Parques

Drinking Around the World no Epcot

Crianças, saiam da sala (ou do computador na verdade). O post de hoje é para maiores de 21 anos, ou seja, quem já atingiu a maioridade nos Estados Unidos. A Disney é cheia de atividades para toda família e isso todo mundo já sabe, certo? Hoje quero falar de uma atividade clássica e específica para os adultos que visitam o Epcot, é o tradicionalíssimo Drinking Around The World.

A idéia aqui é aproveitar a chance de realmente experimentar bebidas (e comidas) típicas de diversos países em um único dia, algo que o Epcot permite como poucos lugares no mundo. 

Uma bebidinha de cada país do World Showcase é o desafio do Drinking Around the World.

Uma bebidinha de cada país do World Showcase é o desafio do Drinking Around the World.

E antes de continuar, já vale logo deixas as coisas claras: para quem acha que isso é coisa de bêbado, muito se engana. Em nenhum momento essa é a proposta do Drinking Around the World ou de qualquer atividade de um parque temático. A idéia é uma experiência cultural divertida e com moderação, feita por diversas pessoas todos os dias nesse parque. Qualquer coisa além disso, é simplesmente não entender a proposta desse desafio, que aliás, não é nada oficial da Disney não, tá? Foi algo criado pelos visitantes e faz muito sucesso há muitos anos. No site da Disney por exemplo, você não vai encontrar nada a respeito disso. 

O que é o Drinking Around The World?

Para quem não sabe, o World Showcase no Epcot tem 11 pavilhões, cada um representando um país: México, Noruega, China, Alemanha, Itália, Estados Unidos, Japão, Marrocos, França, Reino Unidos e Canadá. Cada pavilhão traz um pouquinho da cultura de cada país, as vezes alguns shows, atrações além de comidas e bebidas típicas.

O Drinking Around the World é o desafio de experimentar uma bebida de cada país enquanto visita o World Showcase. Como eu já falei, a idéia não é virar todas, sair pelo parque caindo pois não tem nada menos Disney do que isso, obviamente. A idéia é ao longo de uma tarde inteira e começo da noite, apreciar 11 bebidas completamente diferentes e ainda assim, estar bem para a hora do show de fogos.

Algumas das opções no pavilhão da França

Algumas das opções no pavilhão da França

Com o passar dos anos, essa se tornou uma tradição entre grupos de adultos que visitam os parques sem crianças e pode ser uma programação muito divertida. Recentemente eu fiz o Drinking Around the World com um casal de amigos, a Cati e o Rafa, já conhecidos aqui do VPD para quem já leu nossa matéria sobre o Cinderella’s Royal Table e sobre o 50 Prime Time Cafe.

Aliás, foi durante o nosso jantar no 50 Prime Time que decidimos fazer o Drinking Around the World no Epcot logo no dia seguinte. Antes de continuar, vou logo deixar aqui os meus parabéns para o Rafa que carregou o desafio nas costas. Além de ter a maior resistência, ele era meio que o nosso técnico, motivando (ou provocando, depende do ponto de vista! hahaha), definindo o ritmo e tudo o mais. Parabéns, Rafa!

Há algumas opções de drinques bem diferentes no pavilhão do Japão.

Há algumas opções de drinques bem diferentes no pavilhão do Japão.

Dicas para aproveitar o Drinking Around The World

Apesar de parecer uma coisa relativamente simples e auto explicativa, aprendi algumas dicas importantes para quem quer completar o desafio do Drinking Around The World.

Comece cedo

Tentar fazer o Drinking Around the World das 18h as 21h é loucura mesmo que você seja tolerante a bebidas alcóolicas (acredite: been there, done that). A idéia aqui não é riscar esse desafio da lista. Fazer tudo com pressa não tem graça, você não aproveita tanto. O legal é ir com calma, aproveitando os pavilhões, entrando um pouquinho no clima de cada país enquanto vai experimentando cada bebida.

O ideal é você fazer disso uma parte do seu passeio pelo parque. Eu gosto de ir para o World Showcase lá pelas 12h, depois de fazer tudo do Future World. Acho que esse é um bom horário para começar os pavilhões com calma e incluir o Drinking Around the World no meio do passeio. Dá umas 9 horas para você curtir essa área do parque com calma, aproveitar os pavilhões e completar o desafio.  

Eu tenho os amigos mais organizados, né? Achei as fotos com as bandeirinhas muito legais! Pena que no fim (ok, no meio) a gente foi esquecendo.

Eu tenho os amigos mais organizados, né? Achei as fotos com as bandeirinhas muito legais! Pena que no fim (ok, no meio) a gente foi esquecendo.

Tenha companhia

Eu nunca fiz o Drinking Aorund the World sozinha mas a graça sempre está em dividir o desafio com seus amigos. É assim que você vai criar lembranças desse momento, com as brincadeiras e provocações em grupo. Eu sempre apoio muito quem vai aos parques sozinho e eu mesma já fui um zilhão de vezes, mas essa é uma das poucas atividades que eu realmente só aconselho fazer quando se tem companhia.

Eat around the World 

Essa é uma experiência cultural e não seria completa sem o acompanhamento de uma comidinha. As comidinhas tem um papel duplo na verdade: ser parte da experiência de degustação em diferentes culturas e te manter bem até o fim do passeio e do desafio, então não menospreze a importância de se alimentar. Além do que, é uma delícia experimentar as comidinhas dos países. Para quem não tem idade para beber, fica a dica de fazer uma volta ao mundo só em comidinhas pelo World Showcase.

Alguns aperitivos que comemos no bar de vinhos da Itália. Na boa, se tem um parque que todo mundo come bem é o Epcot!

Alguns aperitivos que comemos no bar de vinhos da Itália. Na boa, se tem um parque que todo mundo come bem é o Epcot!

Aproveite e faça direito

Já que você vai fazer o Drinking Around the World, melhor é experimentar algo realmente clássico de cada país, então escolha bem cada bebida e não se limite às opções seguras. Todo pavilhão vai ter bebidas mais simples e outras mais diferentes. Pergunte no pavilhão o que há de mais clássico e vá atrás dessa opção. O Rafa escolhia tão bem que teve uma hora, no pavilhão da China, que ele estava pedindo por bebidas que nem eram vendidas ali. Os funcionários que são chineses ficaram todos impressionados (e eu só sorri educadamente porque não tenho idéia do que ele tava pedindo). 

No México por exemplo, você pode pegar uma Frozen Margarita naquele quiosque do lado de fora ou entrar no pavilhão mesmo e pedir uma versão bem mais elaborada no La Cava Del Tequila. Aliás, para quem não gosta de tequila fica a dica da Frozen Margarita de Manga. Sumiu completamente o gosto da tequila, um perigo! rs

O lugar das melhores bebidas do México!

O lugar das melhores bebidas do México!

Na Itália você pode pedir alguma bebida rápida naquela lojinha de vinhos ou entrar no Tutto Gusto Wine Cellar, um bar de vinhos delicioso e pedir um menu degustação ou até uma cerveja típica junto de diversos aperitivos deliciosos. Se sobrar espaço, o canoli é perfeito e um pouco de açucar é sempre bem vindo, né?!

O Rafa por exemplo tentou fazer o Drinking Beer Around the World e só ficar nas cervejas, mas acho que eu acabei estragando na Noruega quando peguei uma outra bebida, mas tudo bem. Enfim, escolha com carinho cada uma das bebidinhas e comidinhas para tirar o melhor proveito dessa experiência.

Degustação de vinhos italianos. Eu e a Cati dividimos.

Degustação de vinhos italianos. Eu e a Cati dividimos.

Não tente completar o desafio no Food & Wine

Eu sou relativamente tolerante a bebida. Isso dito, eu acho loucura tentar gabaritar os quiosques do Food & Wine  como parte do Drinking Around The World. Mesmo que as porções e copos sejam pequenos, acho que já vai um pouco além da conta, sabe? Você vai precisar dedicar muito do seu tempo (e do seu fígado) ao desafio e vai acabar aproveitando pouco o parque.

A não ser que você esteja disposto a dividir o Drinking Around the World em dois dias, não tente riscar todos os quiosques do Food & Wine da sua lista. Eu não dou conta nem de experimentar uma comidinha de cada quiosque em um dia só (e as porções também são pequenas), quem dirá uma bebida de cada país. Além do mais, misturar 11 bebidas diferentes já é coisa pra caramba. Não teste seus limites.

Entenda (e respeite) o Drinking Around the World

Nada mais deselegante e imaturo do que gente bêbada na Disney. É tão deselegante que não é incomum serem retirados do parque. Vamos encarar assim: é impossível dar um passo em qualquer parque e não avistar uma criança, e se isso não é o suficiente para deixar claro que ficar bêbado é um comportamento inapropriado, eu realmente não sei o que vai ser.

A idéia do Drinking Around the World não é perder a linha e pelo menos 90% das pessoas que cumprem esse desafio entendem bem isso. O desafio é voltado para quem quer aprecia as bebidas. Quem quer perder a linha encontra diversos bares e baladas pela cidade onde você pode fazer isso, gastando muito menos inclusive.

Se quer fazer o Drinking Around the World, tem que ser elegante igual a Cati! :D

Se quer fazer o Drinking Around the World, tem que ser elegante igual a Cati! 😀

Comece pelo Canadá

Quando você vai para a academia, não começa puxando logo um monte de peso, né? Começa alongando e tudo o mais. Começar o Drinking Around the World com uma tequila do México é igual chegar na academia, fazer a inscrição e já querer chegar puxando um monte de peso. O choque é muito brusco.

Você pode começar o World Showcase por um dos dois extremos : Canadá ou México. Caso queira fazer o Drinking Around The World, é melhor ir aos poucos e começar pelo Canadá. Vai por mim, assim quando você chegar no México, já estará muito mais preparado (o seu fígado já estará “aquecido” ou qualquer coisa assim).

Comece pelo Canadá tirando as melhores fotos, igual o Rafa!

Comece pelo Canadá tirando as melhores fotos, igual o Rafa!

Segurança sempre

Por mais óbvio que seja, nunca custa relembrar: se você planeja fazer o Drinking Around the World, não vá para o parque de carro. E se por acaso for, largue seu carro lá mesmo e busque no dia seguinte. Lembre-se da quantidade de crianças nos carros em toda a área da Disney e tenha a responsabilidade nas suas escolhas. Não faltam alternativas para andar em Orlando sem carros, então não tem desculpas, heim?

Para quem quer fazer o Drinking Beer Around the World.

Para quem quer fazer o Drinking Beer Around the World.

Conclusão sobre o Drinking Around the World

O Drinking Around the World é uma forma bem divertida e gostosa de passear pelos pavilhões do World Showcase se você tiver entendido bem a proposta desse desafio. A possibilidade de experimentar diferentes bebidas (e comidas) de diversos países enquanto faz esse passeio é uma maneira diferente de degustar cada cultura e conhecer algo novo de cada país.

O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.