VPD Orlando - Vai Pra Disney
Parques

Roteiro – Magic Kingdom

Magic Kingdom

O Magic Kingdom (MK) é sem dúvida o principal parque de Orlando, tanto é que muitas vezes as pessoas se referem a ele como “a Disney World”. Já ouvi muitas e muitas pessoas falando que em suas viagens a Orlando, tinham ido no “Epcot, no Hollywood Studios, na Universal e na Disney”. É bem engraçado.

Esse parque é inspirado na Disneyland da Califórnia, e é dividido entre 6 regiões, também chamadas em inglês de ‘lands’: Main Street, Adventureland, Frontierland, Liberty Square, Fantasyland e Tomorrowland. Cada uma dessas regiões tem seu clima, sua música de fundo e seu ritmo próprio, o que faz com que o Magic Kingdom pareça um dos maiores parques do complexo Disney em Orlando. Surpreendentemente, ele é o segundo menor parque, só ganhando do Hollywood Studios.

Foto do castelo da Cinderela no Magic Kingdom.

Quando trabalhei na Disney, meu local de trabalho era o Magic Kingdom e tive que conhecer cada milímetro do parque. Por isso escolhi escrever esse guia. O Magic virou o meu parque preferido e como costumava dizer quando vivia por lá, é o quintal da minha casa. Desde então, muitas outras viagens vieram, agora com os filhos, mas uma coisa nunca muda: o Magic Kingdom é sempre especial! Espero que curtam o parque como eu curto!

 Clique aqui para abrir o mapa do parque enquanto lê o roteiro.
– Se quiser fazer o download deste roteiro para imprimir depois, clique aqui.
– Se quiser ver nossas dicas sobre onde comer nesse parque clique aqui.
– Para ver este roteiro em vídeo, é só dar play aí embaixo. Aproveite para dar seu like e se inscrever no nosso canal para receber mais dicas para sua viagem a Orlando. 😉

DICAS GERAIS SOBRE O MAGIC KINGDOM:

Entenda o que mudou
Muitas coisas mudaram na Disney nos últimos anos e entender essas mudanças é essencial para não chegar nos parques desavisado e perder um tempão precioso tentando se familiarizar com o novo funcionamento de tudo. Resumindo bem, o que você precisa saber é:

  • Park Pass: agora além de ter o ingresso, você precisa reservar a sua visita ao parque através do site da Disney. Sem essa reserva, chamada de Disney Park Pass, sua entrada não será permitida. Entenda melhor como o Park Pass funciona e como agendar o seu clicando aqui.
  • Fim do FastPass+: o tão amado fura-filas gratuito que a Disney ofereceu por tantos anos, chegou ao fim. Agora em vez disso, tem duas alternativas de fila-rápidas pagas: as Lightining Lanes individuais e o Genie+. Entenda melhor aqui.

Evite programar sua visita ao Magic Kingdom em uma segunda-feira
Visto que ele é o principal parque do complexo, a maior parte dos turistas que chega em Orlando no domingo ou na segunda opta por ir ao Magic Kingdom no primeiro dia de suas viagens, ou seja, o parque fica bem mais cheio do que os outros.

Chegue cedo
Essa dica vale para todos os parques, mas é especialmente válida em um parque com tantas atrações. Todo mundo planeja chegar cedo, mas pouca gente realmente chega. Isso significa que este é o melhor horário para aproveitar o parque com filas mais toleráveis. Durante as primeiras horas do dia, você pode ter um rendimento muito melhor e aproveitar várias atrações com menos tempo. Na hora de se programar, sempre vale lembrar: chegar no Magic Kingdom não é tão simples quanto parece. Depois que você passa pelo portal do parque, ainda precisa estacionar o carro, pegar monorail ou barco além de passar pela segurança. O processo também demora pra quem vai de carona, então saia de casa com bastante antecedência pra realmente chegar no parque no horário de abertura.

Baixe o aplicativo da Disney no seu celular
O My Disney Experience, aplicativo da Disney te facilita muito a vida nos parques. Além de poder ver o horário dos shows, você também pode usá-lo para ver o tempo de fila em diferentes atrações, pedir comida pelo celular em vez de enfrentar fila, ver suas fotos e até fazer suas compras na Emporium se quiser. Isso só pra citar algumas funcionalidades. Minha dica é baixar o aplicativo ainda do Brasil e explorá-lo um pouco para já ir se familiarizando. Só toma cuidado pra não ficar o dia inteiro de olho no celular e perder de curtir o parque, hein?

Tome uma decisão sobre Genie+ e Lightning Lane
Eu sei que é meio chato ter que “estudar” conceitos e regrinhas novas que a Disney criou antes de visitar os parques, né? Mas se você quiser utilizar esses recursos, é importante entender como eles funcionam e como realmente aproveitá-los antes da visita ao parque. Esses recursos podem ser muito úteis e te poupar muito tempo em fila, mas só se você souber usá-los bem. Você não vai querer gastar estes dólares e não poder tirar proveito, certo? Então se você estiver disposto a pagar pra evitar filas, entenda como o Genie+ e as Lightning Lanes funcionam. A gente já falou muito sobre isso no blog e esse é um bom post pra começar a se inteirar das novidades.

– A melhor rota no parque
Por muito tempo a gente recomendou que você começasse o seu dia pela Tomorrowland, mas as coisas mudaram, já que a Fantasyland e a Tomorrowland abrem antes para os hóspedes da Disney e de alguns hotéis parceiros. Ou seja, quando os demais visitantes chegam, estas áreas do parque já estão bem cheias. 

Por isso, hoje em dia, a melhor estratégia pra você vai depender se você é hóspede da Disney ou não e se pretende comprar os recursos pagos. De forma geral, funciona assim:

Se você for hóspede da Disney e tiver acesso a Early Theme Park Entry, vale chegar uns 30 minutos antes do começo desse tempo adicional para ser um dos primeiros a entrar em uma das principais atrações do parque. 

O melhor mesmo nesse caso é começar pela Seven Dwarfs Mine Train. Com sorte, você consegue ir nessa montanha-russa e ainda entrar na fila do Peter Pan logo no começo do dia. Outra alternativa pode ser a Space Mountain, dependendo do seu interesse. Pra quem viaja com crianças ou não curte atrações radicais, vale a pena começar o dia pela atração do Peter Pan, que apesar de simples, logo se torna uma das maiores filas do parque.  

Se você não for hóspede da Disney, ainda assim chegue pelo menos uns 30-40 minutos antes do parque abrir pra você e fique à postos pra ir para uma das outras áreas do Magic Kingdom assim que possível. Como o resto do parque não participa da Early Theme Park Entry, você ainda terá chance de ser um dos primeiros a entrar nas atrações e evitar filas tão longas. Minha recomendação nesse caso é começar pela Frontierland e já visitar a Big Thunder e a Splash Mountain. Depois você pode seguir para a Liberty Square para curtir a Haunted Mansion e fazer o parque mais ou menos no sentido: Main Street (entrada) > Frontierland > Liberty Square> Adventureland > volta pra Main Street (parada e personagens) > Fantasyland > Tomorrowland > Main Street de novo (show de fogos). Parece dar muitas voltas mas a Main Street é central e não é nenhum desvio muito grande não, viu? 🙂 

Se você tiver intenção de comprar o Genie+ ou uma Lightining Lane individual, estes recursos podem te poupar muito tempo no Magic Kingdom se você fizer bom uso deles. Veja mais sobre a estratégia de Genie+ no Magic Kingdom aqui e vá ajustando o seu percurso do parque de acordo com seus agendamentos.

ROTEIRO DO MAGIC KINGDOM PARA FAMÍLIAS SEM CRIANÇAS

1. CHEGANDO NO MAGIC KINGDOM

Chegar cedo faz toda a diferença pra aproveitar melhor o Magic Kingdom. Lembre-se que uma hora antes do horário oficial de abertura, já é possível passar pela entrada e ter acesso à Main Street. Você pode até tomar café da manhã por lá e tirar sua foto no castelo se chegar bem cedo, enquanto o parque ainda está mais vazio, mas fique logo à postos pra ser um dos primeiros a seguir para as atrações logo que o showzinho de abertura acabar e liberarem a entrada das outras áreas do parque. Em geral, as primeiras 2 horas do parque são menos cheias e dá para percorrer as principais atrações com menos espera.

2. MAIN STREET U.S.A.

A entrada do parque é pela Main Street, por isso vou começar o roteiro por aqui. Na verdade, você deve passar por essa região algumas vezes ao longo do dia: quando entra no parque, mais tarde para ver personagens, assistir a parada e o show do castelo, e no fim do dia para a hora dos fogos.

IMPORTANTE: Não esqueça de pegar um mapa no túnel de entrada do parque. Os mapas em português e adaptados para visitantes com necessidades especiais também ficam neste túnel e na entrada do Guest Relations dos parques.

CURIOSIDADE: Se você reparar direitinho, as janelas da Main Street prestam homenagem a pessoas ou marcos importantes na construção da Disney, como por exemplo o próprio Walt Disney e seu irmão Roy Disney. Se tiver curiosidade, veja mais sobre esse e outros “segredinhos” aqui.

Foto de uma janela com o escrito "Walter E. Disney" na Main Street do Magic Kingdom.
As janelas da Main Street são cheias de detalhes como esse!

Ponto de foto! TIRAR FOTOS
Town Square e Town Square Theater: logo cedo, alguns personagens ficam na praça tirando fotos. Se você chegar cedinho, pode conseguir tirar todas as fotos sem grandes filas, mas saiba que eles estão sempre por lá, então eu prefiro usar essas primeiras horas em outras atrações e voltar aqui para fotos mais tarde. Além disso, dentro do Town Square Hall é onde o Mickey e a Minnie encontram os visitantes. Normalmente mais pro fim do dia as filas dão uma leve folga, por isso eu deixo pra ir no fim do dia.

Castelo da Cinderela: tire suas fotos nesse ícone tão marcante durante o dia e durante a noite. Duas dicas para fotos ainda melhores:

  1. Chame um fotógrafo do Disney Photopass para te ajudar com as fotos, e peça pra ele tirar a foto com a sua câmera também. 
  2. Tire as fotos tradicionais na frente do castelo, mas não deixe de tirar também em outros ângulos. As fotos tiradas nas laterais do castelo, por exemplo, ficam incríveis e tem sempre bem menos gente por ali pra te atrapalhar! 
Foto do castelo da Cinderella no Magic Kingdom durante o dia, com visitantes passando ao redor.
O castelo é lindo de dia!

Dica de comida! FOOD TIP
Uma dica gostosa da Main Street é tomar um sorvete na Ice Cream Parlor. As opções são ótimas, mas eu adoro mesmo o sundae com muita calda de chocolate. Se a vontade for grande ou quiser dividir, considere pedir um sundae na pia do Mickey ou da Minnie. O potinho fica de lembrança para você.

Nada mais gostoso do que comprar um sorvete no meio da tarde e tomar na calçada enquanto assiste a parada ou no gramado em frente ao castelo, enquanto acompanha um show ou vê o movimento do parque. 

Foto do sundae do Mickey vendido no Magic Kingdom, num recipiente vermelho, com uma cobertura de chantilly e duas cerejas.
Sundae do Mickey!

Atrações que achamos imperdíveis IMPERDÍVEIS (DE DIA)
Disney Festival of Fantasy Parade: a tradicional parada da tarde do Magic Kingdom conta com os personagens principais de dezenas histórias e filmes da Disney, dos mais antigos como Cinderella aos mais novos como Anna e Elsa de Frozen. As paradas da Disney são parte integrante do Magic Kingdom e na minha opinião, imperdíveis. Para saber os melhores lugares pra se assistir a parada, clique aqui.

Mickey e Minnie no balão da parada do Magic Kingdom, acenando para os visitantes. As paradas e os shows noturnos foram suspensos por causa da pandemia.
As estrelas do parque durante a parada!

– Mickey’s Magical Friendship Faire: showzinho que acontece em frente ao castelo várias vezes ao dia, com a presença de personagens muito queridos: Mickey e sua turma, princesa Tiana, Rapunzel, Anna, Elsa e Olaf, entre outros. Fique de olho no aplicativo da Disney para não perder o espetáculo.

Atrações que você deve ir se sobrar tempo SE SOBRAR TEMPO
As cavalcades surgiram na época que a parada não estavam acontecendo, mas combinaram tanto com o parque que acabaram se tornando parte da programação fixa. São desfiles mais simples e rápidos, que te dão a chance de ver diversos personagens sem grande alvoroço ou espera, já que se repetem algumas vezes durante o dia. Verifique os horários no app da Disney se quiser assistir.

Mickey’s Celebration Cavalcade: um pequeno desfile em celebração aos 50 anos do Walt Disney World, com os personagens mais clássicos da Disney.

As cavalcades são mini paradinhas que acontecem várias vezes ao dia. Essa é especial dos 50 anos!

Disney Adventure Friends Cavalcade: mais um desfile rápido, este com personagens super diferentes e queridos, como Mirabel, Moana, Miguel, Judy Hopps e até o nosso querido Zé Carioca, além de muitos outros.

A Disney Adventure Friends é a mais nova cavalcade do parque e traz vários personagens diferentes

Atrações que não recomendamos NÃO VALE A PENA
Walt Disney World Railroad: é um trenzinho que dá a volta pelo parque com paradas na Frontierland e na Fantasyland. Ou seja, é um meio de transporte que faz você perder todo o passeio pelos cenários do Magic Kingdom.

A parada é imperdível!

3. FRONTIERLAND

A Frontierland é a região “velho oeste” do Magic Kingdom e uma das mais populares do parque também. Aqui fica a Splash Mountain que molha todo mundo nos meses de calor. Aqui também passam as cavalcades e a parada, e pode ser uma boa alternativa caso você não esteja próximo da bagunça da Main Street nessas horas.

Atrações que achamos imperdíveis IMPERDÍVEIS
Big Thunder Mountainmontanha-russa bem leve e tradicional da Disney. Uma curiosidade: enquanto várias atrações trazem Hidden Mickeys (ou seja, desenhos do Mickey escondido), aqui você encontra uma Sininho em uma das rochas. Ela tá meio de perfil e é um pouco abstrata, mas pode procurar que está lá!

A Big Thunder Mountain é um clássico e é bem tranquila

Splash Mountain: montanha-russa na água que molha bastante, principalmente se você estiver na primeira ou na segunda fileira do barquinho. Além de super divertida, a vista do parque lá de cima é incrível também! Se você for entre Novembro e Março, não recomendo por conta do frio (em geral ela até fecha em Janeiro).

OBS: As duas são bem tranquilas e valem mesmo que você não goste desse tipo de brinquedo.

Foto da Splash Mountain no Magic Kingdom. Ela imita uma montanha de verdade e é possível ver um carrinho na água descendo por ela.
Todo mundo curte a Splash Mountain

Atrações que não recomendamos NÃO RECOMENDO
Country Bear Jamboree: páreo duro com o Carousel of Progress e com o Hall of Presidents pelo título de melhor cochilo na Disney.

Tom Sawyer Island: paraíso para crianças aventureiras, mas bem bobinho pros jovens e adultos. Tô falando que é bobinho mas tem um gruta que eu nunca entrei porque tenho medo de não conseguir mais sair de lá. Só pros fortes.

– Frontierland Shooting Arcade: pagar pra atirar no tiro ao alvo com tanta atração legal que não custa nada a mais? Tô fora!

4. LIBERTY SQUARE

A menor região do Magic Kingdom tem seu charme. Comida boa, lojas interessantes e minha segunda atração favorita do parque.

Dica de comida! FOOD TIP
Jamais deixe de comer o INCRÍVEL Funnel Cake with Strawberry Topping and Whipped Cream no Sleepy Hollow. Não vou descrever o que é isso, só me faça o favor de comer porque ele é o vencedor do nosso top 10 doces da Disney.

Foto do funnel cake do Magic Kingdom, uma massinha polvilhada de açúcar com calda de morango no centro.
Apenas coma um desses! Vale a pena!

Atrações que achamos imperdíveis IMPERDÍVEL
Haunted Mansion: é minha segunda atração favorita do Magic Kingdom, desde que era pequeno. Sim, é um “trem fantasma”, mas é engraçado e dificilmente as crianças sentem medo. Vá em frente e procure os inúmeros hidden Mickeys (e até um hidden Donald) escondidos por ali. E um desafio para os fãs de Disney: há um anel de diamante que pertence à noiva fantasma da atração, preso no chão no meio da fila. Demorou muito pra gente achar! Se você encontrar, volte aqui pra nos contar, e se não achou, veja como encontrar aqui.

Atrações que não recomendamos NÃO RECOMENDO
Hall of Presidents: é um show sobre os presidentes dos Estados Unidos, conhecido também como mais uma atração para o cochilo da tarde. Traz um teatro com todos os presidentes americanos em bonecos de cera conversando.

Liberty Square Riverboat: parece um bom e tranquilo passeio de barco a vapor no meio da tarde, mas no fundo é uma atração sem graça e que toma um tempão.

5. ADVENTURELAND

Uma região bem curtinha do Magic Kingdom mas com boas atrações. Já as lojas da Adventureland são todas um fiasco e só vendem quinquilharias como chapéus de safari, cobras de plástico, roupas de dança do ventre e espadas de plástico.

CURIOSIDADE: Repare que da Adventureland, é muito difícil enxergar o castelo da Cinderela inteiro. A Disney tapa quase tudo com árvores, já que na floresta não há castelo né?

Atrações que achamos imperdíveis IMPERDÍVEIS
Jungle Cruise: o passeio em si é bobinho, mas se você entender um pouco de inglês vai dar muita risada das piadas do motorista do seu barco (chamado de skipper) se ele ou ela for bom. Quanto mais a noite fica, mais adultas e engraçadas as piadas são. Um show à parte.

Pirates of the Caribbean: tudo nessa atração é legal, da fila à saída; ela inteira te faz se sentir em um cenário completamente diferente do resto do parque. A loja é a única que se salva um pouco de toda essa área do parque.

Foto da entrada da atração Pirates of the Caribbean no Magic Kingdom. A placa da atração imita uma bandeira pirata esfarrapada.
Preste atenção nos detalhes da fila do Piratas do Caribe

Dica de comida!FOOD TIP
Logo na entrada da Adventureland de quem vem da Main Street, fica um carrinho que faz rolinhos primavera de sabores diferentes. Atualmente estão oferecendo um de pastrami que me surpreendeu muito! É um dos melhores lanchinhos do parque sem dúvida e dependendo da sua fome, pode substituir uma refeição! A gente adora comprar e comer no gramado em frente ao castelo ou enquanto vai para a próxima atração mesmo. Muita gente ama o rolinho de cheeseburger que é encontrado ali também, mas eu acho que tem muito gosto de picles – que eu detesto

Pra quem prefere doce, uma sobremesa famosa da Adventureland é o Pineapple Float. Uma espécie de suco de abacaxi com sorvete de creme ou de abacaxi boiando em cima. É uma delícia e olha que eu não gosto muito de abacaxi. Você encontra o Pineapple Float no Aloha Isle. Clique aqui para ler o que a Re já falou dele aqui no VPD, na lista dos 10 melhores doces da Disney.

Atrações que você deve ir se sobrar tempo SE SOBRAR TEMPO
The Magic Carpets of Aladdin: uma daquelas atrações infantis clássicas que ficam girando e indo pra cima e pra baixo. Não tem muita graça e só vale se não tiver nenhuma fila.
 A Pirate’s Adventure: Treasures of the Seven Seas: caça ao tesouro interativa, onde os participantes têm de derrotar os inimigos do Capitão Jack Sparrow por toda a Adventureland. Dois avisos são válidos: o jogo é totalmente em inglês e pode demorar um pouco para ser completado.

Foto da entrada da atração de Aladdin no Magic Kingdom. A placa é azul-clara e diz "The Magic Carpets of Aladdin" na mesma fonte usada para o filme.
Atração do Aladdin

Atrações que não recomendamos NÃO RECOMENDO
The Enchanted Tiki Room: outra atração clássica da Disney que eu fui apenas duas vezes na vida e tive a mesma sensação nas duas: depois de 5 minutos sentado lá dentro, me arrependi profundamente de ter entrado.

Swiss Family Treehouse: é um grande playground em uma trilha que passa por uma casa na árvore bem grande. E só!

Foto do Magic Kingdom visto de cima a partir da Swiss Family Treehouse. É possível ver muitas árvores e o castelo da Cinderela ao fundo.
O parque visto de cima da Swiss Family Treehouse

Dependendo da hora que você chegar nessa parte do roteiro, pode ser um bom momento para fazer um desvio e ir para a Main Street pra ver os personagens e escolher um bom lugar para assistir a parada e quem sabe até alguma cavalcade. 

6. FANTASYLAND

Essa é a região mais “Disney” do Magic Kingdom, ou seja, isso significa que algumas atrações não vão agradar a população acima de 10 anos.

As atrações mais populares dessa região são a montanha russa dos 7 anões e o Peter Pan’s Flight, que é uma atração bem tradicional e que por isso, tem filas gigantes.

Atrações que achamos imperdíveis IMPERDÍVEIS
Seven Dwarfs Mine Train: essa é a atração mais popular do parque, e em virtude de estar na Fantasyland, é recheada de atrativos que a tornam muito mais que uma simples montanha russa: existe uma história que é contada durante o brinquedo, e os carrinhos tem um “balanço” que tornam a experiência mais divertida. Além disso, até a fila é menos cansativa por causa de jogos interativos que a Disney colocou ali. Só não espere uma montanha russa radical, né? Ela é voltada para as crianças, lembre-se disso.

Foto da entrada da Seven Dwarfs Mine Train no Magic Kingdom. As placas de madeira exibem o nome da atração e "stand-by entrance" com o tempo de espera abaixo
Essa é uma das atrações mais concorridas do parque

Mickey’s PhilharMagic: minha atração favorita no parque. Sem mais comentários.
Peter Pan’s Flight: essa atração foi projetada há muitos anos e é uma das originais de quando a Disneyland foi inaugurada na Califórnia. Ela ainda existe por lá, assim como nas Disneylands de Paris e Tóquio. É um passeio tradicionalíssimo pela história do Peter Pan que na minha opinião, não sai de moda.

Isso dito, fica o aviso: ela é relativamente simples e não tem nada de especial além da nostalgia de um clássico. Para muitos, não justifica a fila gigante e se você só curtir atrações radicais, pode passar batido daqui. Mas se você, como a gente, curte os clássicos da Disney, vale a pena conhecer.

Peter Pan: um clássico que pode ter esperas bem longas

Ponto de foto! TIRAR FOTOS
Princess Fairytale Hall: é o ponto de encontro com princesas da Disney. Aqui o espaço é dividido em duas filas diferentes – em uma delas você encontra a Cinderella e a Elena de Avalor, enquanto na outra, você encontra a Rapunzel e a Tiana. De vez em quando as princesas que aparecem ali podem mudar, então sempre verifique os nomes na entrada antes de encarar a fila. 

 Pete’s Silly Slideshow: para quem quer encontrar Minnie, Margarida, Pato Donald e Pateta nas suas versões circenses. Esse espaço é tão escondido no fundo do parque que pouca gente nota e dá para encontrar personagens super clássicos com filas bem mais toleráveis.

Atrações que você deve ir se sobrar tempo SE SOBRAR TEMPO
Mad Tea Party: atração que traz como tema o filme Alice no País das Maravilhas e é composto pelas tradicionais xícaras que giram. Antes de entrar em uma das xícaras, fica o alerta: na minha opinião elas giram a ponto de te deixar mais enjoado do que qualquer montanha-russa de Orlando.

Prince Charming Regal Carrousel: sem segredos aqui: é um carrossel, e os detalhes nos cavalos são em ouro de verdade!

Under the Sea – Journey of the Little Mermaid: atração da Pequena Sereia, que não impressiona muito não. A não ser que você esteja com muita vontade de conhecer ou veja a atração com pouca fila, eu não recomendo.

Enchanted Tales with Belle: a atração é “bonitinha”, mas sem dúvida é para crianças e pra quem entende e consegue interagir em inglês. Outra atração daquelas que convida a platéia pra participar. Apesar disso, se você for fã de Bela e a Fera, pode gostar pois você passa por várias cenas e personagens do filme nessa atração.

Foto da Fantasyland do Magic Kingdom à noite, com o carrossel iluminado e o castelo da Cinderela também iluminado ao fundo
Um pouquinho da Fantasyland à noite

Atrações que não recomendamos NÃO RECOMENDO
The Many Adventures of Winnie the Pooh: ela tem um estilão do Peter Pan de contar a história dos personagens, mas não tem o lado de ser um clássico. Eu simplesmente nunca entendi essa atração. De fato eu não devo ser público-alvo dela.

It’s a Small World: um clássico mas que toca uma música infernal que você vai ficar cantarolando até o fim do dia (ou pelo menos até você ir ao Carousel of Progress). E eu nunca consigo determinar os bonequinhos que representam o Brasil ali 🙁

Dumbo the Flying Elephant: minha atração preferida quando eu tinha 7 anos, mas que não vejo graça desde essa época. Apesar disso, as crianças adoram, inclusive as minhas. O playground interno que fica no meio da fila faz tanto ou mais sucesso quanto a atração em si. 

CURIOSIDADE: quando estiver por ali, note as cascas de amendoim no chão. Rastros de um dos lanchinhos do Dumbo!

The Barnstormer: montanha russa do cardápio infantil da Disney. Não vou dizer que não sinto frio na barriga, mas não pego fila aí por nada.

Casey Jr. Splash ‘N’ Soak Stationpraça com dezenas de esguichos e fontes que o único propósito é molhar as crianças no verão.

7. TOMORROWLAND

É a região do parque com tema futurista, e apesar de ser uma representação um pouco antiga do que a gente imagina que vai ser o futuro, ainda assim é uma área com atrações bem legais. É aqui também que vai ficar a nova montanha russa de Tron que está em construção e promete ser uma das mais incríveis de Orlando!

Atrações que achamos imperdíveis IMPERDÍVEIS
Space Mountain: montanha russa no escuro bem tradicional no Magic Kingdom e na Disneyland. Eu gosto muito dela, ainda que chacoalhe muito e eu ache toda a hora que ela vai bater em algo. Só não recomendo pra quem tem labirintite: minha mãe saiu de lá me xingando muito.

A Space Mountain tem versões em todas as Disney pelo mundo, exceto na de Shanghai

Monsters Inc. Laugh Floor: show de stand-up comedy muito engraçado, mas atenção: se seu inglês não é assim uma Brastemp, talvez você não goste tanto e fique um pouco perdido. Além disso, fica um alerta para os tímidos: essa é uma daquelas atrações que convida algumas pessoas da plateia para participar.

Atrações que você deve ir se sobrar tempo SE SOBRAR TEMPO (do “melhor” para o “pior”)
Buzz Lightyear’s Space Ranger Spin: atração em que cada pessoa tem uma arminha e tem que atingir os alvos ao longo do caminho. No final, somam-se os acertos e cada um sai com uma pontuação. A Re já fez a pontuação máxima! 999.999 🙂

Quero saber quem também conseguiu a pontuação máxima

Astro Orbiter: um repeteco do Dumbo e do tapete do Aladdin. Vá se quiser uma boa vista do parque e das imediações. O Astro Orbiter é um dos pontos mais altos do Magic Kingdom, mas na minha opinião, está longe de ser inesquecível.

Tomorrowland Speedway: o autorama do parque. Amei quando tinha 7 anos mas hoje só vou por causa dos meus filhos. Sem criança, dá pra pular tranquilamente.

Atrações que não recomendamos NÃO RECOMENDO
Carousel of Progress: excelente para tirar aquele cochilo pós almoço. Ah, e para te deixar com aquela música infernal na cabeça o dia inteiro. There’s a great, big, beautiful tomorrow…
People Mover – Tomorrowland Transit Authority: se você estiver muito cansado da andança, é um passeio bem gostoso para descansar, mas fora isso, não é nada memorável. Só vá se você estiver MUITO cansado.

8. MAIN STREET

No fim do dia, depois que tiver andado pelo parque todo, você deve voltar para a Main Street para admirar o castelo à noite e curtir o espetáculo noturno, que mostra que o Magic Kingdom guarda o melhor para o final! 

Atrações que achamos imperdíveis IMPERDÍVEIS (DE NOITE)

Disney Enchantment: é o show de fogos noturno do Magic Kingdom durante a celebração de 50 anos do Walt Disney World. Muita gente cai na besteira de sair correndo do parque antes do fim do dia para evitar as filas no estacionamento, ou ainda pra fazer compras e por isso, acaba perdendo esse show, que na minha opinião, vale o preço do ingresso por si só. Se você não assistiu, não fez valer o que pagou para entrar no Magic Kingdom, então me faça um favor e fique para os fogos. Mais uma dica: ASSISTA o show, ou seja, não se preocupe em filmar ou tirar fotos. Para saber os melhores lugares pra se assistir o show de fogos, clique aqui.

Foto do castelo da Cinderela no Magic Kingdom, iluminado em azul com os fogos de artifício no céu noturno.
O momento mais feliz de um dia no Magic Kingdom: o show de fogos final.

– Beacons of Magic: iluminação especial do castelo em celebração aos 50 anos do Walt Disney World. A iluminação acontece várias vezes depois que anoitece, e deixa o castelo ainda mais bonito! 

– Depois dos fogos e Kiss Goodnight: sei que o dia no Magic Kingdom é longo, mas se tiver energia, fique no parque um pouco mais depois dos fogos. As filas pra sair do Magic Kingdom e ir pro estacionamento ficam gigantes e muito demoradas. Dá pra evitar o pior dessa espera, ficando um pouco mais no parque, seja aproveitando mais uma atração (se ainda estiverem abertas) ou fazendo suas comprinhas nas lojas que continuam funcionando por algum tempo; ou ainda tirando suas últimas fotos com o castelo mais vazio. Se você esperar 30 minutos por lá, na maioria das noites, de quebra vai poder ver o Kiss Goodnight, uma pequena cerimônia de encerramento da noite. 

Já conhece nossos outros sites?
Compre ingressos, hospedagem e cruzeiros com desconto no VPD Travel, a agência do VPD.
Veja as dicas de Nova York no VPD NY.
Vídeos toda semana no nosso canal do Youtube.
Siga a gente também no Instagram!