VPD Orlando - Vai Pra Disney
06 julho, 2021

Disneyland Paris substitui FastPass gratuito por sistema pago

A Disneyland Paris anunciou hoje a substituição do FastPass gratuito por um sistema pago, o Premier Access.

Até então, em Paris o sistema funcionava como era antigamente em Orlando, onde os visitantes precisavam ir até a atração e retirar um ticket de papel para pegar uma fila menor. Agora, esses FastPasses não estarão mais disponíveis, ficando apenas a opção paga.

Divulgação do Disney Premier Access, com a silhueta do castelo ao fundo e o Relâmpago McQueen à frente sobre um fundo vermelho.
O Disney Premier Access vai substituir os FastPasses gratuitos em Paris

Foram duas novidades relativas às filas dos parques:

Premier Access

É o novo FastPass pago. Nele, visitantes poderão comprar um acesso mais rápido às atrações por meio do aplicativo da Disneyland Paris. Funciona assim:

  • O visitante deve vincular os ingressos dos parques ao aplicativo da Disneyland Paris;
  • É necessário estar dentro do parque para fazer a reserva;
  • O visitante deve selecionar a atração, as pessoas do grupo que querem comprar e o aplicativo vai oferecer uma janela de horário para a visita;
  • Após o pagamento, é só ir até a atração no horário reservado e apresentar o QR Code no aplicativo.

Os valores do Premier Access podem variar dependendo da atração e do dia da visita, e ficam entre €8 e €15, por pessoa e por atração. Vale ressaltar que esse valor é válido para um único uso em uma atração no horário reservado.

É possível comprar o Premier Access para uma atração por vez, e há um limite de 3 Premier Access para cada atração por visitante no dia da visita.

Uma mão segurando um celular com o Disney Premier Access na tela e a Splash Mountain ao fundo.
Os preços dependem da atração e da data da visita

O Premier Access estará disponível para as seguintes atrações:

  • Autopia
  • Big Thunder Mountain
  • Peter Pan’s Flight
  • Ratatouille
  • Buzz Lightyear Laser Blast
  • Star Wars Hyperspace Mountain
  • Star Tours
  • Twilight Zone Tower of Terror

Standby Pass

A Disney também vai introduzir o sistema de Standby Pass. Basicamente, a ideia é que o visitante espere parte do tempo fora da fila e parte do tempo na fila, liberando o espaço naqueles momentos mais cheios do dia (pra evitar aquelas filas que saem da atração, sabe?).

Funciona assim:

  • O visitante deve vincular os ingressos dos parques ao aplicativo da Disneyland Paris;
  • No dia da visita, você deverá selecionar uma atração e reservar um Standby Pass (se ele estiver ativo, como explico mais abaixo) para cada pessoa que quiser entrar na atração;
  • O aplicativo vai te dar o próximo horário disponível;
  • Nesse horário, você terá uma janela de 30 minutos para ir até a atração, apresentar o QR Code do Standby Pass e entrar na fila.

Aqui é importante ressaltar que não será sempre necessário obter um Standby Pass para entrar na fila das atrações. A fila comum seguirá existindo em alguns momentos do dia, e o Standby Pass será ativado em determinados períodos, quando as filas estiverem maiores.

Uma mão segurando um celular 
 com o Standby Pass na tela e a Hollywood Tower ao fundo
O Standby Pass é gratuito

O Standby Pass não é pago. Cada visitante pode reservar um Standby Pass por vez, e quando a janela de horário para a atração selecionada começar é possível fazer a reserva para outra atração. Ele não pode ser cancelado ou transferido para outra pessoa.

Esse mesmo sistema de Premier Access e Standby Pass já é utilizado também na Disney de Shanghai há mais de um ano. O sistema de FastPass pago também existe na Disneyland da Califórnia com o MaxPass – a diferença é que por lá, ele não substitui o FastPass comum e é uma opção extra que traz alguns benefícios, como explicamos aqui.

E em Orlando? Nada muda por enquanto, e o FastPass+ segue suspenso nos parques desde a reabertura no ano passado e ainda não há uma previsão para o retorno dele. A gente avisa por aqui sempre que tiver novidades sobre isso 🙂