Preparativos

Como escolher o transporte em Orlando

Todos os dias dezenas de leitores nos perguntam sobre a melhor maneira de se transportarem em Orlando. Alguns viajam sozinhos, outros com muitas malas, outros ainda não possuem idade para alugar um carro nos EUA, então hoje aqui vou tentar detalhar cada meio de transporte da cidade, bem como quais os pontos positivos e negativos de cada um deles.

Eu consigo falar com bastante propriedade sobre os transportes em Orlando pois posso dizer que já experimentei de todos: desde aluguel de carro, que vêm sendo a minha escolha nas minhas ultimas viagens, até usar o famoso busão Lynx quando morava em Orlando e não tinha idade, nem dinheiro para qualquer outra forma de transporte hehe.

Alugar carro

Quem já leu as outras matérias sobre o assunto que eu já escrevi aqui no Vai Pra Disney, sabe que essa é a forma de transporte que eu sempre recomendo. Isso pois, na minha opinião, Orlando é uma cidade muito espalhada e as coisas ficam a kilômetros (ou milhas para usar o linguajar local) de distância umas das outras.

Se olharmos dois pontos muito populares da cidade, como por exemplo o Magic Kingdom e o shopping Florida Mall, vemos que eles ficam a 26 kms de distância entre eles.
Usando um carro, você vai demorar uma média de 25 minutos para chegar até lá, de ônibus circular, pelo menos 2 horas, depois de pegar duas linhas diferentes. A pé, você demoraria quase 6 horas para chegar até o shopping. Como fazer compras depois disso né? E a volta?

Estacionamento quase sempre grátis. Um dos benefícios de se alugar carro em Orlando.

Estacionamento quase sempre grátis. Um dos benefícios de se alugar carro em Orlando.

É claro que alugar um carro não é sempre barato, mas se pensarmos no conceito de custo benefício, ele ganha de todos as outras formas de transporte que irei detalhar abaixo, na minha opinião (sempre! e óbvio que respeito opiniões diferentes). Penso que o aluguel de carro tem as seguintes vantagens e desvantagens:

Pontos positivos de alugar um carro em Orlando

  • Facilidade e rapidez: você pega o carro a hora que quiser, segue pela rota que escolher e não depende de outros para chegar ao seu destino.
  • Estacionamentos: apesar das caras diárias cobradas pelos parques de diversão, você não vai mais ter que pagar estacionamentos na cidade. O que é uma situação bem diferente de quem mora nas cidades grandes, seja no Brasil ou nos EUA. Lá em Orlando, shoppings, outlets, supermercados, restaurantes e quase todas as outras atrações da cidade oferecem estacionamento gratuito. Um benefício de se estar em uma cidade com muito espaço livre.
  • Dirigir: ao contrário do que muita gente pensa, dirigir em Orlando não é difícil. Eu inclusive arriscaria a dizer que é gostoso. As estradas são ótimas, as ruas bem asfaltadas e o mais curioso: quase não tem rampas e declives. A Re por exemplo não gosta de pegar na direção aqui em São Paulo, mas lá em Orlando dirige para todos os lados. Quem quiser ler mais sobre como é dirigir em Orlando bem como as leis e as dicas, clique aqui.

Pontos negativos de alugar um carro em Orlando

  • Preço: além do custo do aluguel, são atrelados ao valor do carro os seguros e o combustível. Em viagens mais longas e em alta temporada o preço pesa no bolso, mas como eu disse mais acima, o benefício compensa.

Alugando um carro dentro da Disney

Muitas famílias e turistas que resolvem se hospedar em um dos hotéis da Disney, além da experiência inesquecível, levam de lambuja uma rede de transporte bem completa e gratuita que falo mais abaixo. Porém, essa malha composta de ônibus, barcos, lanchas, balsas e trens só serve os parques, hotéis e outras atrações do complexo Disney. Quem quer sair para fora dele para ir nos parques da Universal ou da Sea World, ou ainda fazer compras em alguns dos shoppings e outlets, tem que se virar. Uma boa opção é alugar um carro somente nos dias que planeja sair do complexo e para isso retirar o veículo lá dentro mesmo.

botao-alugue-carro-orlando-desconto-promocao

A locadora oficial da Disney é a Alamo (e a National que é da mesma empresa) e o seu pátio dentro do complexo fica ao lado do TTC (Código no site da Alamo é ORLR72 e no site da National é ORLR02), o Transportation and Ticket Center, que é também conhecido como o estacionamento do Magic Kingdom. Para buscar o carro na Alamo, basta você pedir na recepção do seu hotel que eles chamam um microônibus que te busca para pegar o carro no pátio e te leva de volta ao hotel após a devolução. Quem quiser pode também ir até o pátio da Alamo se dirigindo até o TTC, pegando um ônibus para o Magic Kingdom e depois o monorail.

Microônibus da Alamo que te busca em todos os hotéis da Disney.

Microônibus da Alamo que te busca em todos os hotéis da Disney.

Vale dizer que alugar um carro na Alamo dentro da Disney é quase sempre mais caro do que alugar na Alamo do aeroporto e ainda mais caro do que alugar em outras lojas da Alamo espalhadas pela cidade. Porém é uma facilidade para quem quer ficar dentro do complexo.
Algumas outras locadoras possuem lojas em hotéis dentro do complexo da Disney, porém para chegar até lá, você precisa pegar um taxi, ou um ônibus da Disney que te deixe próximo:

  • Alamo/National do Walt Disney World Dolphin Hotel (loja Alamo ORLR74 e loja National ORLR13). Ônibus para esse hotel são gratuitos de qualquer parque da Disney ou do Disney Springs.
  • National do Buena Vista Place (loja ORLR03). Pegue um ônibus do seu hotel até o Disney Springs e saia na parada do Marketplace. Depois é só atravessar a rua para o Buena Vista Place.
  • Avis no Hilton Lake Buena Vista (loja LB3) hotel que já falamos aqui no VPD. Pegue um ônibus do seu hotel até o Disney Springs e saia na parada do Marketplace. Depois é só atravessar a rua para o Hilton.
  • Budget no DoubleTree Suites (loja M03). O mesmo caminho que disse para o Buena Vista Place e para o Hilton acima, mas ele fica um pouquinho mais distante caminhando.
  • Dollar no Wyndham Lake Buena Vista (loja MCOS01), outro hotel que já falamos aqui no VPD. Assim como os caminhos para os outros hotéis acima, pegue um ônibus até Disney Springs e caminhe até o hotel.

Taxi

Outro meio de transporte muito perguntado por todos é o taxi. Eu usava bastante quando morava em Orlando (claro que sempre dividindo com muitas pessoas) e naquela época notei que os taxistas gostavam mais de combinar o preço ao invés de ligar o taxímetro, chamado de ‘meter’em inglês (lê-se “mitêr”). E eles eram bem abertos para negociar o preço.
Se se sentir confortável, vá em frente, senão peça para ligar o taxímetro e pronto.

Taxis estão por todos os lugares em Orlando. É só sair e dar de cara com um monte para negociar.

Taxis estão por todos os lugares em Orlando. É só sair e dar de cara com um monte para negociar.

Para ter uma noção de quanto vou gastar de taxi, bem como para ter uma idéia de onde vou começar a negociação do valor fechado, sempre uso Taxi Fare Finder onde você inclusive conta com uma lista de locais e pontos mais clássicos da cidade. Depois de escolher a origem e o destino, ele te dá uma estimativa do valor. Na minha opinião, são essas as vantagens e desvantagens do uso de taxi em Orlando:

Pontos positivos de usar taxi em Orlando

  • Disponibilidade: eles estão sempre lá, na saída dos parques, shoppings, do jogo de basquete e até do supermercado. É só se aproximar e dizer para onde vai.
  • Não ter que dirigir: isso é algo que eu gosto de fazer, ainda mais em Orlando, mas tem gente que não curte, que não se sente segura ou que não sabe mesmo dirgir. Então o taxi é um bom aliado.
  • Rapidez: querendo ou não, assim como alugando um carro, com o taxi você chega rápido em qualquer lugar da cidade, sem depender dos outros. E você nem precisa se preocupar em achar o endereço ou ligar o GPS/Waze/Google Maps e afins.

Pontos negativos de usar taxi em Orlando

  • Preço: pois ter um taxi te levando para cima e para baixo não sai barato. Principalmente pelo ponto abaixo.
  • Gorjeta: sim meu caro leitor, nos EUA assim como os garçons, carregadores de mala, massagistas e guia turísticos, os taxistas também esperam as famosas tips e se você ameaçar a sair do carro sem deixar entre 15 e 20% da corrida na mão dele, esteja preparado para ouvir um pedido ou um xingamento. E dica de amigo: separe algumas notas de 1 dólar na carteira pois dar gorjeta em moeda pega muito mal.
  • Praticidade: coloco isso pois eu não acho nem um pouco prático você sair de um dia de compras no outlet, com 50 sacolas nas mãos, ter que procurar um taxi, guardar tudo no porta malas, descarregar no hotel e por ai vai. Simplesmente eu não acho, mas como eu sempre digo e repito (1 milhão de vezes) é a minha opinião.
Os Checker Cab estão por todos os lados de Orlando. Prepare-se.

Os Checker Cab estão por todos os lados de Orlando. Prepare-se.

Uber

Uber chegou mudando nossas vidas, e eu pessoalmente acho bem melhor que taxi principalmente na questão malandragem, porque uma avaliação ruim de um passageiro já prejudica muito o motorista. Além disso, geralmente tem valores mais em conta que os taxis comuns, o que já torna essa opção bem interessante também.

Porém, vale dizer que o Uber cobra em dólares no cartão de crédito, então você vai pagar IOF em cima do valor e estar sujeito à variação cambial da fatura do cartão. Veja bem quanto está disposto a gastar nesse caso. Mas, existe uma forma de fugir do IOF, como falo mais abaixo:

Pontos positivos de usar Uber em Orlando

  • Disponibilidade: eles estão sempre lá, na saída dos parques, shoppings, do jogo de basquete e até do supermercado. Basta ter uma conexão com a internet.
  • Não ter que dirigir: como já disse, eu gosto de dirigir, mas sei que tem muita gente que não curte ou que não se sente segura, então o Uber também é um bom aliado nesses casos.
  • Rapidez: querendo ou não, assim como alugando um carro, de Uber você chega rápido em qualquer lugar da cidade, sem depender dos outros. E você nem precisa se preocupar em saber o caminho ou procurar vaga pra estacionar.
  • Preço: geralmente a corrida em si é mais barata do que um taxi comum, e não tem que pagar estacionamento nos parques (já é uma economia de US$22/dia!). Se estiver em um hotel não muito distante das atrações pode sair mais em conta do que alugar carro, então faça suas contas 🙂
  • Não precisa falar inglês: ali no aplicativo mesmo você já coloca seu destino desejado e como o pagamento é feito pelo cartão você nem precisa falar nada com o motorista que ele te deixará no lugar que escolher.

Pontos negativos de usar Uber em Orlando

  • Depende de uma conexão de internet – precisa de um chip com sinal de internet ou uma rede Wi-Fi pra pedir seu Uber
  • Cobra IOF – não dá pra pagar Uber com dinheiro em Orlando, mas uma forma de fugir do IOF é comprar Gift Cards em espécie nas lojas de conveniência e colocar crédito na sua conta do Uber
  • A tarifa dinâmica torna a corrida mais cara em horários de pico, como horário de fechamento dos parques, eventos especiais, shows etc.

Uma boa forma de simular quanto gastará nas corridas do Uber é utilizar o site Uber Estimate, assim dá pra fazer seus cálculos e ter uma idéia de quanto vai gastar nos trechos que pretende fazer.

Transporte público

Não, Orlando não tem metrô. Transporte público aqui é o nosso querido e aclamado busão 🙂 Em Orlando, operado pela empresa Lynx. Brincadeiras a parte, é preciso reconhecer que a cobertura dos ônibus circulares em Orlando é bem grande. Existe uma infinidade de linhas e elas chegam em qualquer lugar. Além disso, a tarifa é bem baratinha, cerca de $2 por trajeto. Mas as coisas boas param por ai.

Se você leu o post desde o começo, vai lembrar o exemplo que eu dei sobre ir de Lynx do Magic Kingdom até o Flórida Mall pode demorar pelo menos 6x mais do que indo de carro. E veja que são poucos os locais dentro da Disney que o Lynx possuí ponto.

Ponto do Lynx do lado de fora da Universal. Prepare-se para horas no trajeto.

Ponto do Lynx do lado de fora da Universal. Prepare-se para horas no trajeto.

Outra alternativa para quem fica hospedado na região da International Drive é o I-RIDE Trolley, um ônibus disfarçado de “bondinho” que opera 6 linhas ao longo da cumprida avenida. São centenas de pontos de paradas que conectam os dois Premium Outlets, o da Vineland e o da International Drive. O custo da passagem é de $2 dólares para adultos e $1 dólares para crianças de 3 a 9 anos. Idosos (65+) pagam só $0.25 e ainda existem passes diários onde você paga um preço fixo e pode andar a vontade por todas as linhas do serviço.

Pontos positivos de usar o transporte público de Orlando

  • Preço: é bem barato usar ônibus Lynx ou o I-RIDE Trolley em Orlando e por menos de $5 dólares, você consegue viajar entre extremos da cidade.
  • Cobertura: por ser um serviço de transporte público, as linhas do Lynx cobrem uma boa parte de Orlando e por mais conexões/baldeações você tenha que fazer, em geral você consegue chegar onde precisa por alguns poucos dólares.

Pontos negativos de usar o transporte público de Orlando

  • Demora: nunca usei os ônibus de Orlando de forma ágil. Todas as vezes que precisei pegar um Lynx, demorei horas para chegar em meu destino e quase sempre foi necessário trocar 1 ou 2 vezes de ônibus para cumprir a rota. Dica: se for usar para chegar a um compromisso com horário marcado, saia com muitas horas de antecedência.
  • Praticidade: mais uma vez não sei como seria possível fazer altas compras nos shoppings e voltar pro hotel com sacolas dentro do Lynx. Mas as vezes você é mais guerreiro/a que eu e aguenta o tranco.

Links importantes
Veja o trajeto para pegar o Lynx em Orlando
Se quiser ver o mapa completo do I-RIDE Trolley clique aqui

Transfers, shuttles e vans

Outra opção que ainda é muito pouco explorada por famílias e grupos menores em Orlando são os famosos transfers, ou também conhecido no inglês por shuttles. Quase sempre feito por vans, esse serviço funciona como um taxi, mas o valor é sempre combinado antes e o legal é que ele é feito para servir o seu grupo somente.

Utilizar shuttles é uma boa maneira para quem está em um grupo maior e não quer por exemplo, ficar alugando vários carros e também não tem muitos motoristas no grupo a disposição. Eu já experimentei o uso de transfers dentro dos próprios hotéis da Disney. Eu queria ir para a Universal e não tinha alugado carro. De taxi eu pagaria pelo menos $40 dólares para chegar até lá (e depois teria que pagar o mesmo para voltar) e usando o Lynx, me tomaria umas 2 ou 3 horas. Então, fui até o balcão de concierge do meu hotel e perguntei se ele conhecia opções de shuttles para me levar até a Universal. Ele disse que alugar uma van sozinho, iria me custar $100 dólares para ida e volta, mas que ele conhecia um grupo de mais 6 pessoas que também queria isso. Então eles nos juntou e cada um pagou menos de $15 dólares pelo serviço completo.

Seguindo essa placa na Universal você encontra o ponto de espera pelas vans e shuttles, além de taxis e circulares.

Seguindo essa placa na Universal você encontra o ponto de espera pelas vans e shuttles, além de taxis e circulares.

São muitas as empresas de shuttles e transfers em Orlando, por isso, sempre peça recomendação no seu hotel que eles vão ter alguém para te indicar. Isso é o que eu faço pelo menos.

Quem tiver interesse em saber os serviços de transfer de uma operadora parceira do VPD, é só enviar um e-mail para reservas@vpdtravel.com com as informações dos trajetos para uma cotação 🙂

Pontos positivos de usar transfers em Orlando

  • Comodidade: você não tem que se preocupar em dirigir e em geral, os motoristas dos transfers ficam te esperando tanto na ida quanto na volta. É só combinar um horário e um ponto de encontro.
  • Rapidez: por ter um destino único, sem paradas e somente para o seu grupo, os transfers se locomovem por Orlando com a mesma rapidez dos taxis e dos carros alugados.
  • Capacidade: permite que grupos maiores curtam a viagem juntos. Mas aqui vale uma ressalva, para grupos muitos grandes, a gente sempre recomenda ter uma alternativa para aquelas pessoas que não querem fazer o mesmo programa que a maioria. Veja nossas dicas aqui.

Pontos negativos de usar transfers em Orlando

  • Preço: esse ponto é positivo e negativo, porque se tiver em um grupo grande, o preço será ótimo, mas se o grupo for pequeno, vai acabar saindo mais caro do que um taxi comum.
  • Rotas fixas: aquele ‘ahhh, mas eu só queria dar uma paradinha na farmácia ou no supermercado’ nem sempre é possível, uma vez que os transfers são, como o nome já diz, meios de transferência de um ponto para outro. Ou seja, espere rotas fixas e sem paradas, a não ser que previamente combinadas com a empresa e com o motorista.

Transporte dos hotéis

Muitos hotéis de Orlando oferecem transporte gratuito para alguns parques, com shuttles e microônibus que fazem roteiros e horários pré estabelecidos. Por isso, sempre pergunte na recepção se o hotel disponibiliza algum tipo de transporte para os parques. Em vários dos hotéis que já avaliamos aqui, como o Hilton, Hampton Inn, WorldQuest e Blue Heron, o transporte era oferecido sem custo adicional.

Ônibus oferecido gratuitamente pelo Hilton Lake Buena Vista, que já escrevemos aqui no blog.

Ônibus oferecido gratuitamente pelo Hilton Lake Buena Vista, que já escrevemos aqui no blog.

Em geral, os hotéis fixam 3 horários de ida e 3 horários de volta e fazem a rota entre o hotel e um dos parques, quase sempre o Magic Kingdom ou o Epcot. De lá, cada um pode pegar o ônibus gratuito da Disney para os outros parques do complexo. Alguns hotéis também oferecem transporte para os parques da Universal, mas como eles ficam um ao lado do outro o ponto de encontro é o mesmo. Para saber se o seu hotel disponibiliza o transporte gratuito, recomendo acessar o site dele ou entrar em contato por email ou telefone. Quase sempre a resposta vem super rápido.

Pontos positivos de usar os transportes oferecidos pelos hotéis de Orlando

  • Preço: nada! E de graça até injeção na testa né? hehe alguns hotéis cobram uma tal de ‘resort fee’ e dizem que com ela, você poderá usar o transporte para os parques. Como essa taxa nunca é opcional, gosto de pensar que o transporte é gratuito pois mesmo não usando, eu teria que pagar.

Pontos negativos de usar os transportes oferecidos pelos hotéis de Orland

  • Rotas fixas: hotel-parque-hotel. Nada além disso para você.
  • Sem compras: ainda não conheci um hotel que oferecesse transporte para os shoppings e outlets de Orlando, por isso, se quiser gastar os seus caros dólares em compras, vai ter que encontrar outro meio para chegar lá.

Transporte da Disney

Já falamos bastante sobre o sistema de transporte da Disney, então se você ainda não conheçe muito sobre todas as formas gratuitas de se locomover por dentro do complexo, clique aqui para ler o guia. Em linhas gerais, o transporte dentro do complexo da Disney é amplo, rápido e abundante, além de ser gratuito para todos. Nele você conta principalmente com ônibus que ligam os parques com os hotéis, mas também barcos, balsas, lanchas além do famoso monorail. Todos podem usar o transporte da Disney sem pagar nada.

Além do transporte interno da Disney, os hóspedes dos hotéis do complexo também podem utilizar o Disney Magical Express, que é o traslado oferecido pela empresa entre o aeroporto de Orlando e o seu hotel. A experiência é bem mágica e já contamos todos os detalhes aqui.

Transporte interno entre os parques, hotéis e Downtown Disney. Uma mão na roda e ainda por cima, sem pagar nada

Transporte interno entre os parques, hotéis e Disney Springs. Uma mão na roda e ainda por cima, sem pagar nada

Pontos positivos de usar o transporte dentro da Disney

  • Preço: aproveite pois é uma das poucas coisas que a Disney não cobra.
  • Frequência: os ônibus, monorails e barcos têm todos uma boa frequência, principalmente nos horários de pico, ou seja, logo pela manhã e no fim da noite.
  • Facilidade: em cada ônibus, você encontra o destino e pronto. Aqui você não precisa se preocupar com o número da linha nem com paradas e baldeações.
  • Conexões: estudando o mapa, sempre há um jeito de chegar a qualquer lugar do complexo Disney, Por exemplo: apesar de não haver transporte direto entre os parques e o Disney Springs, você pode pegar um ônibus do parque para qualquer hotel e de lá, pegar um outro ônibus para o Disney Springs.

Pontos negativos de usar o transporte dentro da Disney

  • Área: por ser o transporte interno do complexo, não espere encontrar nenhum meio para chegar nos shoppings e nos outros parques da cidade. Para isso, use um dos métodos já descritos acima.
  • Lotação: em alta temporada e nos hotéis mais populares (principalmente os que são lar de muitos grupos de excursão, como os All Star), pegar um ônibus da Disney depois dos fogos do Magic Kingdom pode ser um sufoco. Por isso, dê um tempinho depois do parque fechar antes de se aventurar nas gigantes filas que se formam para entrar nos ônibus super lotados.

Transporte da Universal

Com o lançamento do hotel Cabana Bay, muitos brasileiros têm procurado informações sobre o transporte dentro da Universal. E até mesmo o site do parque não é muito claro sobre esse benefício exclusivo e restrito aos hóspedes dos hotéis do complexo. Vale dizer que o transporte dentro do complexo da Universal em Orlando não é absolutamente necessário, isso porque quase todos os pontos ficam próximos uns dos outros, com exceção ao Cabana Bay. Isso significa que você pode ir caminhando entre os parques Universal Studios, Islands of Adventure, o centro de entretenimento CityWalk, e os hotéis Portofino Bay, Royal Pacific e Hard Rock. Como o estacionamento dos parques e do CityWalk é o mesmo, todo mundo tem que passar por ali, mesmo quem chega de ônibus dos hotéis.

Ônibus saindo do Cabana Bay e direção ao CityWalk e aos parques.

Ônibus saindo do Cabana Bay e direção ao CityWalk e aos parques.

Para quem está no Cabana Bay assim como nos outros hotéis, os ônibus para o CityWalk começam a rodar entre 1 e 2 horas antes do primeiro parque abrir e ficam funcionando até 1 hora depois do fechamento do CityWalk. Nos hotéis de luxo, estão também disponíveis lanchas que fazem o trajeto até o CityWalk e parques.

O transporte é gratuito para a Universal é gratuito e nos hotéis você também encontra shuttles para SeaWorld, Wet ‘n Wild e Aquatica. Esses devem ser reservados com antecedência na recepção do hotel.

Outro ponto importante: quem está hospedado nos hotéis da Universal, pode usar o transporte interno sem custo, porém se quiser ir ao parque com o seu carro, deverá pagar o estacionamento separadamente, o que eu acho uma coisa muito ruim e diferente da Disney, que não cobra estacionamento para quem está nos seus hotéis. A Universal também oferece traslado de ida e volta do aeroporto de Orlando, porém esse transporte é cobrado e deve ser reservado junto com o hotel com antecedência.

Ponto de espera do ônibus da Universal no Cabana Bay.

Ponto de espera do ônibus da Universal no Cabana Bay.

Pontos positivos de usar o transporte dentro da Universal

  • Preço: sem custo somente para quem está hospedado nos hotéis da Universal.
  • Frequência: os ônibus circulam a cada 15 minutos.
  • Facilidade: são somente duas paradas, o hotel e o CityWalk, por onde você vai até os parques andando.

Pontos negativos de usar o transporte dentro da Universal

  • Área: por ser o transporte interno do complexo, não espere encontrar nenhum meio para chegar nos shoppings e nos parques da Disney. Para isso, use um dos métodos já descritos acima.
  • Extras: qualquer destino fora fora hotel e CityWalk é cobrado, ou seja, espere desembolsar alguns dólares para ir ao Sea World, Aquatica e para o aeroporto.

Transporte do Busch Gardens

Como já comentamos no roteiro do Busch Gardens, o parque oferece transporte gratuito de ida e volta de Tampa, para quem possuí ingresso para o parque comprado. Os ônibus saem de 6 locais selecionados em Orlando:

  • Universal Studios Orlando
  • CSI: The Experience (International Drive)
  • SeaWorld Orlando
  • Old Town Shopping Village (em frente à roda gigante)
  • Publix (o da Vineland, que fica perto do Premium Outlets)
  • Maingate Lakeside Resort

O transporte tem horários variados, mas em geral saem de Orlando por volta das 9 da manhã. Em alta temporada, várias opções de horário podem ser oferecidas. Para embarcar, você precisa se cadastrar nesse link, imprimir o comprovante e leva-lo junto com os ingressos do parque (ou vouchers) no ponto de ônibus. A volta do ônibus de Tampa para Orlando sempre ocorre um pouco depois do horário de fechamento do parque.

Pontos positivos de usar o transporte do Busch Gardens

  • Preço: sem custo para quem possuí ingresso ou voucher do parque.
  • Não ter que dirigir: mas Tampa fica a pouco mais de 1h de distância de Orlando, então quem aluga um carro não precisa.

Pontos negativos de usar o transporte do Busch Gardens

  • Flexibilidade: são poucos os horários e locais de saída de Orlando. Além disso, você não tem a opção de voltar mais cedo caso queira pois só há uma opção de horário na volta.

Transporte do Legoland

Assim como o Busch Gardens faz, o Legoland que fica no meio do caminho para Tampa, também oferece uma opção de transporte para Winter Heaven. O ônibus sai sempre as 9 da manhã do I-Drive 360, o complexo onde fica a ICON Orlando, que já falamos aqui no blog. A diferença é que esse transporte tem um custo de $5 dólares ida e volta por pessoa acima de 3 anos. Menores podem embarcar sem pagar, mas devem sentar no colo.

Para agendar, você precisa clicar nesse link e imprimir o voucher depois.

Pontos positivos de usar o transporte do Legoland

  • Não ter que dirigir: mas a cidade fica uns 40 minutos de distância de Orlando, então quem aluga um carro não precisa.

Pontos negativos de usar o transporte do Legoland

  • Preço: é pago, ainda que seja um valor simbólico.
  • Flexibilidade: apenas um horário e local de saída de Orlando. Além disso, você não tem a opção de voltar mais cedo caso queira pois só há uma opção de horário na volta.
Shuttle da Legoland que sai da International Drive e custa 5 dólares.

Shuttle do Legoland que sai da International Drive e custa 5 dólares.

Espero que tenham gostado das dicas e que façam um bom planejamento de transportes em Orlando. Boa viagem!



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.