remota, a julgar pelo o que vimos em todas as versões até hoje.

Vou ter garantia da Apple no Brasil se comprar meu iPhone nos EUA?

Diferentemente do passado, a Apple hoje é mais liberal em relação a aceitar outros modelos para cobrir a garantia de aparelhos estrangeiros no Brasil, mas para quem quiser garantir, esses são os modelos homologados pela Anatel e que são os comercializados por aqui:

  • SE: A1723
  • 6: A1549
  • 6 Plus: A1522
  • 6s: A1688
  • 6s Plus: A1687
  • 7: A1778
  • 7 Plus: A1784
  • 8: A1905
  • 8 Plus: A1897
  • X: A1901

E como faço pra comprar um chip de dados nos EUA?

Existem diversas operadoras nos EUA, sendo AT&T, T-Mobile e Verizon são as principais, e você pode comprar em supermercados, farmácias, nas lojas das próprias operadoras e até no aeroporto. Eu sempre uso os modelos da AT&T ou da T-Mobile, nos planos pré-pagos que incluem pacotes de dados, ligações e mensagens ilimitadas para outros celulares da mesma operadora. Nesse outro post contamos mais detalhes sobre como comprar um chip de dados.

Espero que essa matéria tenha esclarecido quem está com dúvidas sobre comprar um iPhone nos EUA. Agora é partir para as compras lá em Orlando 🙂



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.