Comida

Outback Steakhouse em Orlando: vale a pena?

O Outback é hoje um restaurante super conhecido e amado no Brasil. Ele pega no fraco dos nossos corações, com pratos deliciosos cheios de queijo, batata, bacon, fritura e sobremesas incríveis. Não é a toa que sempre tem filas intermináveis!

Entrada do Outback em Orlando. As unidades diferem um pouco, a que eu mais gosto fica perto do Premium da Vineland.

Entrada do Outback em Orlando. As unidades diferem um pouco, a que eu mais gosto fica perto do Premium da Vineland.

A boa notícia é que nos Estados Unidos, o alvoroço todo é bem menor e o Outback é mais um dentre tantos restaurantes de estilo similar – o que significa menos filas. É claro que o cardápio não é exatamente igual ao do Brasil e por isso resolvi que era hora de fazer uma avaliação desse clássico aqui no VPD.

Afinal, eu não preciso apresentar o Outback para muita gente! Mas apresentar as diferenças e o que vale ou não a pena na sua versão americana, pode ser interessante. Assim você pode avaliar se ele merece ou não um espacinho nas suas férias.

Para mim esta é e sempre será a melhor pedida do Outback! Não tem como ser melhor!

Para mim esta é e sempre será a melhor pedida do Outback! Não tem como ser melhor!

Como é o Outback de Orlando

É exatamente o mesmo estilo do ambiente do Outback do Brasil. No passado, o Outback dos Estados Unidos era bem mais podrinho e eu nem sei qual foi minha motivação para dar uma nova chance a esta casa, mas valeu a pena. Os espaços foram renovados para assumir o mesmo padrão que já segue no Brasil e está bem mais agradável.

Ele segue um ar australiano de mentirinha, que no fundo é bem mais americano do que qualquer outra coisa. Repleto de mesas largas de madeira e cabininhas com sofá, o clima do Outback é super informal (como no Brasil) e também bem barulhento. Chegando lá, você será recebido pelo (a) recepcionista e dificilmente vai enfrentar uma fila sequer similar a do Brasil!

Olhando por dentro, podia ser qualquer unidade do Brasil mesmo! É igualzinho.

Olhando por dentro, podia ser qualquer unidade do Brasil mesmo! É igualzinho.

Quem nunca ouviu “tem 75 mesinhas na sua frente” do recepcionista no Brasil não é? Nos EUA a fila do Outback é sempre muuuito menor. Eu peguei fila de 20 minutinhos no máximo mas quase sempre entro sem fila. Super ponto positivo para os EUA porque a parte mais chata do Outback no Brasil com certeza é a espera/disputa por uma mesa no bar.

Se tiver alguma espera, vai ser o esquema de sempre: pegar um pager e quando ele tocar, você entrega para o recepcionista que vai te apresentar a um outro funcionário que vai te levar até a sua mesa.

A principal diferente do ambiente quando comparado com o Brasil: é muito mais fácil ver o restaurante vazio em Orlando!

A principal diferença do ambiente quando comparado com o Brasil: é muito mais fácil ver o restaurante vazio em Orlando!

A comida do Outback de Orlando

O cardápio do Outback dos Estados Unidos não é igual ao do Brasil, e isso tem pontos positivos e negativos que vou falar mais já já. Apesar disso, os clássicos que fazem a fama da casa estão todos ali, então pode visitar sem medo.

A cebola custa 9 dólares vs. 48 reais no Brasil. Significativamente mais barato!

A cebola custa 9 dólares vs. 48 reais no Brasil. Significativamente mais barato!

Para começar, sempre tem o pãozinho, que aqui tem mais cara de que acabou de ser descongelado do que a versão brasileira. Apesar disso, o gosto é basicamente o mesmo. Não vejo sentido em ir ao Outback e não comer esse pãozinho. 🙂

O famoso pãozinho!

O famoso pãozinho!

Além dele, aqui você vai encontrar a famosa Aussie Cheese Fries (batata com queijo) em dois tamanhos: um igual e um menor do que o vendido no Brasil. A gente pediu a menor e ainda assim é bem servida! A amada cebola empanada e frita também não poderia faltar! No passado, eu não recomendaria esses pratos nos Estados Unidos (aliás, não recomendaria o Outback inteiro) porque eram mais oleosos e menos caprichados do que no Brasil. O resultado não era bom.

Eu gosto mais da batata, mas não sou de dizer não para a cebola também não! :D

Eu gosto mais da batata, mas não sou de dizer não para a cebola também não! 😀

Felizmente, de uns anos para cá a coisa mudou de figura e a cozinha do Outback está cada vez mais padronizada (para o lado bom!). Nos últimos dois ou três anos, essas famosas entradas passaram a ser servidas de maneira similar a que encontramos no Brasil. A batata não é exatamente a mesma, mas é bem parecida, principalmente quando misturada com o queijo e molho ranch.  Acho que eu até gosto mais das versões americanas!

Há também outras entradas interessantes, típicas americanas, mas eu normalmente fico no clássico que justifica eu ir até o Outback em vez de tantas outras steakhouses dos Estados Unidos.

Qual você gosta mais?

Qual você gosta mais?

É no quesito prato principal e sobremesa que a gente encontra as maiores diferenças do Outback americano em comparação com o brasileiro. Se isso vai ser bom ou ruim, depende do seu gosto pessoal. Há mais opções de carnes (que não são baratas) em diferentes tamanhos. O Victoria’s Filet que eu adoro está lá! Já a costela de cordeiro que eu também adoro, só no Brasil mesmo.

Um dos pratos que dividimos: espeto de carne com manteiga de alho, acompanhado de legumes e purê de batata.

Um dos pratos que dividimos: espeto de carne com manteiga de alho, acompanhado de legumes e purê de batata.

Na verdade, há mais opções para os outros pratos principais também e tem muita coisa gostosa. Acho que a execução dos pratos dá uma pequena vantagem ao Outback do Brasil, mas em ambos os países a qualidade e sabor me agradam.

O cardápio americano traz ainda mais opções de carnes, nem tudo é igual no Brasil.

O cardápio americano traz ainda mais opções de carnes, nem tudo é igual no Brasil.

A batata recheada que acompanha muitos pratos, é deliciosa nos dois países mas eu prefiro a versão brasileira. Por mais que eu ame sour cream, requeijão será sempre muito melhor. Apesar disso, a versão americana tem um cardápio de batatas bem completo, ou seja, se não quiser a batata recheada (que é ótima, só não tão ótima como a brasileira que tem requeijão) há diversas outras opções de batatas (eu adoro o purê de lá), sem falar nos demais acompanhamentos.

Ótimo guia para você escolher o ponto da carne.

Ótimo guia para você escolher o ponto da carne.

Até aqui, tudo bem, mas se tem um ponto que o Outback do Brasil me agrada bem mais mesmo é a sobremesa. As opções são mais gostosas (não tem Cinnamon Oblivion no cardápio de Orlando!), os pratos que são iguais (como o brownie), são mais gostosos no Brasil e as opções adicionais da versão americana não nos impressionaram. Aqui, eu dispenso a sobremesa, o que no fundo é ótimo porque aguentar uma sobremesa depois da comilança de Outback é bem difícil mesmo.

O Chocolate Thunder do Brasil é mais gostoso e vem com muito mais cobertura!

O Chocolate Thunder do Brasil é mais gostoso e vem com muito mais cobertura!

Quanto ao preço, como sempre, depende do que você pedir mas de forma geral:

  • As entradas e sobremesas são de forma geral, mais baratas do que no Brasil.
  • As carnes tem preços similares ao do Brasil, enquanto os outros pratos também são um pouco mais baratos.
Sobremesa com carambelo e cookie de chocolate branco. Parecia mais gostosa do que realmente era.

Sobremesa com carambelo e cookie de chocolate branco. Parecia mais gostosa do que realmente era.

Cada família tem seu jeitinho próprio de comer no Outback, e o gasto vai acompanhar. Em geral a gente pede entrada, divide os pratos (as vezes em duas ou até três pessoas dependendo do prato), as vezes pede sobremesa, as vezes não pede. Com isso, gastamos quase 20 dólares por pessoa. Se você ficar só nas entradas, gasta super pouco! Se quiser prato para todos, gastará um pouco mais. 

O valor vai variar muito de acordo o seu pedido!

O valor vai variar muito de acordo o seu pedido!

Conclusão sobre o Outback de Orlando

A não ser que você seja muito fã do Outback e morra de preguiça das filas do Brasil, não vejo motivo para planejar antecipadamente uma visita a este restaurante durante a sua viagem já que não é tão diferente do que você vai encontrar no Brasil. Por outro lado, é sempre bom ter como uma carta na manga para quando você não sabe o que comer. É o tipo de restaurante que visito de forma não planejada mesmo.

Mais um pouco das sobremesas.

Mais um pouco das sobremesas.

Ali é a certeza de encontrar uma comida gostosa, nos padrões que você já conhece, apresentada de forma simples, farta e com preço dentro do esperado. Você pode sentir falta de uma coisa ou outra que encontra no Brasil, estranhar uma coisa ou outra no cardápio americano, mas dificilmente sairá decepcionado de lá. Afinal, Outback é sempre Outback e é uma delícia! 😀

Difícil é ficar com fome fazendo esse post e ter que se contentar com as opções da minha geladeira no momento, mas tudo bem! 😛 Espero que você possa aproveitar e depois não deixe de contar pra gente o que achou.

Nome: Outback Steakhouse
Endereço: 8195 Vineland Ave, Orlando, FL 32821 (Veja todas as lojas no Google Maps)
Telefone: +1 407-240-6857
Preço: US$10-25 por pessoa
Horário de Funcionamento: 11am-12am (meia noite)
Cardápio: clique aqui para ver o cardápio em inglês
Avaliação do VPD: Nota 3 de 5



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.