Preparativos

5 erros que já cometemos ao planejar nossas viagens a Orlando

Alguns leitores nos escreveram, pedindo para que nós compartilhássemos ainda mais sobre nossas viagens a Orlando, e não somente as dicas que escrevemos aqui todos os dias. Pensando nisso, sentei junto com a Re para lembrarmos dos maiores erros que nós já cometemos ao planejar nossas viagens para Orlando – e quem sabe com isso, ajudar vocês a não cometerem os mesmos erros novamente.

1) Não reservar o carro com antecedência

Essa história eu já contei no post sobre “Como alugar um carro em Orlando“, mas vale a pena contar de novo para quem não leu por lá: nós fomos para Orlando no final de Abril, quando é baixa temporada por lá e sabendo que os preços de locação de carro costumam ser bem baixos nessa época, deixei para alugar o carro direto no balcão do aeroporto. Assim poderia comparar todas as locadoras e optar pela mais barata.

Bom, pelo menos foi essa a explicação que eu dei para a Re. A verdade mesmo é que a gente estava com tanta coisa na cabeça que esqueci de alugar o carro. A viagem era parte da nossa Lua de Mel (fomos para Jamaica e lógico que demos um pulo em Orlando, né?) e a gente tinha tanta coisinha para ver do casamento antes de viajar, que acabei deixando o aluguel de carro em segundo plano. Como eu notei que os preços online não subiam, fui adiando o momento de alugar e acabei deixando para fazer isso só no aeroporto mesmo.

erros-viagens-orlando

Locadoras de carro no aeroporto de Orlando.Você pode cotar todas pela internet e economizar!

Querido leitor, esse foi um dos piores erros da minha vida! O que eu descobri naquele 21 de Abril é que os valores praticados pelas locadoras no balcão, são em geral MUITO mais caros do os preços encontrados pela internet. Coisa de 2, 3 até 4x mais do que os preços online.

Desesperado, eu acessei a internet do meu celular, usando o wi-fi do aeroporto acabei alugando um carro bem mais barato pela internet do que o encontrado direto no balcão. Ainda assim perdi a oportunidade de ter conseguido um negócio muito melhor, se tivesse alugando com 1 ou 2 meses de antecedência. Esse é um dos erros nossos que mais divulgamos aqui no VPD para você não errar também.

Em algumas locadoras, você pode passar batido do balcão! Garante o melhor preço pela internet e ainda por cima evita vendedores chatos na hora de retirar o carro.

Em algumas locadoras, você pode passar batido do balcão! Garante o melhor preço pela internet e ainda por cima evita vendedores chatos na hora de retirar o carro.

2) Planejar coisas demais para fazer

Nota da Re: a Re me fez deixar registrado aqui que ela não cometeria esse erro. Ela não foi nessa viagem porque não conseguiu tirar férias no trabalho. Nota do Fe: prefiro errar estando na Disney do que acertar estando no trabalho. 🙂

Era Janeiro, e naquele ano foi um dos invernos mais rigorosos que Orlando já registrou em sua história. Família Almeida resolve ir para a Disney em 17 pessoas. Sim, você leu certo querido leitor, eram dezessete pessoas.

Enquanto a Re trabalhava, a gente se divertia!

Enquanto a Re trabalhava, a gente se divertia!

Meses de planejamento, planilhas e mais planilhas com os minutos contados para cada parque, cada shopping, e cada atração. Nosso roteiro foi lindo, maravilhoso, incrível, mas só no Excel mesmo, porque na vida real, o excesso de planejamento causou dois efeitos importantes:

1) Nos deixou cansados demais, a ponto de aproveitarmos menos cada momento da viagem
2) Nos deixou estressados demais, pois quando algo saía fora do plano (o que VAI acontecer, te garanto!), era aquele Deus nos acuda.

Por isso, escute a minha esposa como eu não escutei e faça menos, bem menos durante a sua viagem. Enfiar 9 parques em 5 dias, não é saudável. Você não vai curtir cada parque ou cada shopping como você pensou que iria. É melhor curtir bem algumas poucas coisas do que conhecer vários parques e shoppings mas não aproveitar nenhum deles. Moral da história: Menos é mais!

Assim que você chegar no outlet, esqueça o resto da programação. Tudo vai atrasar com certeza.

Assim que você chegar no outlet, esqueça o resto da programação. Tudo vai atrasar com certeza.

3) Esquecer do tempo de deslocamento

Outro erro comum e que cometemos em várias viagens (errar é humano, persistir é ….. hehe) é não planejar os horários de acordo com os deslocamentos. Te dou um exemplo prático: queria chegar no Magic Kingdom as 9 da manhã para aproveitar o parque bem vazio. Vi no Google Maps, 15 minutos de deslocamento do meu hotel, 8:45 estava na recepção. Sabe a hora que eu entrei no parque? 10:15!

Para pegar o parque mais vazio você precisa chegar BEM cedo.

Para pegar o parque mais vazio você precisa chegar BEM cedo.

Isso pois eu caí no erro de não pensar no deslocamento total desse percurso: só chegar no carro já me tomou 10 minutos, pois nem todo mundo estava na recepção no horário combinado. Ao chegar no parque, você precisa pagar o estacionamento, parar o carro, pegar um trenzinho até o monorail. De lá, esperar o monorail e ir até o parque. Depois, passar pela segurança do parque, e só ali já perdemos 10 minutos de fila. E aí você já sabe né? Perdi 1 hora e 15 minutos de parque bem vazio, quase sem filas. Então já viu: pelo menos 1 hora de antecedência ok?

Mostramos todo o trajeto e a duração nesse vídeo aqui embaixo:

4) Deixar para comprar os ingressos na bilheteria dos parques

Houve uma época em que a Re e eu sempre deixávamos para comprar os ingressos na bilheteria. Não porque eles eram mais barato, mas por preguiça de ver tudo antes mesmo. Porém, a coisa mudou quando a Disney introduziu o sistema Fastpass+, que é o corta filas gratuito da Disney, através do app/site.

Imagino que todos já devam conhecer o sistema (se você nunca ouviu falar, faça cara de quem entende tudo e clique aqui para ler nosso guia completo), mas em resumo: sem ter o ingresso com antecedência, não é possível fazer a reserva dos Fastpasses, e ir nas atrações concorridas como a montanha russa dos 7 anões, a Slinky Dog Dash de Toy Story e o Flight of Passage se torna uma tarefa que vai te tomar muito tempo de fila.

Por isso, compre seus ingressos com antecedência (se quiser ver preços com descontos com o VPD Travel, clique aqui), vincule-os com a sua conta no app da Disney e 30 dias antes, deixe seus Fastpass+ devidamente reservadinhos (ou 60 dias antes, se for hóspede da Disney).

A felicidade de ver essa luz ficar verde e entrar na fila de fastpass+, sempre beeeem menor que a fila normal.

A felicidade de ver essa luz ficar verde e entrar na fila de fastpass+, sempre beeeem menor que a fila normal.

5) Cair no conto do time sharing

Essa não aconteceu comigo, e sim com a Re quando ela tinha 9 anos. Foi o famoso golpe do time sharing, que aqueles vendedores super agressivos no meio dos outlets e até mesmo de alguns parques, saem para te empurrar. Já falamos desse e de outros golpes aqui no VPD (clique aqui se você ainda não leu), mas a regra é simples: quando alguém te oferece 100 dólares em um vale compras, 80% de desconto em ingressos de parques, ou um grande negócio para você fazer em Orlando depois de assistir uma palestra, saia correndo! Acredite, você vai me agradecer.

Nessa ocasião, há 20 anos, quando os pais da Re e os amigos deles resolveram escutar o papo do vendedor do Sheraton, todas as crianças (9 ao todo) ficaram meio que confinadas em um espaço reservado, enquanto os adultos iam na tal palestra dos sonhos. Segundo a Re, ela e as outras crianças pediam para um dos funcionários chamarem os pais mas ninguém deixava. Até que  o grupo decidiu fazer a criança mais nova chorar para obrigar alguém a chamar um dos adultos. Só assim eles foram resgatados.

Golpe dos ingressos baratos no meio dos Outlets de Orlando. Sempre que você encontrar um desconto milagroso em troca de um "convite" para ver uma palestra, fuja dessa furada.

Golpe dos ingressos baratos no meio dos Outlets de Orlando. Sempre que você encontrar um desconto milagroso em troca de um “convite” para ver uma palestra, fuja dessa furada.

Resultado: 9 crianças passeando pelos apartamentos do hotel com os adultos. No meio do dia, enquanto os adultos conversam todas as crianças subiram em um carrinho de golfe que estava estacionado e dando sopa por ali. Até que uma delas resolveu ligar o tal carrinho. Resultado? carrinho na parede e crianças espalhadas pelo hotel. Pelo menos os adultos conseguiram se livrar do vendedor mala! haha

Bom, esses são alguns dos erros mais marcantes que já cometemos em viagens para Orlando, que a gente divide aqui na esperança de que você não os repita. Aquele papo de que “errando é que se aprende” é uma bela verdade! E você? Quais erros te marcaram na sua viagem? Convido você a dividir os seus erros com a gente aí nos comentários que a gente vai incluir todos eles aqui no post! 🙂

 



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.