Preparativos

Como se virar no inglês na viagem aos EUA

A primeira viagem internacional é sempre um marco importante na vida de uma pessoa, mas junto com ela, vem uma série de inseguranças que são muitas vezes ligadas ao idioma desconhecido. Como se virar durante a viagem, sem saber falar inglês?

Sempre digo que em Orlando essa preocupação não é necessária, já que a cidade está mais do que acostumada a receber turistas brasileiros há muitos anos. Para se ter uma idéia, em 2014, Orlando foi o principal destino internacional dos brasileiros, superando a vizinha Buenos Aires. Por isso, não estranhe se você mais ouvir (e também falar) português do que inglês na cidade. Além disso, como toda a Flórida é tomada pelos latinos, quando você não ouvir português, boas são as chances de você ouvir espanhol, o que facilita a comunicação.

De qualquer forma, a insegurança é normal e para ajudar a contorná-la, resolvi fazer um pequeno guia prático com as frases mais comuns para você usar durante a sua viagem, pensando nos momentos em parques, shoppings, restaurantes e até mesmo na hora de responder as perguntas feitas pelos oficiais da imigração nos EUA.

Além disso, é importante destacar que enquanto você estiver em território da Disney, já terá uma série de facilidades para aproveitar o complexo melhor sem falar inglês e já tratamos este assunto aqui no blog. Clique aqui para ver todas as nossas dicas de como usar os recursos da Disney para aproveitar melhor o complexo sem falar inglês.

Dicas gerais para quem não fala inglês

No fim do dia o que todo mundo quer é saber como traduzir as frases do inglês para o português e vice versa. Por isso, o melhor amigo do viajante que não domina o idioma é o Google Tradutor (clique aqui para acessar). Basta digitar o que você quer dizer que ele traduz e ainda ensina a pronúncia, clicando no ícone “Ouvir”. Bem fácil!

Se você ainda tiver um celular com Android, pode baixar o aplicativo do Google Tradutor e fazer o download dos dicionários em inglês e português para poder fazer as traduções sem conexão com internet. Para quem tem iPhone/iPad, é só procurar por “offline translator” na AppStore que você encontra algumas opções (nunca testei nenhuma, por isso não recomendo uma específica).

Além disso, não custa ter umas frases chaves na cabeça. Abaixo vamos explorar as frases e termos chaves para diferentes momentos da sua viagem, mas uma das mais úteis é simplesmente saber dizer que você não fala inglês. Assim pelo menos os gringos param de falar sem saber que você não está entendendo nada. A Rê diz que quando foi para os Estados Unidos pequena ela só sabia falar duas frases em inglês: “Eu sou do Brasil, não falo inglês” e “Quanto custa isso?” (consumista desde cedo!). A parte de compras vamos falar mais abaixo, mas aqui vão as principais frases para você identificar que não fala inglês e pedir auxílio. Além disso, listei também algumas frases simples que são úteis em todos os momentos da viagem.

Você fala: I’m from Brazil, I don’t speak english.
O que quer dizer: Eu sou do Brasil, eu não falo inglês.

Você fala: Could you please call someone that speak Portuguese or Spanish to help me out?
O que quer dizer: Por favor, você poderia chamar alguém que fale português ou espanhol para me ajudar?

Você fala: Excuse me.
O que quer dizer: Com licença/ desculpe-me. Uma das frases mais usadas para andar na multidão nos parques e nas lojas.

Você fala: Where is the restroom?
O que quer dizer: Onde fica o banheiro?

Você fala: Do you have a smoking area? Where is it?
O que quer dizer: Vocês têm uma área de fumantes? onde fica?

Você fala: Please (lê-se “pliss).
O que quer dizer: Por favor.

Você fala: Thank you.
O que quer dizer: Obrigado.

Na imigração

Oficial da imigração dos EUA no ponto de controle de passaporte do aeroporto de Miami. Foto: Getty Images

Oficial da imigração dos EUA no ponto de controle de passaporte do aeroporto de Miami. Foto: Getty Images

Primeiro ponto importante é saber que nem a Re nem eu somos especialistas em imigração, vistos, passaportes e essas coisas. O que vou colocar aqui é um resumo das perguntas que já fizerem para a gente, para nossos amigos e familiares. Para cada pessoa, o oficial pode perguntar coisas diferentes, então é importante ficar tranquilo, escutar o que ele perguntou e responder como puder sempre falando a verdade. Se não entender, peça para chamarem alguém que fale inglês ou espanhol para que você consiga se comunicar melhor. Isso esclarecido, abaixo listo algumas das perguntas mais comuns que tivemos que responder em nossas idas aos EUA.

Pergunta do oficial: How many days are you planning to stay in the United States?
Tradução: Quantos dias você planeja ficar nos EUA?
Exemplos de respostas: Ten days (10 dias) ou 2 weeks (duas semanas).

Pergunta do oficial: What do you do for a living?
Tradução: O que você faz da vida?
Exemplo de resposta: I work in a bank (eu trabalho em um banco) ou I study (eu estudo). Aqui na verdade cada um vai ter uma resposta diferente de acordo com o que faz. Se quiser, use o Google Tradutor para já ver como se fala a sua resposta pessoal para esta pergunta.

Pergunta do oficial: Where are you going in the United States?
Tradução: Aonde você vai nos EUA?
Exemplo de resposta: I’m staying in Orlando (eu só vou ficar em Orlando) ou I’m going to Orlando and Miami (estou indo para Orlando e para Miami).

Pergunta do oficial: Do you know someone in the United States?
Tradução: Você conhece alguém nos EUA?
Exemplo de resposta: Yes, I have a cousin who lives in New York (sim, tenho um primo que mora em Nova York) ou simplesmente No (não).

Pergunta do oficial: How much money in cash are you bringing with you?
Tradução: Quando de dinheiro em espécie você está trazendo?
Exemplo de resposta: I have two thousand dollars in cash but I’m also bringing two credit cards and one travel card with five hundred dollars in it (eu tenho 2 mil dólares em espécie, mas também estou trazendo 2 cartões de crédito e 1 cartão de viagem com 500 dólares de crédito). Lembre-se que cada família deve declarar o valor caso esteja entrando nos EUA com mais de $10 mil dólares (para toda a família).

Observação importante para quem ainda tem dúvidas: como já falei anteriormente, não somos especialistas no assunto imigração e por isso, não vamos responder perguntas sobre o que falar para o oficial da imigração em casos específicos. A nossa resposta é fale somente a verdade, esta é sempre a resposta certa para se dar.
Gostaríamos de ter todo o tempo do mundo para responder cada pergunta aqui do blog, mesmo estas, mas como não temos, vamos focar em responder as perguntas em que não foram respondidas nos textos do blog e onde podemos ajudar os leitores. Por isso, perguntas do tipo “o que eu falo pra imigração nesse caso” serão aprovadas, mas não serão respondidas.

Na locadora de carros

O aluguel de carro também é um outro momento muito temido pelos marinheiros de primeira viagem e bem lembrado pela nossa leitora Denise. A retirada do veículo vai ser diferente para cada um, pois depende da locadora e também da maneira que a reserva foi feita: por uma agência, por um site, diretamente com a locadora. Clique aqui para ver todas as dicas para aluguel de carro. Mas em geral, essas são as frases mais comuns que usamos para alugar um carro nos EUA:

Você pergunta: I have already paid the rental, insurance and taxes. Will I have to pay anything else when I return the car?
O que quer dizer: Eu já paguei a locação, o seguro e o imposto/taxas. Ainda vou ter que pagar alguma coisa a mais quando devolver o veículo?

Você pergunta: How much are you going to hold on my credit card until I return the car?
O que quer dizer: Qual o valor q vocês vão bloquear no meu cartão (caução) até que eu devolva o carro?

Você pergunta: Do you have a contract in Portuguese or Spanish so I can understand what I am signing?
O que quer dizer: Você tem um contrato em Português ou em Espanhol para que eu possa entender o que eu estou assinando?

Você diz: Please, my rental is fully paid to an agency/site/rental company. Don’t include anything else.
O que quer dizer: Minha locação já está quitada junto a uma agência/site/locadora. Não inclua nada além.

No hotel

Recepção imponente do Hilton Lake Buena Vista

Recepção imponente do Hilton Lake Buena Vista, que já falamos aqui.

Em situações normais, o hotel é o lugar onde você menos precisa interagir com alguém. Depois do check in, você praticamente não precisa de ninguém para falar inglês. Por isso, a maioria das frases úteis acabam focando no momento do check in ou algumas outras pequenas necessidades de comunicação que você pode ter durante a sua viagem. De qualquer forma, vale destacar que as chances de você encontrar alguém que fale ou português ou espanhol em qualquer hotel da cidade são enormes, o que com certeza vai facilitar bastante a conversa. Alguns exemplos de frases úteis durante sua estadia são:

Para fazer o check in:
Você diz em inglês: Hello, I’m checking in today. I have a reservation on my name, Felipe Almeida.
O que quer dizer: Oi. Estou fazendo check in hoje. Tenho uma reserva no meu nome, Felipe Almeida.

O funcionário do hotel provavelmente vai responder algo como: I need a photo ID and a credit card to check you in.
O que quer dizer: Eu preciso de um documento com foto (passaporte!) e um cartão de crédito para fazer o seu check in.
Sobre a entrega do cartão, isso é uma política comum e em geral nada é cobrado a não ser que você consuma alguma coisa.

O funcionário do hotel pergunta: How many nights are you staying with us?
O que quer dizer: Quantas noites você irá se hospedar conosco?

O funcionário do hotel pergunta: Could you please fill in this form?
O que quer dizer: Você poderia preencher esse formulário?

O funcionário do hotel diz: Here is your key, your room number is 123.
O que quer dizer: Aqui está a chave, seu quarto é o 123.

Pedindo informações comuns nos hotéis:
Aqui listamos algumas perguntas que você pode querer fazer em inglês tanto para a pessoa na recepção como para outros funcionários do hotel.

Você pergunta: Is the breakfast included in the rate? Until what time it is served?
O que quer dizer: O café da manhã está incluído na diária? Até que horas ele é servido?

Você pergunta: Is the wi-fi free of charge?
O que quer dizer: O wi-fi é gratuito?

Você pergunta: What is the wi-fi password?
O que quer dizer: Qual é a senha do wi-fi?

Você pergunta: Where is the closest Walmart?
O que quer dizer: Onde fica o Walmart mais próximo? (e lembre-se que já te ensinamos a verificar onde é o Walmart mais próximo de você na matéria sobre este supermercado, que você encontra clicando aqui)

Você pergunta: Do you recommend a restaurant close to the hotel? We are looking for something good but not so expensive.
O que quer dizer: Você recomendo algum restaurante perto do hotel? Estamos buscando algo gostoso mas não muito caro.

Você pergunta: Could you call me a cab/taxi to Universal Studios?
O que quer dizer: Você poderia chamar um taxi para me levar ao Universal Studios?

Nos parques

universal studios orlando atracao simpsons inglês

Atração dos Simpsons no Universal Studios

Já falamos aqui no Vai Pra Disney, como os parques de Orlando, e principalmente os da Disney são preparados para receberem os brasileiros e fazer com que aproveitem muito bem o parque sem falar inglês (clique aqui se ainda não viu essa matéria), porém é importante saber o significado de algumas palavras muito encontradas:

  • Turnstiles = catracas
  • Fireworks = show de fogos
  • Parade = paradas / desfiles
  • Rollercoaster = montanha russa
  • Minimum height = altura mínima
  • Attraction = atração
  • Stand by (fila) = fila normal para entrar na atração (não é Fastpass+ ou Express)

É comum as pessoas também confundirem os horários, como por exemplo, se na entrada do Magic Kingdom você lê que naquele dia o parque fica aberto entre 9AM até 12AM, significa que ele ficará aberto entre as 9 da manhã e a meia noite daquele dia. Muitas pessoas acham que 12AM é meio dia, mas é meia noite. Meio dia é 12PM)

Outra coisa importante é saber ler as placas de avisos que ficam fora de cada atração. Em geral elas trazem uma pequena descrição do que se passa dentro do brinquedo, além de recomendações de segurança e de quem deve evitar entrar na na atração.
É claro se você não fala inglês, nós não esperamos que você vai sair entendo tudo que está nas placas, mas como todos os parques possuem wi-fi, você pode tentar traduzir as placas de uma atração ou outra que queira mais informação. Além disso, não se esqueça que nos roteiros do Vai pra Disney você já encontra uma breve descrição das atrações que podem te ajudar a entender a proposta de cada uma delas antes de entrar na fila.

Como exemplo, destaco abaixo algumas informações em inglês da placa da Tower of Terror que fica no Hollywood Studios:

Placa em inglês na frente da Tower of Terror

Placa em inglês na frente da Tower of Terror

  • O Twilight Zone Tower of Terror traz uma queda em alta velocidade.
  • Para a sua segurança, você deve estar com boas condições de saúde, livre de pressão alta, problemas cardíacos, nas costas ou no pescoço, além de outras condições que possam ser agravadas pela queda.
  • Gestantes não devem entrar na atração.
  • Supervisione as crianças durante todo o tempo.
  • Pessoas que não atingem a altura mínima, não devem entrar.
  • Cadeirantes podem entrar, porém devem ser transferidos da cadeira de rodas para o carrinho da atração.

É obvio que eu peguei um caso de uma atração mais radical, mas acho recomendável olhar as restrições antes de entrar em qualquer brinquedo mais “aventureira”. Para saber mais sobre as restrições das atrações para as crianças, clique aqui.

Nos restaurantes

Garden Grill no Epcot: restaurante no estilo Family Style em inglês

Garden Grill no Epcot: restaurante no estilo Family Style em inglês

Acho que o restaurante é um dos locais mais fáceis de se virar sem inglês, pois já estamos familiarizados com diversos termos por conta do contato com as cadeias fastfoods que já estão no Brasil há muitos anos. Além disso, muitos restaurantes têm funcionários que falam português ou espanhol, ou ainda possuem cardápio com fotos. De qualquer forma, listei aqui alguns dos termos que acho fundamentais você ter em mente para quebrar o galho na hora de comunicar nos restaurantes.

  • Reservation = reserva (veja como fazer a sua nos restaurantes da Disney clicando aqui)
  • Check = conta. Se você falar “bill” eles também vão entender que é a conta, mas check é a forma mais educada. Basta dizer “the check, please
  • Tip ou gratuity = gorjeta.
  • Change = troco.
  • Family style = restaurantes que trazem diversas travessas de comida para a mesa para você se servir. Igualzinho a almoço em família, sabe? Em geral eles repões essas travessas de comida quantas vezes você quiser. O Garden Grill que já falamos aqui é um exemplo de restaurante family style.
  • Buffet = igual aos buffets do Brasil. Há uma ilha de comida onde você pode se servir do que quiser, quantas vezes quiser.
  • All you can eat = restaurantes onde você pode comer à vontade. Os buffets e os restaurantes family style costumam ser “all you can eat”.
  • Table service = restaurante a la carte.
  • Quick service ou counter service = restaurante do “estilo fast food”, ou com o “serviço” no balcão. Vale dizer que só porque um restaurante é quick service, não significa que ele só serve hambúrguer viu? Clique aqui para ver muitas outras opções de comida saudável em restaurantes fastfoods dos parques da Disney.
  • Waiter/Waitress = garçom/garçonete.

Nos EUA, você quase sempre deve esperar na porta do restaurante uma pessoa vir te receber e te levar até a mesa. Mesmo que ela demore um pouco e o restaurante esteja vazio. Dai é só mandar um “table for two” (ou o número de pessoas que tiver no seu grupo) que o host ou a hostess vai te levar até uma mesa do seu tamanho.

Muita gente também nos pergunta sobre como fazer o pedido em inglês, então aqui vale também trazer alguns termos comuns nos cardápios. O pedido sempre começa com “I would like to order a….” e dai é só falar o nome do prato. Itens mais frequentes:

  • Appetizer = entrada, petisco, aperitivo.
  • Entrée = apesar de não parecer pelo jeito de escrever, é o prato principal.
  • Dessert = sobremesa.
  • Chicken = frango.
  • Fish = peixe.
  • Shrimp/prawn = camarão.
  • Sea food = frutos do mar.
  • Beef = carne bovina.
  • Pork = carne suína.
  • French fries = batatinha frita.
  • Mashed potatos = purê de batatas.
  • Garlic = alho.
  • Onion = cebola.
  • Soda (lê-se sou-da) = refrigerante.
  • Juice = suco. “Orange Juice” é suco de laranja, “apple Juice” é suco de maçã. Estes são os mais comuns.
  • Water = água (que pode ser still = sem gás ou sparkling = com gás).
  • Tap Water = água da pia, que lá nos EUA é potável e é de graça.
  • Gluten free = sem glúten.
  • Allergic = alergia.
  • Nut = noz (todos os derivados).

Outra coisa importante de saber é o ponto da carne em inglês. Sempre que você pedir algum tipo de carne vermelha, o garçom provavelmente vai disparar um “how would you like it done/cooked?“, que é algo “qual é o ponto da carne“. Sua resposta pode ser:

  • Well done = bem passada.
  • Medium well = ponto pra mais.
  • Medium = ao ponto.
  • Rare = mal passada.
  • Extra rare = super mal passada.

Vale dizer que o ao ponto da maioria dos restaurante dos EUA equivale ao mal passado do brasileiro.

Você também vai perceber que nos EUA existem alguns costumes diferentes. Por exemplo, boa parte dos restaurantes não cobra pelo couvert, então aproveite o pão com manteiga se a grana tiver curta. Outro costume local, principalmente dos restaurantes mais tradicionais, como os dinners, é receber a conta enquanto está comendo. Sempre achei isso uma grosseria, mas na realidade é algo muito comum nos EUA, e não significa que o garçom está te expulsando dali não. E fique a vontade para pedir mais coisa se achar necessário, pois eles levam a conta de volta e trazem uma nova com outro valor.

Por fim, vale a lembrar de que nos EUA, é muito importante deixar gorjeta no final da refeição pois ela não está inclusa no valor da conta como fazem aqui no Brasil. Sim, eu sei que a gorjeta de lá é maior do que aqui, sempre entre 18 e 20% sobre o total da conta. Isso porque por lá os salários dos garçons ficam abaixo do salário mínimo do estado, então eles contam com a gorjeta. Existem três maneiras de pagar sua gorjeta, sempre depois de pagar a conta:

  • Se for pagar em dinheiro e tiver troco: espere o garçom retornar com o seu troco e deixe em cima da conta/mesa o valor da gorjeta.
  • Se for pagar em dinheiro e contando com a gorjeta, você não precisará de troco: deixe todo o dinheiro com a conta e diga que não precisa de troco (algo como “keep the change” em inglês).
  • Se for pagar com cartão: quando ele trouxer a conta de volta para você assinar, é só escrever o valor que quer deixar de gorjeta em um campo escrito “tip” que vem logo acima da linha da assinatura.

O que eu faço em Orlando é sempre multiplicar por 3 o valor do imposto (tax), que na Flórida é de 6,5%. Depois arredondo pra cima ou pra baixo. Quando estou em Nova York por exemplo, multiplico por 2, pois o imposto por lá é maior.

No shopping

Como já contei aí em cima, a Rê se virava sozinha nas compras nos EUA desde pequena usando uma frase em inglês que a mãe dela a ensinou: How much is this?. Talvez essa seja uma das frases mais ouvidas nos shoppings e outlets de Orlando e significa “quando custa isso?”. Pra que mais né? Basta você apontar para o produto que deseja saber o preço e perguntar essa frase coringa.

Mais uma vez, nas compras o inglês não faz uma falta tremenda hoje em dia, até porque muitos lojistas já sacaram que precisam aprender português e espanhol para continuarem vendendo. De qualquer forma, listei alguns termos e perguntas importantes de você ter em mente na hora das compras:

  • S / Small = é o equivalente ao P / pequeno no Brasil.
  • M / Medium = é o M / médio.
  • L / Large = é o equivalente ao G / grande no Brasil.
  • Size = tamanho.
  • E basta colocar um X antes do S ou do L para ser PP (XS), ou GG (XL), ou GGG (XXL), ou ainda GGGG (XXXL).

Vale lembrar que nem todos os tamanhos de roupas e calçados se limitam aos tamanhos em inglês listados acima. Por isso, não deixe de ver a nossa matéria sobre conversão de unidades na hora de comprar as roupas, clicando aqui.

Outros termos/frases importantes:

  • Cupons = cupons de desconto. Se fala igualzinho em português, então não deixe de usar como ensinamos aqui.
  • How much is this? = quanto custa isso?
  • Do you have this in size __? = Você tem isso no tamanho __? Aí lógico, você completa com o tamanho que quer.
  • Do you have this in blue? = Você tem isso em azul? (ou outra cor que você queira).
  • Where is the fitting room? = Onde fica o provador?

Atenção nas placas!
É fundamental você ler muito bem as plaquinhas das promoções para não levar susto no caixa. Uma pegadinha clássica é a das placas em inglês dizendo “ALL ITEMS AT 50% OFF“, que significa “todos os itens com 50% de desconto“. Porém, nas letras menores que vinha escrito explicavam que o desconto é somente no segundo item comprado, ou seja, o primeiro era cobrado sem desconto.
Por isso, leia tudo muito bem e pergunte sempre.

Como vocês podem ver, não é tão difícil se virar. Espero que esse guia seja útil para quem não domina o inglês e quer aproveitar tudo na viagem para os EUA. Com algumas frases simples já fica bem mais fácil se virar por lá! E lembre-se, se tiver dúvidas de inglês, recomendo mais uma vez que use o Google Tradutor (em vez de perguntar nos comentários).



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.