Parques

Roteiro – Kennedy Space Center

Kennedy Space Center - parque da NASA em Orlando na Flórida

O Kennedy Space Center é muitas vezes conhecido como ‘parque da NASA’ ou ainda como Cabo Canaveral, que é a cidade onde está baseado, mas independente da maneira que você o chama, ele é sem dúvida uma parada obrigatória para os fãs de ciência espacial.

Entrada do Kennedy Space Center, que fica no Cabo Canaveral

Entrada do Kennedy Space Center, que fica no Cabo Canaveral

Eu tinha 7 anos na primeira vez que eu fui ao Kennedy Space Center e até hoje me lembro da sensação de entrar em uma capsula espacial de verdade. Desde então o parque se transformou e na minha opinião, ele se assemelha muito mais a um museu interativo a céu aberto do que a um parque de diversões propriamente dito. Se você for com essa mentalidade, vai aproveitar mais do que chegar com a expectativa de encontrar montanhas russas e shows.

Eu com 7 anos visitando o KSC pela primeira vez, junto com meu irmão e com a minha prima. Eu sou o único destemido mostrando o rosto

Eu com 7 anos visitando o KSC pela primeira vez, junto com meu irmão e com a minha prima. Eu sou o único destemido mostrando o rosto

O “parque” Kennedy Space Center é uma pequena parte do complexo da NASA, a agência espacial americana, que também administra outros prédios e estruturas na Ilha Merritt, incluindo a famosa base de lançamento de foguetes e ônibus espaciais. A base de lançamento não pode ser diretamente acessada pelos visitantes, mas do parque, eles oferecem tours guiados dentro de ônibus do complexo.

Recomendo o Kennedy Space Center para aqueles que, como disse acima, curtem ciência especial e se fascinam ao ver um foguete partindo para o espaço. Além disso, acho um programa diferente para aqueles que irão viajar por mais tempo por Orlando e têm dias de sobra depois dos parques mais tradicionais e das compras.

Clique aqui para abrir o mapa do parque enquanto lê o roteiro.
– Se quiser fazer o download deste roteiro para imprimir depois, clique aqui

DICAS GERAIS SOBRE O KENNEDY SPACE CENTER:

  • Dirigindo para Kennedy Space Center: o parque fica a aproximadamente 1 hora de Orlando e pode ser acessado pela SR 528, sentido Leste (east). São 4 pedágios na ida e na volta, por isso leve moedas e dinheiro trocado. Todos os pedágios do caminho aceitam dinheiro/moedas para pagamento. Clique aqui para saber mais sobre como dirigir em Orlando e redondezas e clique aqui para saber mais sobre os pedágios na Flórida.
Cape Canaveral, entre 45 e 60 minutos de distância de Orlando

Cape Canaveral, entre 45 e 60 minutos de distância de Orlando

  • Aviso para os sem carro: não existe transporte público entre Orlando e o Kennedy Space Center, então quem estiver sem carro na cidade, terá que usar taxi (que deve sair por volta de $400 dólares ida e volta!!!!) ou contratar alguma empresa de transporte avulso.
  • Alternativa para os dias de chuva: como a Re já explicou nesse outro post, o Kennedy Space Center é uma boa opção para os dias em que a previsão do tempo aponta chuva por longas horas. Como quase todas as atrações ficam em ambientes fechados, quase tudo continua funcionando mesmo debaixo de chuva e raios.
  • Rota dentro do parque: diferente de todos os outros parques de Orlando, o Kennedy Space Center não é dividido em regiões (as chamadas “lands”) e por isso não há ordem ideal para conhecer o parque. Ao invés de planejar um roteiro, programe o seu dia de acordo com os horários dos filmes e apresentações que você quer assistir.
  • Ingressos: os ingressos para o Kennedy Space Center podem ser comprados na bilheteria mais podem ser encontrados com descontos na compra antecipada, como explicamos aqui.
  • Estacionamento: para quem vai de carro, o estacionamento no parque custa US$10 por veículo.

ROTEIRO DO KENNEDY SPACE CENTER

 

icone-mickey-imperdiveis IMPERDÍVEIS (na ordem a partir da entrada do parque)

  • Early Space Exploration: nesse pavilhão que fica logo ao lado da entrada do parque, você vai conhecer um pouco sobre a história da exploração espacial. Desde os primeiros projetos para sondas espaciais, até as gigantescas salas de controle que foram responsáveis por importantes lançamentos de foguetes. O estilo do pavilhão é o de um museu, com muitos itens em exibição e bastante texto para ler – em inglês somente – muito focado na missão Mercury da NASA.
Early Space Center, um museu de ciência espacial

Early Space Center, um museu de ciência espacial

Re posando em frente a uma réplica da sala de controle da missão Mercury

Re posando em frente a uma réplica da sala de controle da missão Mercury

  • Rocket Garden: aqui é o ponto para as fotos e selfies. Como o nome já diz, é um jardim de de importantes foguetes da história a céu aberto. É claro que são todas réplicas, mas é impressionante a fidelidade com que reproduziram e qualquer um se assusta com a altura de alguns deles. O maior, o Titan II, tem mais de 33 metros de altura.
Jardim dos foguetes na entrada do Kennedy Space Center

Jardim dos foguetes na entrada do Kennedy Space Center

  • IMAX Theaters: muita gente já experimentou os cinemas IMAX por aqui no Brasil, mas quem ainda nunca teve a chance, poderá ter a sensação de ver um filme em 3D em uma tela gigantesca lá no Kennedy Space Center. São dois filmes atualmente em exibição, de 45 minutos cada: o Hubble, que conta a história do famoso telescópio espacial, que está no espaço desde 1990 enviando imagens para cá. O filme é narrado pelo Leonardo DiCaprio e é o meu favorito entre os dois exibidos ali. O outro é o Journey To Space que conta os planos futuros da NASA. Qualquer um que você escolha, tenho certeza que vai curtir a experiência de ver um filme 3D em uma tela de 5 andares de altura. Vale dizer: os filmes são em inglês e não são legendados. Além disso, não deixe para chegar em cima da hora pois eles lotam mesmo, então garanta que você vai entrar na fila pelo menos 20 minutos antes da seção. Dai é só curtir a pipoca 🙂
IMAX: cinema gigante no Kennedy Space Center

IMAX: cinema gigante no Kennedy Space Center

  • Altantis: Space Shuttle: outro museu, dessa vez mais interativo que o primeiro, no Atlantis você começa sendo apresentado a idéia dos ‘ônibus espaciais’ em um filminho meio chato. Depois, algo acontece (surpresa?) e você está no meio de um galpão gigantesco onde no centro, está o ônibus espacial Atlantis. É realmente impactante o momento em que você se depara com o ônibus espacial (e rende muitas fotos!). Nesse espaço existem várias salinhas com exposições de itens reais usados nas missões, réplicas e até mesmo uma pedrinha que veio da Lua. São mais de 60 mini atrações interativas, que vão desde um escorregador, até uns playground que imitam uma estação espacial.
Atlantis, visto nessa posição somente pelos astronautas no espaço

Atlantis, visto nessa posição somente pelos astronautas no espaço

  • Shuttle Launch Experience: essa é a atração mais divertida e que mais se assemelha às atrações dos parques temáticos de Orlando. Nela, você entra em um simulador e participa de um lançamento de um ônibus espacial. Você realmente sente a pressão, então prepare-se para tremer bastante. Eles avisam antes que a atração não é recomendada para quem tem sensibilidade, mas mesmo assim vimos muitas crianças e idosos por lá curtindo numa boa. Para essa atração, a altura mínima exigida é de 1,11m. Como é a atração mais popular do parque, prepare-se para encontrar filas grandes durante o dia, por isso, vale considerar ir nela logo de manhã cedo ou no final do dia. Como vão muitas pessoas por vez, no final a espera não é tão longa assim.
  • Kennedy Space Center Bus Tours: Apollo/Saturn V Center: por ser longo, esse tour eu recomendo fazer assim que entrar no parque ou como última atração, que é o que a Re e eu escolhemos fazer na nossa mais recente visita ao Kennedy Space Center. Em ônibus que saem de dentro do parque, você é levado a um outro prédio da NASA onde aconteceu o lançamento do Apollo 11, que levou o homem a lua em 1969. Lá, você vai poder conhecer as bases de lançamento da NASA, passar por alguns outros prédios e instalações da agência e até tocar em uma pedra lunar autentica (pelo menos de acordo com o parque! hehe). O passeio no ônibus demora uns 45 minutos, e durante todo o trajeto o motorista vai dando informações sobre a história do local (e sobre os muitos jacarés que existem ali). Ao chegar no prédio do Apollo/Saturn V Center você encontra também uma opção de restaurante, o Moon Rock Café. Nesse mesmo prédio você encontra também artefatos da nave Apollo, como medalhes, protótipos e roupas usadas na missão, e o maior foguete da história: o Saturn V. O passeio todo demora pelo menos 1:30h, e o parque recomenda explorar o prédio por 2 ou 3 horas, o que eu acho muito. Por isso que eu recomendo fazer esse tour como a primeira ou a última atração no Kennedy Space Center, mas não depois das 14h que é quando partem os últimos ônibus.
Ônibus do Kennedy Space Center em direção ao tour pela NASA

Ônibus do Kennedy Space Center em direção ao tour pela NASA

icone-mickey-se-sobrar-tempo SE SOBRAR TEMPO (na ordem a partir da entrada do parque)

  • Astronaut Encounter: neste espaço acontecem diariamente encontro com astronautas que são veteranos da NASA e já trabalharam em missões espaciais da agência. Nele, todos podem fazer perguntar, tirar fotos e conhecer um pouco mais da experiência de cada um lá no espaço. Eu acho uma experiência única, mas a coloco no “se sobrar tempo” pois como toda a experiência é feita em inglês e pode levar até 1 hora, nem todo mundo vai querer participar. Se for do seu estilo, confira a programação dos astronautas que irão aparecer nos próximos meses clicando aqui. Quem ainda quiser, pode adicionar a opção de almoçar com o astronauta por um pouco mais de $25 dólares.
Encontrando e conversando com astronautas de verdade

Encontrando e conversando com astronautas de verdade

  • Heroes and Legends: essa atração é um filme 3D em pé em que vários pioneiros da NASA contam suas histórias. Tem um visual legalzinho (apesar de já mostrar sinais de não ser tão atual), mas não é nada imperdível. A parte mais legal é o Hall da Fama na saída, onde você pode ver um retrato de todos os astronautas da história da NASA.
  • Journey To Mars: Explorers Wanted: outro tipo de museu com aquelas atrações interativas, como mini games e alguns cenários para fotos. É divertida e as crianças (assim como eu!) adoram passar horas brincando por ali, só não vale investir muito tempo.
Robô espacial que explorou Marte

Robô espacial que explorou Marte

Re super compenetrada no museu #sqn

Re super compenetrada no museu #sqn

  • Astronaut Memorial: esse museu fica fora do parque, na entrada da ilha Merritt, ainda no continente. Como o nome já diz, é um memorial a todos os astronautas da NASA, mas principalmente aqueles que morreram em missões da agência espacial. Como todo memorial, é algo que atraí pouco as crianças e os jovens, mas pode ser muito interessante a alguns – eu não curti.

icone-mickey-naorecomendo NÃO VALE A PENA (na ordem a partir da entrada do parque)

  • Children’s Play Dome: nada além de um playground comum, que em geral é utilizado como refúgio para as crianças pequenas enquanto o resto do grupo aproveita o parque.
  • Nature and Technology: pra mim, essa é a área mais avessa ao resto do parque. É um museu muito pequeno que conta a história da ilha Merritt além de exibir a fauna e flora da região. O que isso tem a ver com ciência espacial eu não entendi, mas pode ser legalzinho ver os diferentes tipos de animais que existem na região.
A parte mais nada a ver do Kennedy Space Center. Arrependi de ter entrado

A parte mais nada a ver do Kennedy Space Center. Arrependi de ter entrado

Por que isso minha gente?

Por que isso minha gente?

icone-food-tip FOOD TIP: o parque é pequeno e são poucas as opções de comida pelo Kennedy Space Center. A maior parte delas, com gosto de comida semi pronta/congelada, mas um lugar que provamos e gostamos foi o Orbit Cafe, que deve ser a maior lanchonete do parque. Lá você encontra opções tradicionais, como cheeseburguer e hotdog, e alternativas, como sanduíches mais saudáveis e um cardápio bem completo de saladas – você consegue até montar a sua própria.

icone-food-tip FOOD TIP 2: outra opção é o Moon Rock Café, que já foi citado lá em cima. Depois do Kennedy Space Center Bus Tour, você tem a opção de comer nessa lanchonete que, assim como o Orbit, não revoluciona muito. Lá você encontra sanduíches mais saudáveis e hambúrgueres, além de pizza. Não é nada de diferente, mas o maior diferencial é a vista, porque você pode comer vendo a espaçonave Apollo.

Orbit Cafe no Kennedy Space Center

Orbit Cafe no Kennedy Space Center

icone-compras DICAS DE COMPRAS: existem vários souvenirs legais para se comprar no Kennedy Space Center, que vão desde os chaveiros, aos modelos de foguetes e ônibus espaciais. O meu favorito? Um macacão oficial da NASA como o dos astronautas …. é pra uma festa a fantasia sabe?…. todo mundo precisa de um sabe? ….. não devo explicações para ninguém!

Eu que curto muito aviação, comprei esse modelo para se juntar aos meus aviões

Eu que curto muito aviação, comprei esse modelo para se juntar aos meus aviões

Há! Duvido que você não quer um macacão desses?

Há! Duvido que você não quer um macacão desses?

O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.