VPD Orlando - Vai Pra Disney
Parques

Roteiro – Epcot

logo-epcot

O Epcot foi o segundo parque do Walt Disney World e é até hoje um dos mais populares. Epcot é uma abreviação de Experimental Prototype Community Of Tomorrow (algo como protótipo experimental da comunidade do amanhã). A ideia original do Walt Disney era criar uma comunidade futurística mesmo, para que as pessoas pudessem viver. Seria uma comunidade que nunca se consideraria concluída, mas estaria sempre sendo transformada pelas tecnologias mais pioneiras.

Depois da morte do Walt Disney, o conceito original por trás da criação do Epcot foi abandonado para dar lugar ao que vemos hoje: um parque baseado nos temas de união entre as nações e futurismo, isso tudo sem perder a carinha de Disney.

Novidades no Epcot

Hoje este parque é o palco das maiores mudanças da Disney World. Ele já recebeu duas novas atrações, além de um novo show de fogos, mas as mudanças estão longe de acabar. Devido a essa transformação, a gente nota algumas áreas do parque fechadas por tapumes para reforma. Isso pode gerar um desvio na sua rota, mas não atrapalha o passeio e é por um ótimo motivo: mais e mais novidades! É esperado que as obras se estendam por boa parte de 2022, para ele ficar bonitão para a comemoração de seus 40 anos no início de outubro.

A famosa "bola do Epcot". Foto da "bola" que é símbolo do Epcot, onde fica a atração Spaceship Earth, com o céu azul ao fundo e alguns visitantes passando ao redor.
A famosa “bola do Epcot”

Como parte dessas reformas, o Epcot passou a ser dividido em quatro regiões: World Celebration, World Discovery e World Nature (que antigamente faziam parte do Future World) e o World Showcase. As três primeiras concentram a grande maioria das atrações do parque, e juntas são a parte do Epcot que mais se assemelham à estrutura dos demais parques: possuem atrações, lojas, lanchonetes e tudo o mais nos mesmos moldes do Magic Kingdom, Hollywood Studios e Animal Kingdom.

Já o World Showcase, é bem diferente dos demais parques, e por isso, é a minha parte preferida do Epcot. Nesta região se concentram pavilhões que representam 11 países: México, Noruega, China, Alemanha, Itália, Estados Unidos, Japão, Marrocos, França, Reino Unido e Canadá. Cada pavilhão é muito diferente um do outro, mas todos tentam ser uma miniatura do país que representam, trazendo elementos típicos da nação.

Foto da "bola", a Spaceship Earth, vista do World Showcase no Epcot, com o lago em primeiro plano e ela ao fundo.
A Spaceship Earth vista do World Showcase

Bom, chega de papo e vamos ao roteiro!

Clique aqui para abrir o mapa do parque enquanto lê o roteiro.
– Se quiser fazer o download deste roteiro para imprimir depois, clique aqui.
– Veja nossas dicas sobre onde comer nesse parque clicando aqui.
– Para ver este roteiro em vídeo, é só dar play aí embaixo. Aproveite para dar seu like e assinar nosso canal para receber mais dicas para sua viagem a Orlando. 😉

ROTEIRO DO EPCOT

DICAS PARA ANTES DE IR AO PARQUE

– Chegue cedo
Essa dica vale para todos os parques, já que nas primeiras horas do dia os parques ainda estão mais tranquilos e é possível aproveitar mais atrações em menos tempo. Vale lembrar que o Epcot recebeu recentemente duas novas atrações que geram a curiosidade de muita gente. As filas podem ficar consideráveis e chegar cedo pode ser um ótimo jeito de fugir de muitas delas.

Baixe o aplicativo da Disney no seu celular
O My Disney Experience, aplicativo da Disney te facilita muito a vida nos parques. Além de poder ver o horário dos shows, você também pode usá-lo para ver o tempo de fila em diferentes atrações, pedir comida pelo celular em vez de enfrentar fila, ver suas fotos, fazer uma reserva de restaurante de última hora e até fazer suas compras na Creations Shop se quiser. Isso só pra citar algumas funcionalidades. Minha dica é baixar o aplicativo ainda do Brasil e explorá-lo um pouco para já ir se familiarizando. Só não vale ficar o dia todo de parque no celular, hein?

Tome uma decisão sobre Genie+ e Lightning Lane
Eu sei que é meio chato ter que “estudar” conceitos e regrinhas novas que a Disney criou antes de visitar os parques, mas se você quiser utilizar esses recursos, é importante entender como eles funcionam e como realmente aproveitá-los antes da visita ao parque. As Lightning Lanes e o Genie+ podem ser muito úteis e te poupar muito tempo em fila, mas só se você souber usá-los bem. Você não vai querer gastar estes dólares e não poder tirar proveito, certo? Então se você estiver disposto a pagar pra evitar filas, entenda como o Genie+ e as Lightning Lanes funcionam antes de mais nada. A gente já falou muito sobre isso no blog e esse é um bom post pra começar a se inteirar das novidades.

Durante os festivais, evite visitar nos finais de semana
Durante a maior parte do ano, tem algum festival sazonal rolando no Epcot. Enquanto esses eventos acontecem, muitos residentes da Flórida visitam o Epcot nos finais de semana para curtir as barraquinhas de comidinhas especiais e as programações dos diferentes festivais. Já que você está de férias e pode curtir tanto o parque como os festivais qualquer dia, evite os finais de semana e fuja dessa lotação adicional.

– Festivais do Epcot
É muito provável que esteja rolando algum festival no Epcot durante a sua visita. Estes eventos sazonais são sempre bem legais, especialmente porque você aproveita a maioria das coisas só com o ingresso do parque mesmo, sem pagar nada além. 

Cada festival tem a sua temática e peculiaridades, mas todos trazem quiosques especiais de comidas e bebidas diferentes por todo o parque, espetáculos musicais com convidados especiais, mercadorias dentro do tema do evento, além de uma caça ao tesouro temática pra divertir as crianças (mas a gente sabe que não são só elas que se divertem com isso, né?).

Os festivais acontecem praticamente o ano todo!

As datas certinhas variam de um ano para outro, mas o período de cada festival é mais ou menos assim:

  • Meados de janeiro e fevereiro: o International Festival of the Arts celebra as diferentes formas de artes.
  • Março a junho/início de julho: durante o Flower & Garden Festival, o Epcot inteiro celebra a primavera com este festival de jardinagem.
  • Meados de julho a começo de novembro: é a vez do festival gastronômico, o Epcot Food and Wine Festival
  • Novembro a dezembro: durante o International Festival of the Holidays, o Epcot também entra no clima das celebrações de final de ano.
Eles tornam a visita ao Epcot ainda mais legal 🙂

Ou seja, tirando as poucas semanas de transição entre um festival e outro, tem quase sempre um festival no parque! Oba! Se informe pelo aplicativo da Disney ou no livretinho do festival (disponível em diversos pontos do parque) sobre a programação especial e os menus do evento e curta o clima da festa durante todo o seu passeio pelo Epcot. 

1.WORLD CELEBRATION

Bom ponto para tirar foto! TIRAR FOTO
A área da entrada do parque é linda pois ali você já dá de cara com a Spaceship Earth, o ícone do Epcot. É um ponto de foto obrigatório, e se ela já é linda de dia, consegue ficar ainda mais maravilhosa a noite, principalmente agora que ela recebeu uma iluminação toda especial, que veio pra ficar.

Eu acho importante tirar a tradicional foto em frente “à bola do Epcot” tanto de dia quanto de noite. E depois que anoitecer, tente dar uma passada por aqui por alguns minutos pra ver os diferentes efeitos de iluminação da Spaceship Earth! É um show!

Foto da "bola" do Epcot iluminada à noite, em tons de rosa e roxo
A “bola do Epcot” também merece uma foto de noite!

Atrações que recomendamos IMPERDÍVEIS

Spaceship Earth: a famosa “bola” do Epcot traz uma atração bem legal que conta toda a jornada do homem em sua evolução tecnológica. Apesar de longa, é um clássico por ser dentro da bola, e ainda tem uma surpresinha divertida no final.

Não dá pra ir no Epcot e não conhecer a atração que fica dentro da bola!

Club Cool: esse clássico do Epcot reabriu recentemente em uma versão repaginada. Aqui, você pode experimentar refrigerantes de todo o mundo (DE GRAÇA!). Só tome cuidado com o da Itália! É horrível e amargo! Depois não diga que não avisei.

Bom ponto para tirar foto! TIRAR FOTO
Próximo à Spaceship Earth, o Pluto e o Pateta costumam encontrar os visitantes diversas vezes ao dia, principalmente durante a parte da manhã e começo da tarde. Se você chegar bem cedo, recomendo segurar a vontade de dar um abraço deles e deixar esse encontro pra um outro momento. Assim, você pode primeiro curtir as atrações enquanto ainda estão com menos fila e voltar pra essa foto mais tarde.

Um oizinho para o Pateta logo na entrada do parque!

A Disney também está com uma oportunidade de foto diferente em frente a Spaceship Earth, bem próximo a entrada do parque. É uma foto 360 graus que eu particularmente não amo o resultado (sinto que todo mundo fica com cara de figurinhas dos mini craques da Coca-Cola, quem lembra?), mas se você quiser tentar, depois me conta o que achou.

Vá nessas atrações se tiver tempo de sobra SE SOBRAR TEMPO

Disney & Pixar Short Film Festival: cinema 3D de curtas da Pixar. Legal para quem curte esses filmes, mas dispensável se o parque estiver muito cheio.

Bom ponto para tirar foto! TIRAR FOTO
Pouca gente nota, mas meio escondido perto da entrada dessa atração, você pode encontrar ninguém menos que o Mickey – e ainda por cima usando as suas roupas mais tradicionais! Você pode até querer pular o festival de curtas da Pixar, mas não deixe de dar uma passadinha por ali para tirar a sua foto clássica e dar um abraço no Mickey.

Atrações que não recomendamos NÃO RECOMENDO

Journey Into Imagination with Figment: mais uma daquelas atrações com músicas chatas que ficam na cabeça o dia inteiro. “Imagination, imagination…”. Apesar de bonitinha, é uma atração que já está muito datada, mas as crianças menores gostam e muitos fãs de tudo que é clássico da Disney também. 

Te desafio a ir nessa atração e não sair com a musiquinha na cabeça! 😛

Bom ponto para tirar foto! TIRAR FOTO
Ali no gramado pertinho do Imagination Pavillion (onde fica a atração do Figment) algumas vezes por dia é possível ver o Pooh caçando borboletas. Esse é um encontro com personagens mais espontâneo e distanciado, e também um dos que eu mais gosto hoje em dia! Não tem fila e nem abraço, mas é muito fofo e especial mesmo assim.

Ali pertinho, no ImageWorks (que fica dentro do Imagination Pavillion), também dá pra encontrar a Vanellope (de Detona Ralph) e a Alegria (de Divertidamente), aí sim do jeito tradicional, com foto juntinho, abraço e tudo que tem direito.

Vale a pena dar uma passadinha por ali para ver esse momento fofo do Pooh

Boas compras por aqui DICAS DE COMPRAS

– Creations Shop: a antiga Mouse Gear, é hoje a maior loja da Disney dentro de parque. Ela já foi mais diversificada no passado, mas mesmo assim sempre vale dar uma passadinha. Dica: se ela estiver muito cheia, lembre-se que a Creations é uma das poucas lojas da Disney com opção de Mobile Checkout, ou seja, que você pode pagar por suas compras direto no aplicativo da Disney, sem parar no caixa.

A antiga Mouse Gear foi renovada e agora se chama Creations Shop

Dica de comida FOOD TIP
Você vai encontrar lugares mais legais e diferentes pra comer pelo World Showcase, mas o Connections Eatery e Connections Cafe são uma adição muito legal ao Epcot e merecem estar nesse roteiro também. Resumindo bem, o Connections Eatery é um fast-food com cheeseburger e pizza demais no menu pro meu gosto, mas mesmo esses clichês fogem completamente do básico por aqui. O destaque mesmo é o Liege Waffle, feito com massa de brioche passado em pérolas de açúcar e prensado na máquina de waffle belga, servido coberto com morangos e calda chocolate. É realmente bem gostoso e você já pode passar vontade vendo ele sendo preparado nas cozinhas abertas do restaurante. Lembrando que dá pra pedir direto pelo aplicativo da Disney e evitar as filas que se formam no caixa. 😉

Já o Connections Cafe é um Starbucks caprichado mesmo, mas traz algumas opções diferentes no menu, incluindo o waffle belga que eu falei em sua versão mais simples (sem coberturas), e nem por isso menos gostosa.

2. WORLD DISCOVERY

Atrações que recomendamos IMPERDÍVEIS

Guardians of the Galaxy: Cosmic Rewind: a mais nova atração do Epcot é também uma das melhores atrações da Disney! Essa é a primeira montanha-russa desse parque e também a primeira atração da Marvel em Orlando. Ela tem carrinhos super modernos, é muito imersiva e imperdível! Só tome cuidado porque apesar de não ser das mais radicais, ela é uma montanha-russa que vira para os lados ao longo do percurso, o que pode ser um problema pra quem enjoa fácil. Ainda assim, é uma atração diferente de tudo e sem dúvida, uma das minhas preferidas!
A Cosmic Rewind funciona com fila virtual e Lightning Lane individual, e pelo menos inicialmente não terá fila física normal. É importante se planejar e se familiarizar com o processo da fila virtual antes da visita, e falamos mais sobre ela aqui.

A Cosmic Rewind é a maior novidade do Epcot!

Mission: Space: é um simulador de um vôo espacial, que inclusive simula a mudança na gravidade. Muita gente passa mal nesse brinquedo e por isso a Disney fez uma versão “light” (sem alteração de gravidade) para quem quer conhecê-la sem “correr riscos”. Eu já fui nas duas versões e não senti nada. Uma amiga minha que trabalhava nessa atração me disse que a dica para não passar mal é não mexer muito a cabeça, apenas olhar pra frente. Para mim essa dica funciona bem.

Foto da entrada da Mission Space, com o logo ao redor de um globo e um foguete saindo.
Na dúvida, escolha a opção mais light!

– Test Track: uma das atrações mais populares do parque, principalmente se você gosta de carros, em que você monta seu carro depois o testa competindo com os demais carros de quem vai com você na atração. Dica: se você não se incomodar em se separar do seu grupo, essa atração traz a opção de uma fila de single riders, muito mais rápida que a fila normal.

Dica de comida FOOD TIP
Space 220: este restaurante faz mais sucesso pelo ambiente do que pela comida, mas é realmente muito bonito. Ele te faz se sentir no espaço, vendo a Terra a 220 milhas de distância. Se quiser conhecer sem gastar tanto com a refeição completa, eles tem a opção de lounge onde você pode optar por drinques e alguns aperitivos. Tanto o restaurante como o lounge são disputadíssimos, então faça a sua reserva assim que permitido (60 dias antes da visita). Se não conseguir, tente passar bem cedinho ou fora dos horários de pico pra tentar uma mesa na sorte. O não você já tem, né?

3. WORLD NATURE

Atrações que recomendamos IMPERDÍVEIS

Soarin’: uma das melhores atrações do parque na minha opinião, apesar de eu achar que ela era melhor na versão só sobre a Califórnia. Para que você possa aproveitar ainda mais, quando os funcionários começarem a dividir as filas, peça para ficar na fileira B1. É definitivamente o melhor lugar para aproveitar esta atração (na frente e no meio).

Uma das atrações mais populares do Epcot! Foto da entrada do Soarin', cujo nome está escrito em azul, amarelo e vermelho.
Uma das atrações mais populares do Epcot!

Turtle Talk with Crush: Só é imperdível se o seu grupo falar bem inglês, mas eu acho muito legal. É uma atração super interativa e cheia de piadinhas, estrelada pelo Crush, tartaruga do filme Procurando Nemo.

Vá nessas atrações se tiver tempo de sobra SE SOBRAR TEMPO

The Seas with Nemo and Friends: basicamente conta a história do filme. É super bonitinho!!

Living with The Land: essa atração tem fama de chata mas não é tãaao chata assim, vai! Ela está bem longe de ser o sucesso do parque mas se tiver um tempinho sobrando, vale a pena sim. Você vai vendo as estufas diferentes da Disney e enfim… é bonitinha. Se tiver fila, passe reto, mas se tiver aqueles tradicionais 5 minutinhos de espera, então aproveite e conheça.

Awesome Planet!: novo filme dentro do pavilhão The Land, narrado pelo Ty Burrel (o Phil de Modern Family). Mostra as belezas e a evolução do planeta Terra, além de alertar sobre a importância da conservação do meio ambiente.

Se tiver tempo sobrando, a atração do Nemo é bem bonitinha. Foto da placa na entrada da atração The Seas With Nemo & Friends, com as letras em laranja e as gaivotas do filme ao lado.
Se tiver tempo sobrando, a atração do Nemo é bem bonitinha.

Dica de comida FOOD TIP

Se você quiser um almoço fast food sem muita invenção o Sunshine Seasons é bem diversificado e barato para fugir do hamburger e da pizza. Detalhe: apesar de ser um restaurante bem honesto, eu ainda recomendo muito mais você gastar o seu dinheiro e apetite com as comidinhas do World Showcase, pois elas valem bem mais a pena.

4. WORLD SHOWCASE

Esta área é dividida em pavilhões representando 11 países. Cada pavilhão possui réplicas de pontos turísticos, arquitetura local, lojas com produtos típicos, atrações e restaurantes da nação.

Todos os 11 são bem diferentes entre si, de forma que não existe um padrão do que cada pavilhão deve ter. Alguns não possuem atração, enquanto outros não têm restaurante, por exemplo. Mas todos têm lojinha, claro, afinal estamos na Disney, né? Enfim, o importante é que todos os países merecem uma visita.

Vá sem pressa, aprecie os detalhes de cada país e tire muitas fotos em todos. Você dificilmente vai conseguir aproveitar tudo que os pavilhões têm para oferecer em um único dia, mas abaixo seguem os pontos que considero principais em cada um. Antes disso, apenas algumas dicas gerais:

Atrações que recomendamos IMPERDÍVEL
– Harmonious: esse é o novo show noturno do Epcot, um espetáculo com fogos, luzes e músicas. Longe de mim causar intriga com o Magic Kingdom, mas o Harmonious é o melhor show da Disney atualmente e a melhor forma de finalizar o dia no parque! Para uma visão melhor, assista na beira do lago, logo da entrada do World Showcase (entre as duas lojas que ficam ali) ou do pavilhão do Japão.

Atrações para as crianças PARA CRIANÇAS
Muitos acham que o Epcot é um parque adulto, mas eu discordo. Este era o meu parque preferido quando eu era criança. Pequenos detalhes podem fazer o Epcot ser incrível ou extremamente entediante para os seus filhos. Além dos muitos personagens espalhados pelo parque, aqui vai uma dica que pode garantir o entretenimento das crianças durante a visita ao World Showcase:

– Passaporte da Disney: quando eu era pequena já existia o passaporte da Disney e ele foi o suficiente para fazer com que eu amasse o Epcot. Se trata de um passaporte que você encontra na maioria das lojas do parque e possui espaço para você carimbar o visto de todos os países do World Showcase enquanto passa pelas lojas de cada pavilhão. Mas se você não quiser comprar o passaporte (que vale a pena na minha opinião), existe a alternativa de pegar um papel com um desenho que pode ser carimbada também. Ah! O carimbo é de graça, tá? O legal é que além de carimbar o seu passaporte algumas vezes, o funcionário da loja também escreve um pequeno recadinho ali. É uma coisa simples, eu sei, mas mais de 20 anos depois, eu ainda guardo o meu passaporte de lembrança.

O passaporte do Epcot é uma lembrança super legal! Foto do passaporte do Epcot, com várias bandeiras de países na capa e um pin do Mickey na embalagem
O passaporte do Epcot é uma lembrança super legal!

Bom ponto para fotos TIRE FOTOS
Ali na entrada do World Showcase a Minnie aparece várias vezes durante o dia em um gazebo para encontrar os visitantes. Se a fila não estiver muito longa, pode já ser uma boa garantir sua foto com ela.

5. PAVILHÕES

Pavilhão do México no Worldshowcase MÉXICO

– Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros: um brinquedo super bonitinho, com a presença do Donald, Zé Carioca e Panchito. Acho legal, mas ainda sonho com uma atração de “Viva” nesse espaço.
– Lojinhas no interior do pavilhão: vale a pena visitar nem tanto pelos produtos, mas pela beleza do ambiente mesmo.
– Foto com Personagens: é bem provável que você encontre o Donald vestido de mexicano no canto do pavilhão. Se você der muita sorte, é capaz de encontrar o Zé Carioca e o Panchito também, mas é bem mais raro.
– Espelhos interativos de Coco: na parte interna do pavilhão, logo antes de entrar na área que parece um vilarejo, você pode ver algumas vitrines com vários detalhes de Coco (ou Viva), filme lindo da Disney que se passa no México. Destaque para os espelhos interativos, ou “Espelho dos Mortos”, em que você cria a sua versão caveira, igual os personagens do filme.
– Restaurantes: o México ainda conta com 3 opções de restaurantes típicos, sendo um fast-food e dois table service (com garçom, mesa e tudo o mais). Além disso, tem o Choza de Margarita (que vende drinques e lanchinhos, como empanadas) e o La Cava Del Tequila (super especializada na bebida mais famosa do México). Eu adoro a Empanada de queijo do La Cantina de San Angel (o fast-food)!

Pavilhão da Noruega no Worldshowcase NORUEGA

– Comidinhas: a padaria é uma delícia. Um dos itens mais famosos é um pão doce gigante chamado School Bread, mas ele tem muito gosto de anis e já que eu odeio anis, odeio o tal School Bread. Fora esse pão e fora uma bebida de anis que comprei sem querer uma vez, todo o resto que já experimentei é muito bom.
– Restaurante com as princesas: o restaurante Akershus Royal Banquet Hall traz uma culinária bem adulta mas é muito popular entre as crianças. Isso porque lá é possível encontrar e tirar fotos com algumas das princesas mais populares da Disney. Caso queira ir no Akershus, faça sua reserva o quanto antes porque o “fator princesas” garante a lotação da casa com meses de espera.

O Akershus é uma opção de refeição com as princesas no Epcot. Foto da placa na entrada do Akershus Royal Banquet Hall, com letras medievais e uma coroa sobre o título.
O Akershus é uma opção de refeição com as princesas

– Loja: essa loja é bem diferente e possui produtos realmente muito bons e bem diversificados. Destaque para a Laila, uma marca norueguesa de cosméticos com produtos excelentes. Eu sou tão apaixonada pelo perfume deles que até usei no dia do meu casamento. A versão masculina também é bem boa (por aqui a gente chama de “Lailo”, mas o nome mesmo é outro que esqueci).
– Frozen Ever After: atração que passa por diferentes momentos dessa história tão amada. Apesar de legal e bem feita, costuma ter bastante fila. Ah! Pra quem é fã do Epcot das antigas, você vai conseguir notar alguns resquícios da estrutura da Maelstrom aqui.

No pavilhão da Noruega fica a atração de Frozen. Foto da entrada da atração de Frozen no Epcot, com alguns visitantes na fila.
No pavilhão da Noruega fica a atração de Frozen

– Royal Sommerhus: espaço onde você pode encontrar a rainha Elsa e a princesa Anna para tirar fotos e conseguir autógrafos. 

Os encontros com a Anna e a Elsa acontecem no Royal Sommerhus. Foto da placa na entrada da Royal Sommerhus, que é em madeira e tem as letras em estilo antigo, no pavilhão da Noruega do Epcot
Os encontros com a Anna e a Elsa acontecem no Royal Sommerhus

Pavilhão da China no Worldshowcase CHINA

– Reflections of China: é um filme de 14 minutos sobre a China. Eu não morro de amores por ele não, mas se você nunca viu, pode valer a pena, até porque logo (finalmente) ele deverá ser substituído como parte da agenda de novidades do Epcot.
– Passeio pelas lojinhas: essas são sem dúvida algumas das lojinhas mais diferentes do Epcot.
– Foto com personagens: é possível encontrar a Mulan em alguns horários do dia.
– Apresentação de Acrobatas Chineses: acontece bem na parte da frente do pavilhão de tempos em tempos. Não acho que vale a pena ficar esperando por eles, mas se passar ali e já tiver começando, fique porque é bem bonitinho.
– Restaurantes:  Existem dois restaurantes neste pavilhão, um fast food e um table service. Para falar a verdade, eu acho o fast food muito mais gostoso (além de mais barato). Sem dúvida um dos meus preferidos para comer bem e barato na Disney.

O frango empanado ao molho de laranja do pavilhão da China é um dos meus preferidos no Epcot! Foto de um prato com frango empanado e arroz
O frango empanado ao molho de laranja do pavilhão da China é um dos meus preferidos no Epcot!

Pavilhão da Alemanha no Worldshowcase ALEMANHA

– Foto com personagens: a Branca de Neve aparece por aqui algumas vezes por dia.
– Loja Karamell- Küche: essa loja que se chama “cozinha de caramelo” em alemão traz doces feitos com o famoso caramelo da marca Werther’s. Tudo que eu já comi lá até hoje valeu cada caloria ingerida. Sensacional! Não é à toa que estes doces ganharam um espaço na minha lista de top 10 doces da Disney (se quiser ver os outros itens do top 10, clique aqui). Só acho besteira comprar as balinhas, porque são encontradas mais baratas no Walmart.
– Comidas típicas: se quiser tornar sua experiência um pouquinho mais alemã, então experiente uma cerveja típica, quem sabe acompanhada de um pretzel ou de uma bratwurst (salsicha alemã). Pra ser sincera, disso tudo acho que só a cerveja vale a pena mesmo.
– Restaurante Biergarten: a Alemanha também possui um restaurante típico, com sistema buffet “all you can eat”, ou seja, você come o quanto quiser por um preço fixo, o que garante que você não terá nenhuma surpresa na hora da conta. Não é minha culinária preferida, mas sem dúvida tem seu valor para os fãs da gastronomia alemã.

Cheesecake com caramelo: uma das maravilhas da loja de doces alemã. Foto de um mini cheesecake com cobertura de caramelo e um pedaço de chocolate, do pavilhão da Alemanha no Epcot
Cheesecake com caramelo: uma das maravilhas da loja de doces alemã

Pavilhão da Itália no Worldshowcase ITÁLIA

– Teatrinho de rua: não acho que vale a pena ficar parado esperando pelo show, mas se você estiver lá de bobeira quando ele começar, então com toda a certeza vai se divertir.
– Lojas: são muito lindas e trazem diversas marcas legais. Gosto principalmente da loja de máscaras carnavalescas venezianas.
– Comidas: caramba, como a comida italiana de verdade é boa, né? Os restaurantes do pavilhão são bem gostosos, mas acho que o Via Napoli é mais consistente ao longo dos anos (o Tutto Italia às vezes é incrível e às vezes é médio). De todos, o meu preferido é o bar de vinhos, chamado Tutto Gusto. Só não perca seu tempo no espaço de pizzas fast-food (não é igual às do restaurante) ou com a gelateria (sorveteria) desse pavilhão. Ela é até gostosa, mas quando a gente compara com a gelateria do pavilhão da França o placar é França 7 x 1 Itália.

Pavilhão da Itália, com a representação dos canais de Veneza. Foto dos canais do pavilhão da Itália no Epcot, com as árvores ao redor e o céu meio nublado ao fundo.
Pavilhão da Itália, com a representação dos canais de Veneza

Pavilhão dos Estados Unidos no Worldshowcase ESTADOS UNIDOS

Aqui entre nós: é o pavilhão mais chatinho. Você já está nos EUA, então não precisa de um pavilhão que represente o país que você está visitando, né? As únicas coisas que eu realmente gosto são o Coral de Natal (que evidentemente só aparece no fim do ano) e os músicos que cantam à capela. Ainda assim, os músicos que cantam à capela são a maior cilada, porque se você assistir o show deles até o fim, você vai naturalmente ser levado até o American Adventure depois, então cuidado com isso.
– The American Adventure:  um show de 30 minutos que, de acordo com a Disney é “uma história inspiradora sobre os Estados Unidos e sua gente”. Eu prefiro me abster de dar opinião pois, por mais que eu ame os EUA, este show só me inspirou a tirar um belo cochilo.
– Food Tip ao contrário: sabe aquele funnel cake que falamos maravilhas no roteiro do Magic Kingdom e do Hollywood Studios? Pois é, o daqui não é bom. Eles não deixam escorrer o óleo antes de servir então é meio pesadão, fuja disso!
– Food Tip de verdade: contrariando a expectativa de muita gente, o Regal Eagle Smokehouse, restaurante fast-food desse pavilhão é bem gostoso e com comidas que vão além de hambúrguer e pizza. Está longe de ser o melhor do World Showcase, mas é sempre uma alternativa legal e até que bem democrática.

Pavilhão do Japão no Worldshowcase JAPÃO

– Loja: o Japão tem uma loja enorme com produtos realmente bem típicos e diferentes, sendo considerada por muitos a loja mais legal do World Showcase. Destaque para as mulheres abrindo as ostras para pegar pérolas, pois elas são sempre engraçadas. É super legal!
– Show de tambores: não precisa ficar parado esperando também, mas se tiver por lá quando começar, você vai ver que é legal, olhar por 5 minutinhos e então continuar com a sua programação normal.
– Restaurantes: Olha, eu acho justo eu citar aqui que o Japão tem 3 restaurantes bons. Acontece que eu não como peixe, então pro meu paladar restaurante japonês nunca é dos melhores. Apesar disso, até eu adoro o Teppan Edo, restaurante que prepara sua comida na chapa na sua frente.

Pavilhão do Japão com a Spaceship Earth ao fundo. Foto do portal que dá para o lago no pavilhão do Japão  do Epcot.
Pavilhão do Japão com a Spaceship Earth ao fundo

Pavilhão do Marrocos no Worldshowcase MARROCOS

– Foto com personagens: a Jasmine fica às vezes no fundo, às vezes na parte da frente do pavilhão.
– Loja: parte tradicionalíssima de qualquer ida ao Epcot é andar pelas lojas e tirar fotos engraçadas com produtos estranhos, como por exemplo roupa de dança do ventre, chapéu tipo o do Aladdin, estátua de camelo, etc. Todo mundo faz isso, vai!
– Restaurante: atualmente este pavilhão possui 2 restaurantes com propostas distintas, mas uma coisa em comum: todos trazem comidas bem diferentes das que estamos acostumados mas muito saborosas. O Spice Road Table tem serviço de mesa e uma vista bem legal do parque. Já o Tangierine Cafe atualmente funciona apenas como parte dos festivais do Epcot, com um menu diferente para cada evento do parque.
– Shows de rua: aqui você verá apresentações de música e dança. Nada que você precise ficar esperando, mas sempre algo legal de ver rapidinho se der sorte de estar acontecendo quando você passar por lá. Contribui muito para o clima do pavilhão!

Pavilhão da França no Worldshowcase FRANÇA

– Remy’s Ratatouille Adventure: atração que chegou recentemente nos mesmos moldes da já existente na Disneyland Paris. A gente fica do tamanho do Remy pra uma aventura super bonitinha, assim como a área criada para recebê-la.
Impressions de France: um filme de 20 minutos sobre o país. Particularmente eu não gosto muito, mas se você for curioso, pode assistir também. Ele geralmente é exibido mais pro final do dia.
– Beauty and the Beast Sing-Along: o novo filme da Bela e a Fera é exibido no mesmo teatro do Impressions de France, geralmente de manhã e à tarde. É uma versão um pouco diferente da história clássica, mas com as músicas famosas do filme pra cantar junto.
– Showzinho em frente ao restaurante: é mais um showzinho de rua, mas neste caso eu realmente fico impressionada com a habilidade dos artistas. Eu fico com uma aflição danada achando que vão cair a qualquer momento, mas eles sempre dão conta do recado.
– Comidinhas: como já era de se esperar, muitas opções de comida por aqui. Eu sou fã da Boulangerie & Patisserie (podemos chamar de padaria né?) que fica bem no fundo do pavilhão e oferece uma seleção vasta de comidinhas e bebidinhas bem legais. Tem muitas opções boas e baratas! Além disso, tem também os restaurantes table service: o Les Chefs de France, Monsieur Paul e a Le Creperie de Paris. Você vai ver que tem uma versão fast-food da creperia também, mas eu não acho ela tão legal quanto o da versão restaurante não. Também preciso exaltar a sorveteria L’Artisan des Glaces, que como eu já adiantei, dá um pau na sorveteria do pavilhão da Itália e também faz parte do nosso top 10 doces da Disney.
– Foto com personagens: aqui você pode encontrar a Bela, de a Bela e a Fera e a Aurora, de Bela Adormecida. Sigo aguardando ansiosamente por momento que a Disney vai trazer o Remy pra tirar foto com a gente por aqui!
– Lojas: elas vendem produtos de marcas francesas muito boas e assim como em todos os pavilhões, vale muito a pena conhecer.

A Patisserie no fundo do pavilhão é cheia de opções gostosas. Foto da Patisserie no pavilhão da França do Epcot, com o menu de itens franceses na parede ao lado da porta.
A Patisserie no fundo do pavilhão é cheia de opções gostosas

Pavilhão da Inglaterra no Worldshowcase REINO UNIDO

– The Hooligans: essa banda se apresenta no fundo do pavilhão, com um repertório que passa por diversos clássicos do rock britânico dos anos 60 até os anos 90. Detalhe: o gramado em frente ao gazebo onde eles se apresentam forma uma espécie de labirinto que pode render alguns minutinhos de distração para as crianças enquanto os adultos curtem a música ou recuperam a força.
– Foto com personagens: a Mary Poppins e a Alice, duas personagens super queridas, aparecem para fotos por aqui.
– Lojas: vai ver desde chás e biscoitos amanteigados até produtos dos Beatles, ou seja, tem sempre algo interessante para todos os gostos.
– Restaurantes: além da barraca que vende “fish & chips” (peixe frito com batata), o Reino Unido conta com o Pub Rose & Crown e um restaurante de mesmo nome. Uma curiosidade: o Pub recebeu este nome pois enquanto pesquisavam para criar o restaurante, os funcionários da Disney descobriram que Rose e Crown eram os dois termos mais presentes em nomes de pubs inglês. O Pub é sempre bem animado e o restaurante é um dos melhores locais sentados para assistir o show de fogos no fim do dia. Apesar disso, a vista dos show de fora dos restaurantes é sempre bem melhor.

Foto do pavilhão do Reino Unido no Epcot, com as lojas e construções típicas da Inglaterra.
Pavilhão do Reino Unido

Pavilhão do Canadá no Worldshowcase CANADÁ

Canada Far and Wide: filme em 360 graus mostra as belezas naturais e culturais do país, com algumas piadinhas e muitas imagens bonitas.
Lojas: nem só de Maple vive o Canadá. Apesar de vender pipoca de maple, bala de maple, xarope de maple, pirulito de maple, as lojas vendem também vinho, roupas e outros produtos interessantes que valem a visita.
Restaurante:o Le Cellier é um dos restaurantes mais gostosos do Epcot mas é também um dos mais caros. Se decidir ir, além das maravilhosas carnes, não deixe de experimentar os pães do couvert, a sopa de cheddar canadense e o creme brulée de maple.

O amor pela sopa de cheddar do Le Cellier é tanto que eu até mostrei como fazer em casa!

6. EPCOT – FIM DO DIA

O Epcot a noite é um espetáculo à parte! Eu sei que você já vai ter andado muito durante o dia, mas não se esqueça de dar uma passadinha na Spaceship Earth para ver seus diferentes efeitos de iluminação e tirar uma foto com ela iluminada. Depois, dê meia volta e retorne para a entrada do World Showcase para ver o Harmonious porque vai valer a pena! Como eu já falei antes, é de longe o melhor e mais diferente show da Disney em Orlando atualmente.

Já conhece nossos outros sites?
Compre ingressos, hospedagem e cruzeiros com desconto no VPD Travel, a agência do VPD.
Veja as dicas de Nova York no VPD NY.
Vídeos toda semana no nosso canal do Youtube.
Siga a gente também no Instagram!