VPD Orlando - Vai Pra Disney
Preparativos da viagem

Quais parques visitar em Orlando?

“Quais parques devo visitar na minha viagem a Orlando?” é umas das primeiras perguntas que todo viajante se faz. Aliás, se faz e faz para a gente também. Eu diria que grande parte dos comentários que recebemos desde que criamos o VPD buscam uma resposta para esta pergunta.

Primeiramente, posso garantir para você que não existe pergunta mais difícil de se responder do que essa. Afinal, todo mundo conhece o ditado “gosto não se discute”. E se gosto não se discute, então como é que eu posso dizer para uma família que está gastando milhares de reais para viajar até Orlando onde ela deve ir? Não posso. Os parques imperdíveis para mim podem ser hiper chatos para você e vice-versa. Mas calma, a gente também não vai te deixar sem resposta. 😛

99% das pessoas querem ver este castelo, mas quais outros parques você quer ver em Orlando?

99% das pessoas querem ver este castelo, mas e o que mais além disso você quer ver em Orlando?

Por isso, aqui no VPD a gente tenta dar o máximo de informações possíveis sobre os parques e outras atrações de Orlando, para que cada um possa decidir o que mais combina com você e com seu grupo. Muita gente nos procura oferecendo dinheiro para que a gente faça roteiro personalizado. No entanto, eu sempre recomendo que façam os próprios roteiros por uma única razão: ninguém vai conhecer o seu grupo tão bem quanto você mesmo para montar a programação perfeita. Ou seja, acho que nesses roteiros personalizados você gasta mais e tem uma programação menos especial do que se você mesmo decidisse o que fazer.

Então, salvo para quem não quer um roteiro perfeito e prefere a praticidade e comodidade de um roteiro personalizado, acho que não vale o investimento.  Para fazer um roteiro perfeito você precisa de duas coisas:

  • Conhecimento dos parques/atrações
  • Conhecimento do perfil do grupo da viagem.

O primeiro elemento (conhecimento dos parques) a gente aqui do VPD garante para vocês dando todas as informações necessárias, pois elas estão reunidas aqui no blog. A partir de então é só você entrar com o seu conhecimento do seu grupo e pronto! Assim você estará preparado para montar sua programação.

Mas Felipe, não conheço Orlando, não sei do que eu gosto, como posso fazer uma escolha boa?“. Minha resposta é simples: explorando os recursos que colocamos aqui no blog. Vamos lá que eu explico.

O castelo de Hogwarts é maravilhoso por fora e por dentro!

O castelo de Hogwarts é maravilhoso por fora e por dentro!

Como escolher os parques na viagem a Orlando?

Antes de mais nada, você precisa entender as atrações de Orlando. Aqui no VPD publicamos os roteiros que fizemos de cada um dos parques da cidade, com os comentários de cada atração e o que achamos mais legal em cada um deles. Então, se você quer conhecer bem os parques para decidir quais visitar, a minha recomendação é que leia cada um dos roteiros. Mas para quem tem menos tempo ou já quer uma prévia mais resumida da proposta de cada um dos parques, destaquei aqui os principais pontos de cada um deles. Com estas informações, você terá a base necessária para definir quais parques combinam mais com o seu grupo.

Além disso, quem assina o nosso canal do YouTube pode acompanhar os roteiros em vídeos dos parques. Nada melhor para saber o que te espera e o que vai ou não interessar o seu grupo. Isso tudo sem perder muito tempo e enquanto já vê todas as dicas para aproveitar mais cada parque. Olha aí a primeira parte do roteiro em vídeo do Magic Kingdom para ter uma ideia. 😉

E para quem quer ter uma ideia direta e rápida de cada um dos parques de Orlando, é só olhar o resuminho aí embaixo. Basicamente, são 3 grandes complexos diferentes de parques: Disney, Universal e Sea World:

Parques da Disney

No complexo da Disney existem 4 parques temáticos e 2 aquáticos:

1) Magic Kingdom
O Magic Kingdom é o símbolo da Disney e de Orlando. Este foi o primeiro parque da cidade, tem como centro o castelo da Cinderela e traz em cada canto de seu território tudo o que conhecemos como a magia criada pela Disney. Na minha opinião, é um parque obrigatório para todo mundo que visita a cidade, sem exceção. Os personagens mais conhecidos, as atrações mais tradicionais, as comidas mais famosas, as paradas e os shows de fogos mais imperdíveis do mundo estão todos reunidos ali.

As montanhas russas (são 5 no total) recebem visitantes de todas as idades, principalmente as crianças, por isso não espere curvas muito radicais em todas elas. Se por um lado alguns podem achar que falta adrenalina nas atrações, por outro lado com certeza sobra emoção, afinal não há parque mais emocionante e emocional do que este. Quem não tem centenas de lembranças da Disney desde a infância? É no Magic Kingdom onde as crianças podem conhecer e tirar foto com as princesas. Além disso, é lá que você pode ir do clima de faroeste para uma área futurística, passando pela terra da Fantasia, tudo no mesmo dia. Clique aqui para ler o roteiro completo do Magic Kingdom e entender porque este parque encanta milhões de pessoas no mundo todo.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: entre 1 e 2 dias.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: não.
  • Quem não vai gostar: ninguém.
  • Época do ano: qualquer uma.
O castelo da Cinderela no Magic Kingdom, um dos parques que todo mundo quer visitar!

O castelo da Cinderela no Magic Kingdom

2) Epcot
Apesar de ser tido por muitos como um parque para adultos, eu acho que todo mundo aproveita o Epcot de um jeito diferente, incluindo as crianças. A Re mesma já falou que este era o parque preferido dela na infância. Lá você encontra a tecnologia do Future World, além da experiência do World Showcase, onde você pode “visitar” a cultura de 11 países sem ter que pegar vôo entre eles.

Ele é atualmente o palco das maiores reformas da Disney, que vai reformular e trazer novas experiências ao parque ao longo dos próximos anos, conforme contamos aqui.

É um parque especial para quem gosta de comer bem e experimentar coisas diferentes, mas não deixa de divertir os mais radicais com algumas atrações emblemáticas, como por exemplo o Soarin‘ (que simula um voo de asa delta), o Mission Space (um simulador espacial que te leva a sensação de gravidade zero) e o Spaceship Earth (um passeio pela história do mundo dentro da bola gigante que é símbolo do parque). Mas as crianças também têm vez em atrações como as do Procurando Nemo, Imagination, e a do filme Frozen. Por fim, o show de fogos faz parte das coisas imperdíveis para se ver em Orlando. Clique aqui para ler o roteiro completo do Epcot.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez em épocas de parques mais vazios e se o outro for um parque com menos atrações, como o Animal Kingdom ou Sea World. Nesse caso, comece pelo outro parque pela manhã e passe a tarde e noite no Epcot.
  • Quem não vai gostar: os que só gostam de atrações que dão frio na barriga.
  • Época do ano: qualquer uma.
A famosa "bola do Epcot", um ícone dos parques

A famosa “bola do Epcot”

3) Hollywood Studios
O menor parque da Disney atrai os fãs de adrenalina com duas das mais radicais atrações de toda a Disney: a torre que despenca e a montanha russa do Aerosmith. Mas se engana quem acha que só os radicais têm vez no Hollywood Studios. Como o nome já entrega, a graça do parque é falar com bastante criatividade sobre cinema e teatro, com shows imperdíveis, como por exemplo o tradicional musical da Bela e a Fera.

Além disso, as crianças também curtem muito o Studios: tem a atração do Disney Junior, o show da pequena Sereia, o show de Carros e a área temática de Toy Story. Ao mesmo tempo, o parque é a casa de um dos maiores projetos de expansão dos últimos tempos: a área de Star Wars, parada obrigatória para fãs e curiosos.

Entre outras coisas imperdíveis estão os dois shows de encerramento do parque: o Fantamic! (que apesar de não ser só de fogos, é igualmente emocionante e imperdível), e o show de fogos de Star Wars. Clique aqui para ler o roteiro completo do Hollywood Studios.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez, se você não quiser ir em todas as atrações e shows (que têm horários fixos), além de ir em um dia que o parque fecha tarde, depois das 8 da noite. Nesse caso também seria necessário dividir com parques menores como o Animal Kingdom ou SeaWorld. Comece por estes parques de manhã e passe a tarde e a noite no Hollywood Studios.
  • Quem não vai gostar: ninguém.
  • Época do ano: qualquer uma.
A Star Wars: Galaxy's Edge fica no Hollywood Studios

A Star Wars: Galaxy’s Edge fica no Hollywood Studios

4) Animal Kingdom
Ainda que seja um parque que algumas pessoas tendem a deixar de fora do roteiro, o Animal Kingdom tem surpreendido cada vez mais nos últimos anos. Antes de mais nada, ele tem uma das melhores montanhas russas de Orlando, a Expedition Everest. Além disso, te permite conhecer animais de verdade num safari muito muito legal e bem feito. Ainda tem shows imperdíveis como o do Rei Leão e o musical do Nemo.

Por fim, é no Animal Kingdom que fica Pandora, a área dedicada ao filme Avatar, e tem hoje uma das melhores atrações da Disney inteira. Clique aqui para ler o roteiro completo desse parque

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez, desde que ele seja o primeiro parque do dia, já que ele em geral fecha mais cedo do que os outros parques.
  • Quem não vai gostar: ninguém.
  • Época do ano: qualquer uma.
Pandora é incrível e uma das áreas mais legais dos parques, mesmo pra quem não curte o filme.

Pandora é incrível e cheia de detalhes legais, mesmo pra quem não curte o filme.

5) Blizzard Beach
O menor dos dois parques aquáticos da Disney, o Blizzard é também o mais aconchegante, mais família. Tem, como os outros, atrações para todos os estilos, desde as radicais até as tranquilas para descansar. As crianças se esbaldam nos playgrounds mais legais do mundo em que infelizmente, adulto não pode entrar se não tiver tomando conta de uma criança. hehe

O parque imita uma estação de esqui desativada, então é muito engraçado ir lá no verão e ver o local cheio de montanhas cobertas por neve de mentirinha. Aliás, é no Blizzard Beach que fica um dos maiores toboáguas que existem. Se você está indo em um mês de calor, é uma ótima opção para refrescar. Clique aqui para ler o roteiro completo do Blizzard Beach.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez, desde que ele seja o primeiro parque do dia, visto que ele sempre fecha cedo.
  • Quem não vai gostar: quem não curte parque aquático.
  • Época do ano: nos meses de calor, entre Maio e Setembro, talvez em Abril e Outubro dependendo do clima daquele ano.
Blizzard Beach

Blizzard Beach

6) Typhoon Lagoon
O Typhoon é o parque aquático grandão e popular da Disney. Eu diria que é o Magic Kingdom dos banhistas que vão a Orlando. A piscina de ondas é gigante e de tempos em tempos solta um tsunami muito divertido que vai arrastando todo mundo para a praia. Além disso, ele tem várias atrações em que você pode ir com a família inteira tobogã abaixo, e uma espécie de montanha russa aquática. Clique aqui para ler o roteiro completo do Typhoon Lagoon.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez, desde que ele seja o primeiro parque do dia, já que ele sempre fecha cedo.
  • Quem não vai gostar: quem não curte parque aquático.
  • Época do ano: nos meses de calor, entre Maio e Setembro, talvez em Abril e Outubro dependendo do clima daquele ano.
Typhoon Lagoon

Typhoon Lagoon

Parques da Universal

No complexo da Universal, são 2 parques temáticos e 1 aquático:

1) Universal Studios
Outro tradicional parque de Orlando com o tema do cinema. O Universal Studios voltou a ser um dos mais populares da cidade depois que o Beco Diagonal (da saga Harry Potter) foi inaugurado como uma de suas áreas temáticas. O parque, que sempre teve filas pequenas, desde então está mais cheio, mas suas atrações tradicionais vão muito além do bruxo famoso. Lá você encontra a clássica atração do filme E.T., duas montanhas russas, e a divertida competição de tiro na atração do Homens de Preto, simulador dos Simpsons, entre outras coisas.

Além disso, as crianças também curtem muito as atrações do Meu Malvado Favorito e do Shrek. Como você pode ver, tem excelentes opções para todas as idades. Clique aqui para ler o roteiro completo do Universal Studios.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia só para este parque ou 2 dias se você quiser ir junto no Islands of Adventure para fazer todas as atrações do Harry Potter, que têm filas maiores.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: sim, com o Islands of Adventure em épocas mais vazias. Isso dito, para que seja possível aproveitar bem tudo, o ideal é separar dois dias para estes dois parques.
  • Quem não vai gostar: ninguém.
  • Época do ano: qualquer uma.
Beco Diagonal no Universal Studios

Beco Diagonal no Universal Studios

2) Islands of Adventure
O segundo parque do complexo da Universal tem muitas atrações para os fãs de atrações radicais: são algumas montanhas russas como a radical do Hulk, e simuladores super legais como o clássico do Homem Aranha. Mas as crianças também tem vez, com uma área temática inteira com atrações para elas.

Além disso é no Islands of Adventure que fica a segunda área temática do Harry Potter. Lá você encontra a vila de Hogsmeade, o castelo de Hogwarts e a nova montanha russa do Hagrid. Clique aqui para ler o roteiro completo do Islands of Adventure.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia só para este parque ou 2 dias se você for no Universal Studios junto e quiser ir nas atrações do Harry Potter, que têm filas maiores.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: sim, com o Universal Studios, em épocas mais vazias. Isso dito, para que seja possível aproveitar bem tudo, o ideal é separar dois dias para estes dois parques.
  • Quem não vai gostar: quem não gosta de atrações radiciais pode achar o parque um pouco entediante.
  • Época do ano: qualquer uma.
Hogsmeade é linda e cheia de detalhes para os fãs

Hogsmeade é linda e cheia de detalhes para os fãs

3) Volcano Bay
O parque mais recente do complexo da Universal é também o primeiro aquático, e trouxe para Orlando mais uma opção para dar aquela descansada na programação de parques temáticos e de compras. Além de muitas atrações radicais, este parque traz também a facilidade de usar fila virtual para as atrações. 

O parque é todo caprichado nos detalhes, tem como tema as ilhas do pacífico e um grande vulcão que é como um marco central do local. Para quem busca atrações aquáticas mais radicais que as dos parques da Disney, então é uma ótima pedida. Clique aqui para ler o roteiro completo do Volcano Bay.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: até dá, preferencialmente com algum outro do complexo da Universal Studios.
  • Quem não vai gostar: quem não gosta de atrações radicais e/ou de parque aquático.
  • Época do ano: nos meses de calor, entre Maio e Setembro, talvez em Abril e Outubro dependendo do clima daquele ano.
O grande vulcão, que é o marco central de um dos parques aquáticos, o Volcano Bay

O grande vulcão, que é o marco central do parque aquático Volcano Bay

Parques do SeaWorld

O complexo de parques do SeaWorld reúne 2 parques temáticos e 2 aquáticos:

1) SeaWorld
Por consequência de ser muito controverso e criticado por uma grande parte dos turistas por conta da exploração e dos maus tratos aos animais, o SeaWorld vem se reinventando. Nos últimos anos, eles anunciaram que não vão mais criar novas baleias e vão mudar aos poucos a experiência oferecida com estes animais.

Além disso, o SeaWorld criou atrações que vão para além da vida marinha. É o caso de algumas das montanhas russas mais radicais de Orlando, Kraken, Manta e Mako. Os famosos shows das baleias e dos golfinhos continuam por lá atraindo centenas de milhares de turistas todos os anos, assim como as exposições de animais como golfinhos, tartarugas e arraias.

Para as crianças, uma área inteira dedicada a Vila Sésamo costuma fazer sucesso entre os pequenos. Clique aqui para ler o roteiro completo do SeaWorld Orlando.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez, desde que ele seja o primeiro parque do dia, já que ele sempre fecha cedo.
  • Quem não vai gostar: quem não se sente à vontade com a forma como eles tratam os animais.
  • Época do ano: qualquer uma.
SeaWorld

SeaWorld

2) Busch Gardens
Apesar de muita gente não saber, a SeaWorld é a dona do Busch Gardens. Esse parque fica em Tampa, a pouco mais de 1 hora de Orlando, e é recheado de atrações muito radicais. Com 5 montanhas russas, o Busch Gardens é o parque com mais adrenalina da região. Apesar disso, ele também tenta agradar as crianças, com atrações mais leves, passeios com os animais, shows, e até encontro com personagens da Vila Sésamo.

Vale ir só por conta das crianças? Acho que não. Mas isso não significa que elas não vão curtir se forem acompanhando os mais radicais. Clique aqui para ler o roteiro completo do Busch Gardens Tampa.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: não, pois o tempo que leva para ir e voltar de Tampa faz com que não se aproveite nada em nenhum dos parques.
  • Quem não vai gostar: quem não gosta de atrações radiciais pode achar o parque um pouco entediante.
  • Época do ano: qualquer uma.
Busch Gardens é um dos parques que tem muita montanha russa radical e experiência com animais

Busch Gardens tem muita montanha russa radical e experiência com animais

3) Discovery Cove
Outro parque que é discutível do ponto de vista ambiental, o Discovery Cove é famoso por permitir que seus visitantes nadem e brinquem com os golfinhos criados pelo parque. A dinâmica do Discovery Cove é bem diferente dos demais parques de Orlando, pois ali você não vai encontrar uma série de atrações, filas e coisas para fazer. Por isso, é um parque para passar o dia, descansar, nadar, mergulhar, tomar sol e brincar um pouco com os golfinhos. Clique aqui para ler tudo sobre o Discovery Cove.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez, desde que ele seja o primeiro parque do dia, já que ele sempre fecha cedo.
  • Quem não vai gostar: quem não curte parque aquático e quem não gosta de animais marinhos.
  • Época do ano: nos meses de calor, entre Maio e Setembro, talvez em Abril e Outubro dependendo do clima daquele ano.
Discovery Cove

Discovery Cove

4) Aquatica
O mais simples dos parques aquáticos de Orlando, traz tudo aquilo que se espera desse tipo de local: piscina de ondas, bóias, espreguiçadeiras, toboáguas e rio de correnteza. Mas o que eu não gosto do Aquatica é, em primeiro lugar, a falta de conservação do parque. Em segundo lugar fica o fato de eles venderem a ideia de que os toboáguas passam por dentro de aquários cheios de peixes, baleias e golfinhos. Clique aqui para ver tudo o que a gente viu no Aquatica.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: talvez, desde que ele seja o primeiro parque do dia, já que ele sempre fecha cedo.
  • Quem não vai gostar: quem não curte parque aquático.
  • Época do ano: nos meses de calor, entre Maio e Setembro, talvez em Abril e Outubro dependendo do clima daquele ano.
Aquatica

Aquatica

Outros Parques

Legoland
Localizado a 40 minutos de Orlando, o Legoland talvez seja o único parque que não agrade os turistas de todas as idades. Isso acontece porque o foco do parque é claramente crianças de 2 a 10 anos. Talvez até 12, mas não além disso. Os adultos não tem realmente nada para curtir no parque, justamente porque ele foi criado para as crianças, então cada pedacinho dele é perfeitamente feito para elas. Quando fomos visitar, eu ficava pensando como eu estaria me divertindo se tivesse 7 anos. Então fica a dica: se não estiver indo com crianças para Orlando, não se preocupe em visitar o Legoland. Clique aqui para ver o roteiro completo do Legoland Orlando.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: não, pois o tempo que leva para ir e voltar de Winter Haven faz com que não se aproveite nada em nenhum dos parques.
  • Quem não vai gostar: a maior parte das pessoas com mais de 12 anos de idade.
  • Época do ano: qualquer uma. Para o parque aquático do Legoland, recomendamos os meses de calor, entre Maio e Setembro, talvez em Abril e Outubro dependendo do clima daquele ano.
Legoland

Legoland

Kennedy Space Center
Apesar de ser chamado de parque, o Kennedy Space Center se parece muito mais com um museu interativo do que com um parque temático. Construído ao redor de um dos centros de pesquisas, treinamentos e lançamentos de foguetes da NASA, a agência especial americana, o Kennedy Space Center é um parque para os apaixonados pelo espaço. Lá os visitantes podem assistir filmes em 3D sobre o tema, conhecer foguetes de verdade, passear pelas centrais de controle das missões espaciais e até mesmo conversar e almoçar com um astronauta. Clique aqui para ver o roteiro completo do Kennedy Space Center.

  • Mínimo de dias para aproveitar o parque: 1 dia.
  • Dá pra dividir o dia com outro parque: não, pois o tempo que leva para ir e voltar de Cape Canaveral faz com que não se aproveite nada em nenhum dos parques.
  • Quem não vai gostar: quem está em busca de atrações radicais ou não gosta de ciência espacial pode achar o parque um pouco entediante.
  • Época do ano: qualquer uma.
Kennedy Space Center

Kennedy Space Center

Quantidade de dias para cada parque

Em primeiro lugar, é importante dimensionar os parques nos dias que você tem de viagem. Isso significa que se você for ficar pouco tempo em Orlando, então é melhor escolher menos parques para ir do que ficar espremendo 2 ou mais parques em um dia só e acabar aproveitando pouco de cada um. Por outro lado, se for ficar bastante tempo na cidade (por exemplo, mais de 10 dias), dá pra fazer cada parque que tenha gostado com tranquilidade e repetir os mais legais no final da viagem. Clique aqui para ver todas as dicas de como distribuir os parques e as outras atividades (compras, shows, restaurantes, etc) na programação da sua viagem, e clique aqui para ver nosso guia de como determinar quantos dias para sua viagem a Orlando.

Além disso, não esqueça de considerar o clima e a temperatura de Orlando na época em que estiver lá e também tudo que vai rolar na cidade durante a sua viagem, com a ajuda do nosso Guia de Orlando Mês a Mês. Eu por exemplo, desencorajo qualquer um que queira ir em parque aquático de Novembro até Março, pois são os meses mais frios do ano na cidade.

O estilo da viagem

Se você leu as descrições acima, notou que a maior parte dos parques oferece atrações para a família toda, dos mais medrosos aos mais radicais. Por isso, uma vez decidido quantos dias você vai ficar na cidade, eu recomendo sentar com todos que vão viajar com você e discutir quais os parques que mais agradam ao grupo. Aliás, ler os roteiros em conjunto nessa hora também é uma boa opção, assim todo mundo já fica conhecendo mais as atrações de cada parque escolhido.

Por fim, é hora de comprar os ingressos. Existem diferentes variações para cada grupo de parques que falamos acima, por isso, leia nosso guia completo sobre ingressos afim de saber a opção mais vantajosa para você. Nessa etapa, pegue a calculadora, pois chegou a hora de fazer pesquisa e conta.

Enfim, espero que essa matéria consiga ajudar você e o seu grupo a decidir quais os melhores parques de Orlando para a sua viagem, especialmente, e não para a de qualquer outra pessoa.