VPD Orlando - Vai Pra Disney
Parques

Harmonious: tudo sobre o novo show de fogos do Epcot

Há muitos anos a Disney já vinha prometendo um novo show grandioso e diferente de todo o resto para o Epcot e junto com a comemoração dos 50 anos do Walt Disney World, o tão aguardado Harmonious finalmente chegou no parque. Podem dizer por aí que eu puxo sardinha pro Epcot mas pra mim, esse é o melhor show da Disney hoje em dia – apesar de ter algumas falhas que me incomodam bastante. Hoje quero contar um pouco do que eu achei do show e as dicas para que você consiga aproveitar melhor o espetáculo. 

Foto do show de fogos Harmonious: há projeções coloridas, em vermelho, azul e verde nas estruturas no lago, e fogos coloridos estão estourando.
O Harmonious veio preencher o espaço deixado pelo (incrível!) Illuminations: Reflections of Earth

O que eu achei do Harmonious, novo show do Epcot

O Harmonious tem uma história longa com direito a fofocas de bastidores dos parques e divergências de opiniões desde antes de ser lançado. Pra começar, tem o trambolhão ZERO discreto que ele trouxe para o meio do lago do World Showcase. Muita gente acha absurdo ter um trambolho daqueles atrapalhando a visibilidade do World Showcase durante o dia. Eu era um pouco desse time também, mas hoje já acho que vale super a pena ter aquela poluição visual durante o dia para poder ter o efeito que ela cria à noite, durante o show. 

O outro ponto de polêmica foi a adição de músicas dos filmes da Disney no show, incluindo versões em diferentes idiomas. De acordo com os Imagineers que trabalharam no projeto, foi o Bob Chapek, impopular CEO da Disney, que pediu a adição. Olha, eu nem sou de concordar com o Chapek normalmente, mas eu adorei essa inclusão, então tudo certo! Com a dosagem certa, eu gosto de uma presença maior dos personagens da Disney no Epcot, especialmente no World Showcase. Polêmicas e boatos à parte, o que importa mesmo é saber saber que o projeto original passou por mudanças antes do lançamento. A gente nunca vai saber o que foi planejado inicialmente, mas sabemos que essa versão que foi lançada ficou incrível! 

Esse show substitui o Illuminations: Reflections of Earth, que eu AMAVA mas até eu já reconhecia que era hora dele ir mesmo. Ainda assim, como pessoa apegada que sou, já cheguei bem apreensiva com o Harmonious, até porque o que eu tinha visto no YouTube não tinha me impressionado tanto. Quando vi pessoalmente, fiquei sem palavras! Fiquei até sem pensamentos! Ele é realmente diferente de tudo de tal forma que a gente que já está mais condicionado aos shows tradicionais, até demora pra absorver tudo que o Harmonious oferece. O show é incrível e realmente cumpre a promessa de ser diferente de tudo. Amei e cada vez que vejo de novo, amo mais! 

Primeiro as músicas: a seleção é sensacional, foge do basicão de sempre e inclui algumas das melhores músicas das trilhas sonoras da Disney. Além disso, o trambolhão arrasa, gente! A mescla de fogos, projeções e efeitos com água e iluminação, tudo isso junto com a música, ficou realmente um espetáculo. Trambolhão, desculpe se um dia já te julguei! Conte comigo pra tudo! Dizem que dá até pra ouvir o Magic Kingdom chorando de ciúmes a noite, porque o Epcot entregou tudo pros 50 anos e tá brilhando! 

Aliás, falando nos 50 anos, um ponto importante: o Harmonious foi lançado junto com a campanha de 50 anos do Walt Disney World, mas diferente do Enchantment no Magic Kingdom e de tantas outras coisas que estão rolando no parque hoje em dia, ele não foi feito exclusivamente para a festa, viu? Ele vai continuar no Epcot mesmo depois que a campanha de celebração acabar.

Foto das 3 estruturas do Harmonious, com muitos fogos e fumaça no céu.
O Harmonious vai continuar sendo apresentado mesmo após o final das comemorações de 50 anos

O que eu não gostei

É MARAVILHOSO mesmo MAS nem tudo é perfeito, né? Apesar de tudo, acho que o Harmonious tem algumas falhas que eram fáceis de serem resolvidas e talvez por isso, elas incomodam tanto. Como eu falei antes, eu não sou contra a inclusão das músicas de personagens e achei que o show está lindo assim, inclusive acho um toque incrível ter as músicas em diferentes idiomas – tudo a ver com o Epcot! O problema é que o show é no fundo SÓ uma coletânea de músicas da Disney, sem nenhuma narrativa amarrando e conectando todas as músicas a uma única mensagem. 

Poxa, a Disney não economizou em toda a criação desse espetáculo e ela foi deixar de lado logo a narrativa? Logo a Disney,  que é reconhecida mundialmente por criar histórias!?! Achei uma falha grosseira não pensar nisso e a presença de uma narrativa faz falta demais, especialmente porque o show é longo. A mensagem ali conectando todas as etapas do show ajudaria a manter o interesse em cada nova música. Pra mim esse é o pior erro do Harmonious e custava praticamente zero dólares a mais pra Disney cuidar desse detalhe, né? Mas ainda tem outros erros que não dá pra deixar de falar. 

Foto de 3 das estruturas do Harmonious, com projeções em azul. Há agua saindo delas e poucos fogos estourando acima da estrutura central.
Achei que faltou aquilo que a Disney faz de melhor: uma boa história

A visibilidade do show é muito diferente dependendo do ponto que você escolhe assisti-lo. Diferente do Illuminations, não dá pra esperar ter uma visão parecida de qualquer lugar do World Showcase. Lembra do trambolhão? Ele na verdade consiste em alguns telões chapados gigantes pras projeções, feitos em uns formatos estranhos. Dependendo do seu ângulo, você pode não conseguir acompanhar tão bem as projeções, nem os efeitos de iluminação e água criados pelo trambolhão. Pode parecer detalhe, mas no fundo acho que é uma parte muito importante da experiência desse show e o que o diferencia dos demais. 

A boa notícia é que existem boas opções pra você assistir bem o Harmonious e agora que você já sabe da diferença de visibilidade em diferentes pontos, vai poder escolher com cuidado onde se posicionar. 

Melhores lugares pra assistir o Harmonious

Os melhores lugares são os pontos que te deixam bem de frente (ou de trás, porque as projeções acontecem dos dois lados) do trambolho no lago. Ou seja: de um lado é logo a entrada do World Showcase (o espaço entre as duas lojas que ficam ali). Do outro lado, o melhor lugar seria o pavilhão dos Estados Unidos, mas o palco que fica ali atrapalha a visibilidade. Acaba que os pavilhões do lado trazem uma visão melhor, especialmente o do Japão que tem menos coisas na frente no lago e te dá um cenário mais limpo para assistir o show. 

Imagem do lago do Epcot durante o show de fogos, com o ícone do pavilhão do Japão à esquerda e várias pessoas assistindo ao redor.
O pavilhão do Japão também oferece uma boa vista para o show

O que eu gosto do pavilhão do Japão é que dá pra você assistir o show muito bem sem precisar se amontoar com as outras pessoas. Você até pode assistir bem grudado a beirada do lago com mais gente, ou da varanda do Tokyo Dining (que é aberta pra qualquer um e também fica super cheia); mas você também tem a opção de assistir um pouco mais afastado da multidão que fica na beirada do lago, e ainda assim ter uma visão excelente.

A visão lá da entrada do World Showcase é ainda melhor do que a do pavilhão do Japão, porque você tem uma visão ainda mais clara e próxima das projeções, mas aí você precisa estar disposto a se posicionar com pelo menos uns 20-30 minutos de antecedência (dependendo da época pode ser até mais) e ficar no meio da multidão. Também não é nenhum sacrifício, né?

Imagem destacando a entrada do World Showcase como melhor lugar para assistir o show, e os pavilhões do Japão e Itália como outras opções legais para assistir.
Na hora de escolher o lugar pra assistir, essas são as melhores opções

O pavilhão da Itália, que fica do outro lado do pavilhão dos EUA, também é uma boa escolha, mas às vezes fica fechado para eventos, grupos VIPs ou festas. Se estiver aberto durante a sua visita, pode ser um bom ponto também!

Conclusão sobre o Harmonious

Pra mim, é indiscutivelmente o melhor show da Disney hoje em dia – e olha que eu gosto bastante do Disney Enchantment, hein? Sempre achei o Epcot um parque incrível e um pouco incompreendido, mas agora que ele tem recebido novas atrações e um novo show, espero que mais gente possa voltar a dar uma chance pra ele e tenha a oportunidade de viver a experiência de assistir o Harmonious.

Eu fico muito impactada com esse show e com a grandeza que ele se propõe – e cumpre! Quando a gente lembra que sai do show e ainda vê a Spaceship Earth toda iluminada, então! Sério, é aquele fim de noite pra lembrar que a magia está em todos os parques da Disney e não só no castelo (que também é sem defeitos! Eu defendo o Epcot porque ele precisa da minha defesa, mas sou apaixonada pelo Magic também, gente!). 

Foto da bola do Epcot iluminada em rosa e roxo à noite, com a fonte em frente.
Beacons of Magic, contem comigo para tudo!

Quem aí já assistiu o Harmonious, me conta: o que acharam? Concordam comigo ou discordam? E quem ainda não assistiu, espero que possam aproveitar logo esse show. Quando assistir, marca a gente lá no Instagram e conta pra gente o que achou. 🙂