Viagem do Leitor

Indo para a Disney com bebês por Rogério

Muitos leitores nos perguntam como é viajar para Disney com bebês. Nos questionam sobre a dificuldade de se transitar nos parques, das preocupações relacionadas à alimentação e até se vale a pena levá-los a uma viagem para Orlando. Na “viagem” de hoje, o leitor Rogério Torres nos conta como foi viajar para a terra encantada com sua esposa Roberta e os filhos Pedro, de 10 anos e Carolina quando ela tinha apenas 8 meses. E ainda com um agravante: em Julho, o mês mais lotado do ano de Orlando.

Uma das coisas que eu achei mais legal lendo sobre a viagem da família do Rogério é como eles sempre encararam tudo com o maior bom humor e curtiram cada momento da viagem, algo que eu considero essencial tanto para quem viaja em julho como para quem viaja com criança pequena. As vezes a lotação, chuvas de verão ou mesmo o ritmo das crianças podem significar que uma atividade ou outra fique de fora da programação e quer saber? Tudo bem! Tanta coisa legal acontece na viagem, porque focar no que não deu para aproveitar, né? O Rogério conta como a chuva impediu que eles conhecessem parte das atrações da Universal e não teve neura com isso. Ficou sendo mais um motivo para voltar em breve. Esse é o espírito!

Nós adoramos ler sobre a experiência do e sua família e morremos de fofura com as fotos da Carolina nos parques. Espero que também aproveitem o roteiro que foi preparado pelo Rogério com muito carinho 🙂

Viajando para Disney com bebês

por Rogério Torres

Meu nome é Rogério, sou publicitário em SP-capital onde tenho minha empresa própria, mas moro em Jundiaí, tenho 41 anos, sou casado com a Roberta e temos o Pedro de 10 anos e a Carolina, hoje com de 1 ano e 5 meses. Antes de mais nada começamos agradecendo ao Vai Pra Disney (Felipe e a Renata) pela imensa contribuição dada com as dicas e os roteiros dos parques. Seguimos muita coisa a risca e realmente facilitou muito para definirmos uma programação que atendesse nossa família, que incluía um bebê de 8 meses na época. Além da programação, vale ressaltar que a organização e as facilidades que encontramos lá, também foram fundamentais para que tudo tivesse saído perfeito.

Família toda no Magic Kingdom

Família toda no Magic Kingdom

Pensando principalmente nas crianças (Pedro com 10 anos e a Carol com 8 meses na época da viagem), decidimos alugar uma casa, entendemos que desta forma não geraríamos uma mudança tão drástica no hábito deles, o que foi perfeito porque tínhamos total privacidade, tomávamos nosso café da manhã sozinhos, além disso a casa era totalmente equipada com máquina de lavar e secar roupa (quem tem criança, sabe a importância disso), lava louças, micro ondas, fogão, geladeira, sistema de ar condicionado em todos os cômodos, ofurô no quintal, tudo perfeito e sob medida.

"Quintal" da casa em que alugamos em Orlando. Tinha até Jacuzzi!

“Quintal” da casa em que alugamos em Orlando. Tinha até Jacuzzi!

Outra coisa que planejamos, foi que a maioria dos jantares deveriam ser feitos em casa, imaginamos que depois de um dia inteiro no parque e sob um calor bem intenso, estaríamos cansados e que seria muito puxado sair novamente para comer, seria um pouco desgastante para as crianças, sobretudo para a Carol que era muito pequena e precisava pelo menos à noite dar uma parada e descansar num ambiente mais tranquilo e silencioso. Isso foi muito importante e aconselhamos para quem vai com crianças muito pequenas.

Roberta e Carol na piscina do condomínio onde alugamos a casa.

Roberta e Carol na piscina do condomínio onde alugamos a casa.

No dia a dia nossa programação foi a seguinte :

Chegada: 18/07/14 – sexta-feira

Saída de Guarulhos às 10h30 e chegada Miami as 17h45 (horário de verão lá, no total foram 8h15 horas de vôo), retiramos o carro no aeroporto e fomos para Orlando no mesmo dia.

ADVERTÊNCIA: a viagem para Orlando é longa e se tornou muito cansativa depois das 8 horas de vôo e ainda por cima à noite. Os trâmites para desembarcarmos, pegarmos as bagagens, passarmos pela imigração e retirarmos o carro, demorou um pouco e por isso chegamos no condomínio por volta de 01h30. O ideal para quem vai de carro de Miami a Orlando é fazer isso depois de um bom descanso.

1º dia: 19/07/14 – sábado

  • Dia: de manhã descansamos da viagem e a tarde fomos às compras no Walmart, a loja é bem grande e por conta da dificuldade de encontrar os nosso produtos preferenciais, a compra foi demorada, mas muito divertida. Compramos um monte de coisas diferentes e gostosas que só encontramos por lá.
    Uma dica que podemos dar em relação aos hipermercados Walmart e Target, é que os marinheiros de primeira viagem comprem roupinhas básicas das crianças para bater no dia a dia, tipo : shortinhos, camisetinhas, bermudinhas, etc. Antes de irem aos outlets onde as compras são mais sofisticadas com produtos de marca, porque esse tipo de roupa para o dia-a-dia vale muito a pena, são boas, bonitas e baratas.
  • Noite: jantamos no restaurante T-Rex, que fica no Downtown Disney Marketplace. Havíamos agendado esse restaurante ainda no Brasil, é um espetáculo, cheio de efeitos especiais, muito bonito mesmo. Para quem pretende ir ao Downtown Disney, recomendamos que o façam com antecedência, pois o trafego à noite é intenso nos arredores e o estacionamento costuma ficar bem cheio, pelo menos o cenário era este no período que estivemos por lá, que era alta temporada.

2º dia: 20/07/14 – domingo

  • Dia: Animal Kingdom. Nosso primeiro brinquedo da viagem foi o Everest, bem radical, deu até uma traumatizada, porque não esperávamos tanta emoção logo de cara. Utilizamos o Fastpass+ e o Rider Switch, que quem não sabe do que se trata, pode encontrar a informação no Vai Pra Disney. Amamos o show do Rei Leão, o Kali River Rapids e o Kilimanjaro, tudo que havia sido recomendado no roteiro do VPD.
  • Noite: jantamos em casa.
O famoso 'tram', o trenzinho que te leva do estacionamento até a entrada dos parques.

O famoso ‘tram’, o trenzinho que te leva do estacionamento até a entrada dos parques. Olha a felicidade da Carol (não só dela!)

3º dia: 21/07/14 – segunda-feira

  • Dia: Islands of Adventure, um parque relativamente pequeno, mas com muitas atrações legais. Pude experimentar a atração do Harry Potter, que conforme havia lido no roteiro Vai Pra Disney, o encanto já começa na fila dentro do castelo. A área do Jurassic Park é muito bacana também. No final da tarde, quando nos dirigíamos para a área onde ficam o simulador do Homem Aranha e a Montanha do Hulk, caiu uma tremenda chuva de verão, até chegamos a esperar um pouco, mas não passou, aí tivemos que comprar daquelas capas e correr para o estacionamento, foi muito divertido, que saudades…rs. A vantagem é que na próxima ida certamente voltaremos neste parque para concluir as atrações que não conseguimos, além de repetir aquelas que gostamos.
  • Noite: jantamos em casa.
Jurassic Park no Islands of Adventure

Jurassic Park no Islands of Adventure

4º dia: 22/07/14 – terça-feira

  • Dia: Epcot. Tem gente que não liga para este parque, mas achamos um dos melhores, o lugar é lindo, tem várias atrações legais como o Soarin’ por exemplo, tem a loja da Coca-Cola onde pudemos tomar grátis refrigerantes de vários países e seguindo a dica do Felipe e da Renata, comemos no pavilhão da Noruega, numa padaria que é uma delícia. Seguindo a orientação do casal, brincamos no Maelstrom, brinquedo que foi fechado no final de 2014 pois será substituído por uma atração do Frozen em 2016.
  • Noite: jantamos em casa.
Refrigerantes do mundo todo sem precisar pagar nada.

Refrigerantes do mundo todo sem precisar pagar nada.

5º dia: 23/07/14 – quarta-feira

  • Dia: de manhã aproveitamos para descansar e dormir até mais tarde, depois fomos almoçar no restaurante Rainforest (Downtown Disney) e a tarde fomos às compras no Outlet Premium – Vineland. É imprescindível antes de embarcarem para os EUA, imprimirem nos sites dos shoppings e outlets os cupons de descontos, eles fazem muita diferença.
    Em relação ao trafego para acessar o Downtown Disney, de dia foi bem mais tranquilo, mesmo assim o estacionamento estava cheio, e portanto continua valendo a dica de sair com antecedência.
  • Noite: jantamos em casa

6º dia: 24/07/14 – quinta-feira

  • Dia: Magic Kingdom. Não temos nem palavras para descrever este dia, foi maravilhoso. Como a atração que mais queríamos curtir era o espetáculo Wishes, a famosa queima de fogos, optamos por chegar mais tarde no parque, para que tivéssemos gás para ficar até por volta das 22h/23h. Ah, neste caso também seguimos a recomendação do Vai Pra Disney e almoçamos um hot dog no Casey’s Corner.
    SUGESTÃO MAGIC KINGDOM: por ser um parque muito grande e cheio de atrações, acreditamos que o ideal seja visitá-lo em duas etapas, ou seja, dois dias diferentes, um dia chegando cedinho e aproveitando o máximo de brinquedos e outro chegando mais tarde focando na parada do Mickey à tarde e o Wishes à noite.
  • Noite: jantamos em casa
Carolzinha se divertindo muito no Buzz Lightyear no Magic Kingdom

Carolzinha se divertindo muito no Buzz Lightyear no Magic Kingdom

7º dia: 25/07/14 – sexta-feira

  • Dia: Universal Studios, a exemplo do Islands Of Adventure, o parque não é tão grande, mas tem atrações imperdíveis como o E.T.e MIB dentre outros. Achamos linda a área do City Walk, passagem obrigatória para entrar nos parques da Universal, e como fomos na sexta-feira, na saída do parque estava chegando um monte de gente bem arrumadinha para curtir a noite ali, que deve ser bem legal.
  • Noite: jantamos em casa.
No Harry Potter da Universal Studios.

No Harry Potter da Universal Studios.

Simpsons na Universal

Simpsons na Universal

8º dia: 26/07/14 – sábado

  • Dia: Sea World. Não dá para ir a Orlando e não assistir ao show da Shamu, porém o parque tem muitas outras atrações, até mesmo brinquedos radicais. Como nossas atrações eram mais amenas, gostamos muito do show com o Leão marinho, bem engraçado. No Sea World e Bush Gardens sugerimos experimentarem um sorvetinho diferente e super gostoso chamado Dippin Dots.
  • Noite: jantamos em casa.

9º dia: 27/07/14 – domingo

  • Dia: Bush Gardens. O parque é bem legal, muito bonito e tudo mais, porém tem um perfil mais radical e como estávamos com crianças, achamos que deveríamos ter optado por um parque aquático neste dia. Já era o sétimo parque, Tampa é longinho… se tivéssemos ido a um aquático teia sido mais proveitoso e mais relaxante, tanto é que ficamos umas 3 horinhas e decidimos voltar para casa.
  • Noite: jantamos em casa e depois fomos até a Walgreens onde alguns itens valem muito a pena, compramos secador de cabelos, vitaminas, alguns cosméticos, produtos de higiene pessoal, etc. Além do preço valer a pena, tem produtos que só encontramos lá.

10º dia: 28/07/14 – segunda-feira

  • Dia:Hollywood Studios – parque muito legal, acredito que seja o menor dentre os 4 principais da Disney, fácil de andar e com várias atrações legais. De acordo com dica do Vai Pra Disney, almoçamos no restaurante ABC Commissary, muito bonito e confortável, valeu muito a pena. Gostamos muito do show do Indiana Jones, simulador do Star Wars, Toy Story Mania, Show da Pequena Sereia, etc.
  • Noite: jantamos em casa

11º dia: 29/07 – terça-feira

12º dia: 30/07 – quarta-feira

Volta para Miami onde ficamos mais 4 dias e nos divertimos bastante, porém com o coração lá na Disney…heheh

E a Carol compenetrada na atração?

E a Carol compenetrada na atração?

DICAS FINAIS

  1. Lembro que a nossa programação foi bem focada nas crianças e nosso perfil não foi tão radical, preferimos as atrações em que até a Carol pudesse participar.
  2. Em todos os parques da Disney utilizamos o Fastpass+, que ajudou muito, além disso conseguimos aproveitar outras atrações. Para os parques da Universal e Sea World, não pagamos pelo fura-filas e honestamente foi tranquilo, algumas filas um pouco mais demoradas, mas de verdade super administrável.
  3. Compramos as entradas da Disney pela internet e retiramos no Guest Relations do primeiro parque, no nosso caso o Animal Kingdom. Foi tranquilíssimo, depois de pegarmos os cartões nos outros parques era só ir direto às catracas e entrar direto. No caso da Universal/Islands e Sea World/Bush Gardens, já levamos os tickets impressos do Brasil, ai era só passar o leitor de código de barras na entrada e pronto, muito fácil também.
Vouchers trocados por ingressos físicos no primeiro dia de parque.

Vouchers trocados por ingressos físicos no primeiro dia de parque.

Ir para Orlando é muito mágico, tudo é encantador, desde o trenzinho que nos leva do estacionamento até a entrada dos parques, até cada detalhe, cada atração. Nas ruas a educação do povo é admirável, a gente que não está acostumado até estranha. Creditamos que a forma como a gente é tratado também depende do jeito que nos comportamos, afinal, educação gera educação e gentileza gera gentileza.

Desejamos à todos uma boa viagem, de nossa parte esperamos retornar no ano que vem, se Deus quiser!

Abraços
Rogério, Roberta, Pedro e Carol

Se você assim como o Rogério tiver histórias para contar sobre sua viagem para Orlando, ou quiser registrar como foi a refeição em algum restaurante da cidade, compartilhar o seu roteiro, ou ainda relatar como foi a estadia no hotel escolhido, nos escreva mandando o seu texto, fotos e vídeos e eles poderão ser publicados aqui no Vai Pra Disney. O endereço é viagemdoleitor@vaipradisney.com (lembrem-se que dúvidas não serão respondidas por esse e-mail, por favor use as caixas de comentários do site).



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.