Preparativos

Como ir de Miami a Orlando de ônibus?

O número de brasileiros que visitam a Flórida todos os anos continua alto, mesmo com a crise que o Brasil vem passando. Mas se por um lado as pessoas não deixaram de viajar, por outro, procuram economizar mais durante a viagem. Um dos itens que acabou sendo cortado da viagem de muitas famílias é o aluguel de carro. Além disso, as vezes uma passagem aérea até Miami, acaba sendo mais barata do que até Orlando, então ir até Miami, pode valer mais a pena.

Como a maior parte dos hotéis de Orlando oferece transporte gratuito para alguns parques, os turistas começaram a deixar de alugar carro em suas viagens e contratar transfers (clique aqui para saber sobre a nossa experiência e recomendações) e ônibus dos hotéis.

Um trecho que ainda acabava sendo um pouco mais complicado é o entre Orlando e Miami, que muitas vezes fazem parte dos roteiros de viagem dos brasileiros. E uma ótima opção para conectar as duas cidades é utilizando ônibus fretados, pelo menos até que o trem bala que ligue as duas cidades, o Brightline, fique pronto dentro de alguns anos.

Ônibus fretado que fomos de Orlando para Miami

Ônibus fretado que fomos de Orlando para Miami

Em uma das nossas últimas viagens, tínhamos o voo de volta para o Brasil partindo de Miami, então decidimos sair de Orlando de ônibus para poder relatar aqui no blog, como foi a nossa experiência.

A escolha da empresa de ônibus entre Orlando e Miami

São várias as empresas de ônibus fretados, que têm linhas entre Orlando e Miami, principalmente, ligando os aeroportos das duas cidades. Pesquisamos muito mesmo, e acabamos decidindo por uma empresa chamada RedCoach que oferecia algumas vantagens matadoras, na nossa opinião:

  • A reserva e pagamento poderia ser feita online, o que é uma ótima saída pra você não ter que ficar se preocupando com dinheiro, na hora que já tem que lidar com malas, documentos, horários de voôs, crianças, etc.
  • Eles nos buscariam direto no nosso hotel dentro da Disney, e fazem isso em centenas de outros pontos em Orlando. Ou seja, já era uma baita economia para não ter que pegar um Uber ou um taxi até a rodoviária.
  • A franquia de bagagem é a mesma da cia aérea, ou seja, 2 malas grandes e 1 de mão. O que diferente de muitas outras empresas de transporte, me fez economizar em valor de bagagem em mais esse trecho.
  • Wi-Fi e sistema de entretenimento (filmes e séries), DE GRAÇA!

Enfim, na pesquisa que eu fiz, eles me pareceram super profissionais e ofereciam exatamente aquilo o que eu precisava, por um preço amigo: paguei US$26 dólares entre Orlando e o aeroporto de Miami – no dia e horário que eu precisava. É evidente que cada dia, época e horário vão variar de preço.

A compra das passagens pela internet

Entrei no site da RedCoach 1 mês antes da viagem e escolhi o melhor horário do ônibus saindo do meu hotel. Por ter escolhido o hotel e não a estação da RedCoach em Orlando, a passagem incluiu uma van/shuttle que me buscou no hotel e me levou até a estação para pegar o ônibus maior, rumo a Miami (é pago um adicional por essa van, o valor final da passagem é menor se você optar apenas pelo trecho estação-Miami).

De qualquer modo, pesquisando no site alguns dias antes da viagem, pude ver que havia disponibilidade na maioria dos horários.

O processo no site é simples, e tive que selecionar como origem o meu hotel, dentro de Walt Disney Resorts, além da data de partida. Se você quiser, ainda pode selecionar algum outro hotel ou ponto na cidade de destino para que uma outra van na chegada, te leve até onde você quer chegar. É realmente muito prático, e se o seu hotel ou o local onde você quer ir, não tiver na lista, basta ligar ou enviar um e-mail pra eles, que eles te respondem confirmando se vão poder te buscar/levar e quanto irá custar – e isso incluí o porto de Miami, para quem estiver partindo em um cruzeiro.

Escolhido o horário, você vai poder decidir o lugar onde irá sentar no ônibus e em cada um dos shuttles, se você for usar algum. O lugar é respeitado na hora do embarque e você deve se atentar para não sentar no lugar de alguma outra pessoa. Depois de colocar alguns dados como Nome e e-mail, você vai poder pagar usando um cartão de crédito internacional.

O preço da passagem varia de acordo com o horário e com o ônibus que fará o trecho em cada horário. Em alguns dias e horários, o transporte é do tipo “leito” e outros de “semi-leito”, que os americanos chamam de “first class” e “business class” respectivamente.

O embarque e a viagem com a RedCoach

Fiquei na porta do meu hotel e na hora combinada estacionou uma van preta, com um motorista que perguntou se eu era o passageiro que estava indo para o aeroporto de Miami. Ele pegou minhas malas e colocou no porta malas – no fim da viagem, eu dei 2 dólares de gorjeta para ele, o que é esperado nos EUA já que ele carregou minhas malas. Como eu estava em um hotel da Disney, ficamos esperando no mesmo local onde outras pessoas estavam aguardando o Disney Magical Express.

Shuttle da RedCoach me buscando no All Star da Disney

Shuttle da RedCoach me buscando no All Star da Disney

De lá, fomos direto para a estação da RedCoach, que fica numa espécie de “mall”, meio beira de estrada. O local é tranquilo e seguro, mas não é cheio de gente, então a noite poderia me parecer um pouco ermo demais. Lá, fiquei uns 20 minutos esperando o ônibus, em uma sala com TV, Wi-Fi e algumas máquinas de salgadinhos e refrigerantes, além de banheiros. Logo o ônibus chegou e embarquei sentando no local reservado anteriormente pelo site.

Estação da RedCoach em Orlando. Wi-Fi de graça enquanto esperávamos o ônibus

Estação da RedCoach em Orlando. Wi-Fi de graça enquanto esperávamos o ônibus

O banco era de couro, super confortável e tinha até tomadas para ir carregando o celular, que nessa altura já estava com 30% de bateria rs 🙂

Interessante notar que o ônibus tinha um layout 1-2, ou seja, uma fileira com apenas 1 assento, e a outra fileira com 2 assentos lado a lado. Isso é particularmente excelente para quem viaja sozinho e não quer sentar do lado de alguém que não conhece – ah se o Cometão que eu pegava semanalmente entre São Paulo e Campinas fosse assim hehe

Fileira com 1 assento dentro do ônibus que me levou até Miami

Fileira com 1 assento dentro do ônibus que me levou até Miami

Nesse horário, o ônibus fez apenas 2 paradas super rápidas, de 5 minutos cada. Em alguns outros horários, o ônibus chega a fazer até 4 paradas, mas isso você pode ver antes de comprar a passagem no site da RedCoach. O tempo total de viagem, desconsiderando as paradas e o possível trânsito, é de 3 horas e 55 minutos.

Como conseguir descontos comprando com a RedCoach

Quando estava escrevendo esse post, enviei um e-mail pra empresa dizendo que tínhamos usado o transporte deles e iríamos escrever sobre nossa experiência no VPD. Daí o pessoal da RedCoach respondeu, super simpáticos, oferecendo um cupom de desconto para os leitores do Vai Pra Disney.

Na hora de fazer o pagamento da passagem, no site da RedCoach, você poderá colocar o seguinte código promocional: VAIPRA2019. Com esse código, você irá usufruir:

  • 10% de desconto em cada passagem só usando o código VAIPRA2019
  • Esse desconto é válido para viagens até 31 de dezembro de 2019 (exceto para as seguintes datas: 1, 10, 15 e 24 de Março, 30 de Agosto, 2 de Setembro,: 26 e 27 de Novembro, 1 de Dezembro)
  • Desconto em grupo: de 20 a 40% para 2 ou mais passageiros, conectando Orlando e Miami, nos dois sentidos.
  • Comprar uma passagem de ida e volta, sai mais barato do que comprar duas passagens separadas, uma da ida e a outra da volta.
  • 15% de desconto para crianças de 12 anos ou menos, viajando com um adulto pagante.
  • Crianças de até 2 anos, viajam de graça no colo dos pais/adultos.

Para comprar com a RedCoach, clique aqui e veja os preços das passagens para os dias e horários que você quiser.

Vale a pena ir de ônibus?

Como tudo na vida, ir de ônibus tem seus prós e contras. Se por um lado você economiza muito pois o preço da passagem sai bem em conta, por outro você acaba tendo menos conforto do que indo de carro, utilizando um transfer privado ou indo de avião – lembre-se que a viagem entre Miami e Orlando é relativamente longa e monótona.

Tomada e Wi-Fi dentro do ônibus até Miami. A viagem fica bem menos monótona.

Tomada e Wi-Fi dentro do ônibus até Miami. A viagem fica bem menos monótona.

Além disso, como já explicamos nesse outro post, dependendo do tamanho do seu grupo, vale mais a pena contratar um transfer privado e pagar uma tarifa única, do que comprar passagens para cada um.

Isso dito, nossa experiência indo de ônibus de Orlando para Miami, foi super positiva e se precisarmos no futuro, sem dúvida utilizaríamos novamente a RedCoach para esse trecho.

Dica extra: pegamos bastante trânsito na entrada de Miami, então não recomendo comprar com um horário muito apertado entre a chegada no aeroporto e seu vôo (eu comprei uma passagem que me permitia chegar 4 horas antes no aeroporto, com o atraso cheguei 3:30 antes, deu certinho), pois Miami como toda boa cidade grande, tem sempre muito trânsito! 🙂 No meu ponto final (aeroporto) o motorista parou já nos terminais de embarque/check-in então não tive que andar muito por lá com as malas.

E você? Já utilizou ônibus fretado dentro da Flórida? Conte para nós como foi a sua experiência na caixa de comentários abaixo.



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.