VPD Orlando - Vai Pra Disney
Parques

Como ir na nova atração Star Wars: Rise of the Resistance no Hollywood Studios

Agora sim podemos dizer que a área de Star Wars no Hollywood Studios finalmente está completa com a inauguração da segunda e principal atração, a Rise of the Resistance.

Boa parte dos visitantes desavisados que chega ao parque sem acompanhar as novidades não está conseguindo nem ter a chance de ir na atração. Isso porque ela está funcionando de uma forma completamente diferente de todo o restante do complexo.

Por isso, resolvemos fazer aqui um guia com as principais dicas para conseguir entender a lógica e definir a melhor estratégia pra te ajudar a conseguir ir na atração e curtir também o restante do parque.

Antes de mais nada, vale deixar claro algumas coisas importante:

  1. Essas dicas são baseadas na observação, coleta de depoimentos e análise de tudo que tem acontecido no parque desde a inauguração em 5 de dezembro. Estamos fazendo uma análise histórica dos horários relevantes pra estabelecer uma estratégia.
  2. A Disney está mudando as regras e horários a todo momento, o que tem influenciado nas dicas desse post. A gente está sempre atualizando conforme as últimas informações.
  3. Veja como checar a programação e horários da Disney aqui.

Agora sim, tudo alinhado? Então vamos lá!

Última atualização: 27 de Fevereiro de 2020

Mas é só uma atração! Não é só chegar lá e esperar na fila?

Essa é a grande questão: a Rise of the Resistance não tem uma fila de espera normal e nem oferece FastPass+. Pelo menos por enquanto, a única forma de conseguir ir é entrando em uma fila virtual, que explico a seguir.

O que isso significa? Que se você não tiver feito um planejamento adequado, você provavelmente não terá uma chance de conseguir ir nessa atração. Estamos falando aqui da mais nova, moderna e ambiciosa atração já criada pela Disney, então mesmo quem não for fã de Star Wars não vai querer perder, né?

Como eu faço pra poder ir na atração então?

No dia da abertura, a Disney anunciou meio de última hora que a atração iria operar com o esquema de fila virtual, como a gente contou aqui na seção de notícias do VPD.

Com a fila virtual, a Disney consegue controlar a demanda e distribuir a capacidade de pessoas que podem ir na atração em grupos de embarque. Com o passar das horas no dia, eles vão chamando em sequência os grupos de embarque pra entrar na fila da atração.

Vale mencionar que mesmo quando for chamado, ainda tem uma pequena espera de até uns 30 minutos para de fato entrar na atração.

Em geral, os grupos de embarque são ordenados por números que vão até pro volta do 50. Quem entrar primeiro na fila virtual pegará os primeiros grupos, e quem for entrando depois ficará mais pro final. Os primeiros grupos são os primeiros a serem chamados ainda de manhã, e em seguida vão sendo chamados mais grupos à tarde e noite até o fechamento do parque.

Como a quantidade de pessoas em cada grupo é limitada e a popularidade da atração está nas nuvens, a distribuição de grupos da fila virtual tem se esgotado MUITO rápido, como vou explicar melhor um pouco mais pra frente. Pra ajudar a controlar isso, a Disney limitou que cada visitante só pode entrar 1 vez por dia na fila virtual.

Um ponto importante é que o lugar na fila virtual não conta como um do 3 Fastpasses que são permitidos marcar antecipadamente. Por ser algo adicional ao sistema de FastPass+, é um benefício extra que até ajuda a aliviar um pouco as limitações dos grupos de FastPass+ desse parque.

Outro ponto importante da fila virtual é que quando chamarem sua vez, você tem um tempinho de folga pra ir até a atração e de fato entrar pra brincar. Inicialmente essa janela de retorno era sempre de até 2 horas, mas agora pode ser também de apenas 1 hora.

Ainda é uma boa janela de folga, caso esteja na fila de outra atração do parque, mas se estiver em outro lugar, como o Boardwalk e o Epcot já pode ficar apertado. Pelo menos até agora a Disney não impôs nenhuma restrição de sair do Hollywood Studios enquanto está na fila virtual.

O grande problema agora é conseguir entrar fila virtual, como falo mais adiante.

Como entrar na fila virtual?

Primeiro de tudo, é preciso estar dentro do parque pro sistema liberar sua entrada na fila virtual. Isso significa que precisa ter escaneado o ingresso ou MagicBand na entrada, porque assim seu ingresso estará ativo e o sistema te permitirá entrar na fila.

Se os outros integrantes do seu grupo estiverem conectados à sua conta do My Disney Experience como Amigos & Família, você poderá também colocar todo mundo de uma vez no grupo de embarque, mas com uma condição: todo mundo tem que já estar dentro do parque.

Estando todos dentro do parque, é só seguir os seguintes passos:

  • Abra o app da Disney. Logo de cara já verá  “Star Wars: Rise of the Resistance – Access by Boarding Group.” É só clicar em “Find Out More” (imagem abaixo).
  • A próxima tela irá mostrar o próximo grupo de embarque disponível. Clique em “Join a Boarding Group“. 
  • Se a opção Join a Boarding Group estiver cinza e sem opção de clicar (imagem acima), significa que todos os grupos de embarque já foram preenchidos para o dia e não será mais possível ir na atração. Se estiver laranja e puder clicar (imagem abaixo), ele te colocará em um grupo de embarque e uma estimativa de qual período do dia vai poder ir. Enquanto isso, é só esperar um alerta chamando o número do seu grupo.
  • Ative as notificações do app no seu celular pra receber um aviso quando estiverem chamando seu grupo de embarque. Como falei, quando chamados os integrantes tem 1 ou 2h pra ir até a atração.

Importante: mesmo tendo um lugar num grupo de embarque, isso não necessariamente garante sua entrada na atração, já que ela pode vir a passar por dificuldades técnicas e interromper temporariamente as operações. Em geral, quando isso acontece, eles oferecem um grupo de embarque de papel para as pessoas voltarem mais tarde quando as operações estão normalizadas.

Que horas eu posso entrar na fila virtual?

A Disney já mudou várias vezes a política em relação a isso, então vamos sempre mantendo essa parte atualizada com os procedimentos mais recentes.

Atualmente, a Disney vem liberando a entrada dos visitantes pra ficar ali na área da Hollywood Boulevard até 1 hora antes da abertura oficial do parque, mas nenhuma atração fica aberta e ainda não é possível entrar na fila virtual. Só algumas lojinhas ficam funcionando, como o Trolley Car Café (o Starbucks).

A entrada na fila virtual só é liberada no horário de abertura oficial do parque. Ou seja, se o parque está programado pra abrir às 8am, quem entrar no parque antes disso poderá entrar na fila virtual exatamente às 8am.

Esse procedimento requer uma atenção especial por alguns motivos:

  • No horário de abertura do parque, milhares de pessoas acessam o app ao mesmo tempo. É muita gente! Quem for mais ágil, tiver um celular mais rápido ou uma internet mais rápida conseguirá pegar os primeiros grupos.
  • Com tanta gente acessando ao mesmo tempo, grandes chances de o app travar ou dar erro, tendo que recomeçar o processo tudo de novo
  • Um atraso de poucos segundos pode significar pegar um grupo de embarque mais pro final do dia ou ainda pior, entrar num grupo de backup (encaixe), que explico mais abaixo
  • Quem precisa de ajuda dos funcionários pra entrar na fila virtual vai estar em desvantagem, pois terá que esperar sua vez para receber ajuda e vai perder a chance de conseguir um lugar.

É um conjunto de fatores que está fora do nosso alcance, ou seja, vai muito de sorte. Porém ainda existe uma estratégia para se ter mais chances de dar sorte nesse processo todo.

A dica de chegar MUITO cedo agora já não faz mais diferença para a fila virtual. Por exemplo, em um dia que o parque abre as 8am, quem chega as 4h00am tem a mesma chance de entrar na fila do que quem chegar às 7h00am.

Ou seja, isso não traz nenhuma vantagem, mas chegar antes do parque abrir ainda é essencial pra ter uma chance de conseguir entrar na fila, porque os grupos de embarque se esgotam em questão de segundos.

A melhor estratégia é a seguinte:

  • Estar dentro do parque pelo menos meia hora antes da abertura oficial. Assim já pode ficar lá dentro e já se organizando na fila para ir em outra atração quando o parque abrir, e ao mesmo tempo já tenta garantir um grupo de embarque pra Rise of the Resistance. Otimização de tempo!
  • Ter pelo menos umas 2 ou 3 pessoas do grupo cada uma com seus celulares tentando entrar na fila, pra ter mais chances caso algo dê errado com o app. Quanto mais gente tentando, mais chances de conseguir.
  • Evite usar o Wi-fi do parque, por conta do risco de ficar lento com tanta gente acessando ao mesmo tempo e ter sinal fraco em alguns pontos do parque. Prefira usar um chip de dados próprio
  • Já ficar de olho no app até mesmo alguns minutos antes da abertura oficial. Já aconteceu de liberarem 1 minuto antes da abertura oficial.
  • Alguns leitores relataram que depois de escanear o ingresso na catraca, o sistema pode levar até 5 minutos pra liberar o acesso à fila virtual, então não deixe pra entrar em cima da hora.
  • Sempre conferir o horário oficial dos parques para o dia da sua visita, e cheque novamente um dia antes da visita pra ter certeza que continua o mesmo, pois podem mudar a qualquer momento. (Explicamos como ver aqui)

Como falei antes, os lugares nos grupos de embarque são limitados, e todos os grupos do dia tem se esgotado em 90 segundos! Porém, mesmo se tudo der errado e você não conseguir um grupo, ainda existe uma chance.

Não consegui entrar num grupo. E agora?

A Disney está usando grupos “backup“, que é como se fosse uma fila de encaixe que poderá ser chamada no final do dia caso surjam novas vagas.

Quem não consegue pegar um dos grupos garantidos no primeiro minuto de parque aberto ainda pode conseguir entrar no grupo de backup e aguardar pela possibilidade de ser chamado. São grupos de encaixe e sujeitos à disponibilidade, por isso não tem nenhuma garantia.

Para entrar nos grupos de backup (geralmente são os de número 50 pra cima) é só seguir o mesmo do passo a passo acima.

O problema é que agora eles também se esgotam super rápido! Nas últimas semanas, eles esgotaram em menos de 5 minutos de parque aberto.

Para referência: na maioria dos dias, os grupos chamados vão até pelo menos o 140. Em dias que a atração funciona bem, pode chegar ao 160-170, e em dias com problemas pode nem chegar a 90.

E como ficam as Extra Magic Hours?

Desde a abertura da atração, o Hollywood Studios teve apenas 1 dia de Extra Magic Hour de manhã. Pra quem não sabe, essas são horas a mais em que o parque abre para os hóspedes dos hotéis da Disney, como contamos aqui.

Nesse dia, tudo foi especialmente mais cheio e mais confuso, porque os hóspedes não puderam entrar na fila virtual desde o começo das horas extras. Para os próximos meses, a Disney alterou a programação de Extra Magic Hours e só vai ter horas extras noturnas, depois que o parque fecha. Se a atração ainda estiver em operação, eles ainda tem uma folguinha pra embarcar os últimos grupos da fila virtual até à noite.

Sim, isso significa que os hóspedes da Disney não tem nenhuma vantagem para conseguir um grupo de embarque na Rise of the Resistance.

E o transporte da Disney funciona tão cedo assim?

O transporte interno da Disney começa a rodar cedinho, mesmo antes do parque abrir, só que com menos frequência. Pode ser que demore 20-30 minutos até chegar o próximo ônibus no seu hotel.

Já o teleférico Skyliner pode sim ser uma melhor opção pra quem estiver hospedado em algum dos hotéis atendidos pela linha (Caribbean Beach, Pop Century, Art of Animation, Riviera Resort). Ele começa a rodar antes da abertura do parque, e se não tiver fila muito grande pra embarcar acaba sendo uma opção rápida e eficiente de chegar a tempo.

Porém, se tiver fila pro Skyliner ou se o próximo ônibus for demorar muito, a recomendação é considerar outra opção de transporte. Cada minuto conta e essa demora pode ser o motivo de você não conseguir um grupo de embarque.

Para garantir, o ideal é ir de carro, Uber/táxi ou algum outro meio de transporte mais ágil.

A atração aceita Rider Switch e DAS?

O DAS é o sistema que a Disney oferece para visitantes com necessidades especiais que não podem esperar na fila, mas aqui nesse caso ele não dá prioridade nem lugar garantido nos grupos de embarque.

Para conseguir ir, é preciso seguir as mesmas dicas daqui de cima e chegar cedinho pra receber um grupo de embarque, pois é por ordem de chegada mesmo.

A mesma coisa vale para o Rider Switch, o sistema de revezamento de participantes para grupos com crianças pequenas (explicamos aqui). Porém, como falei acima, ao ser chamado para embarcar o grupo tem entre 1 e 2 horas de janela pra ir na atração.

Com isso, tem tempo suficiente pra se revezar e ir primeiro parte dos adultos enquanto o restante fica com a criança do lado de fora, e depois se revezarem quando eles sairem. Lembrando que a altura mínima pra poder ir na atração é de 1,02m (listamos todas as alturas mínimas das atrações de Orlando aqui).

Até quando vai funcionar esse esquema? E na Califórnia?

É difícil dizer com certeza até quando isso vai continuar, o que já ficou claro é que as regras podem mudar a qualquer momento. Por enquanto não temos nenhuma previsão de quando a fila virtual vai dar lugar ao esquema de Fastpass normal. Assim que soubermos de algo atualizamos aqui.

A atração-irmã na Disneyland Califórnia também conta com esse esquema da fila virtual. O passo a passo é o mesmo, mas é feito pelo app da Disneyland, que é diferente do My Disney Experience de Orlando.

Consegui meu grupo de embarque! E agora, o que eu faço até me chamarem?

Como falei antes, o esquema “rope drop” é a estratégia de chegar no parque antes dele abrir e curtir o começo do dia no parque ainda com menos filas, já que a fila de espera para as outras atrações concorridas do parque já começa a se formar antes mesmo dele abrir.

O problema é que no caso do Hollywood Studios tem MUITA GENTE chegando antes do parque abrir, e as primeiras horas de parque aberto tem tido filas gigantes em quase todas as atrações.

Se entrar no parque assim que liberarem as catracas (geralmente 1 hora antes do horário de abertura oficial) os visitantes já podem ir se organizando em lugares estratégicos de acordo com a escolha do que querem fazer primeiro.

Pra aproveitar isso, é preciso ser um dos primeiros a entrar no parque, pelo menos 1 hora antes do parque abrir e já ir pra um desses lugares o quanto antes. Assim você poderá esperar lá o horário de abertura oficial e fazer o processo de entrar na fila virtual enquanto já espera para ir na primeira atração do dia.

Escolha qual atração você quer fazer primeiro com foco no que você não conseguiu de Fastpass: (Clique aqui pra ver o mapa do parque):

  • Millennium Falcon: ficar com a multidão em frente à entrada da área de Star Wars
  • Toy Story Land: na Animation Courtyard, perto da atração da Pequena Sereia
  • Tower of Terror e Rock’n’Roller Coaster: em frente à loja Once Upon a Time, na Sunset Boulevard

Minha escolha aqui seria entrar na espera para o Slinky Dog Dash em Toy Story Land. Essa atração quase sempre tem a maior fila do parque, não tem Single Rider e é o Fastpass mais concorrido de conseguir.

A exceção é se tiver conseguido Fastpass para o Slinky, daí é melhor ir pra Tower ou Rock’n’Roller Coaster. As filas dessas duas atrações geralmente aumentam ao longo do dia, enquanto da atração da Millennium Falcon vai diminuindo (e tem a opção de Single Rider).

Conclusão

Não tem muito segredo aqui, a grande sacada é entender que se quiser ter uma chance de ir na atração, é preciso estar dentro do parque antes da abertura oficial anunciada pela Disney.

Além disso, é preciso ter sorte de seu celular, sua conexão à internet e o sistema da Disney estarem favoráveis. Como falei, evite o risco de usar o wi-fi do parque porque ele pode ficar lento com tanta gente acessando ao mesmo tempo. Prefira usar seu próprio chip de dados.

Espero que tenha ajudado a entender mais sobre os detalhes e táticas para conseguir se planejar e curtir o dia no parque! Quem tiver alguma outra dica, experiências ou palpites pra compartilhar, conte pra gente aqui embaixo nos comentários e não esqueçam de marcar a gente lá no Instagram mostrando a visita de vocês, vamos adorar ver 🙂