Compras

Vale a pena comprar nos EUA?

Boa parte das perguntas que recebemos aqui no VPD começam com “vale a pena…”  – e no restante da frase, tem um pouco de tudo: vale a pena fazer tal programação, vale a pena ficar em determinado hotel, vale a pena viajar em uma determinada época, e principalmente vale a pena comprar isso?

Roupas em Outlet de Orlando: nem tudo vale a pena ser comprado nos EUA

Roupas em Outlet de Orlando: nem tudo vale a pena ser comprado nos EUA

De fato, com o aumento do dólar e consequentemente do valor de uma viagem aos EUA, nem tudo que um dia valia super a pena comprar, continua sendo vantajoso. A boa notícia é que muita coisa vale a pena sim. Depois de muitas viagens, muitas compras e alguns erros, começamos a pegar o jeito de filtrar o que vale a pena comprar nos EUA ao invés de no Brasil. Por isso, hoje vou contar aqui todos os fatores que considero importantes nesta decisão.

Como saber se vale a pena comprar um produto nos EUA

Abaixo, listei algumas pontos importantes que a Re e eu pensamos, na hora de comprar algo nos EUA. É claro que, como sempre, colocamos as coisas que pessoalmente consideramos e por isso, algumas pessoas podem concordar ou não com os nosso critérios (vamos adorar saber o que cada um pensa, mesmo que discordem, através da caixa de comentários no fim do post!).

Já as roupinhas de bebês, são bem mais em conta nos EUA, quando comparamos com os preços brasileiros

Já as roupinhas de bebês, são bem mais em conta nos EUA, quando comparamos com os preços brasileiros

Além disso, vale esclarecer que nem sempre fazemos essa análise para tudo que compramos em Orlando, senão íamos perder mais tempo fazendo conta, do que aproveitando a viagem. Pensamos nos critérios abaixo, principalmente para momentos em que vamos comprar algo de valor maior, como por exemplo, um celular, um computador; ou até mesmo, na hora de decidir se íamos fazer o enxoval do nosso casamento ou da nossa filha no Brasil ou nos EUA.

Com isso em vista, aqui vão as nossas dicas para você saber se vale a pena ou não comprar algo nos EUA:

Disponibilidade

Esse ponto parece bobo, mas é sempre válido na hora de decidir por uma compra ou não: ele existe para vender no Brasil? Uma simples busca do Google ou em sites de comparação de preços, como o Buscapé, já respondem isso pra você.

Alguns jogos de videogame demoram muito tempo para serem vendidos no Brasil. A compra nos EUA é uma ótima saída

Alguns jogos de videogame demoram muito tempo para serem vendidos no Brasil. A compra nos EUA é uma ótima saída

Se o tal produto não é vendido em nenhum lugar no Brasil, você tem sua resposta. Algumas marcas de eletrônicos, roupas e calçados, ou até mesmo produtos para bebês, não estão disponíveis no Brasil e por isso, a compra nos EUA sempre vale a pena, caso você queira realmente ter esse produto especificamente.

Em vez de perder tempo de viagem se preocupando com isso, você pode fazer essa verificação antes mesmo de sair de casa com a ajuda da internet. Aliás, aproveite o tempo online e dê uma olhada nas avaliações de outros consumidores sobre este produto e veja se é realmente o modelo mais indicado. Para itens mais caros, esta pesquisa prévia é sempre muito válida e muitas vezes me faz mudar de idéia.

Olhando sites de compra dos EUA, como a Amazon (clique aqui para ver como comprar por lá e economizar tempo e dinheiro nos shoppings), você vai encontrar uma seleção gigante de produtos, de todas as indústrias, para saber se estão disponíveis ou não nos EUA, bem como encontrar produtos similares, comparação entre modelos e até algum outro produto substituto.

Valor real

Depois da questão básica da disponibilidade, um dos critérios mais importantes para determinar a compra durante a viagem, é o preço. É ai que muitos produtos nos EUA perderam a sua competitividade, frente aos produtos nacionais. Muitos tipos e marcas de roupas, vendem seus produtos no Brasil por um preço menor, do que o preço dos EUA se você considerar:

  1. Câmbio: que hoje em dia, beira os 4 reais;
  2. IOF: se a compra for feita com cartão de crédito ou cartão pré-pago, adicione 6,38% de IOF;
  3. Imposto dos EUA (a famosa Sales Tax): que na Flórida, é de 6,5% em todos os produtos. Para viagens a Nova York ou Califórnia, esse imposto pode variar entre 8-10%.
  4. Imposto aduaneiro: a famosa taxa da alfândega que exploro mais abaixo.
All Star básico. Hoje no Brasil você o encontra por pouco mais de R$100. Comprando nos EUA, o produto sai quase o dobro

All Star básico. Hoje no Brasil você o encontra por pouco mais de R$100. Comprando nos EUA, o produto sai quase o dobro

Se por um lado alguns itens passaram a não valer mais a pena, outros continuam sendo super vantajosos nos EUA: roupinhas de bebê, muitos tipos de eletrônicos, cosméticos, brinquedos e até mesmo alguns remédios populares, são itens que você não pode deixar de comparar durante a viagem.

Imposto aduaneiro (a popular alfândega)

Esse ponto é importante e pensar nele, já me ajudou a comprar alguns itens bem legais em viagens. Em alguns produtos de maior valor (leia-se maiores de U$500, que é a isenção alfandegária), mesmo pagando o imposto (que é de 50% do valor em dólares), ele ainda vale a pena ser adquirido nos EUA, já que a carga tributária para a importação oficial, acaba sendo bem maior.

Alguns modelos de computadores por exemplos, que nos EUA custam $1000 dólares, e com o imposto da alfândega saem por $1250, são vendidos no Brasil por quase R$10 mil reais, ou seja, trazê-los e declarar na alfândega, ainda sai muito mais em conta.

Lembre-se que as regras da alfândega, variam muito de acordo com os produtos que você pensa em trazer, então clique aqui para conferir o que pode e o que não pode, antes de sair fazendo conta por aí.

Cosméticos são uma ótima pedida para trazer da viagem. Os preços são MUITO mais baixos

Cosméticos são uma ótima pedida para trazer da viagem. Os preços são MUITO mais baixos

Facilidade para o pagamento

Uma outra observação que eu já até fiz no post sobre comprar iPhone nos EUA (clique aqui se você ainda não leu), é a facilidade no pagamento de um determinado produto. Nos EUA, os pagamentos são sempre a vista, no dinheiro ou no cartão, enquanto aqui no Brasil, você consegue parcelar quase que qualquer compra, de qualquer valor.

Ou seja, se você está acostumado a pagar por compras “a prazo” ou não dispõe de muito dinheiro para adquirir um produto mais caro, as vezes a compra nos EUA fica mais difícil, mesmo que o preço seja mais vantajoso. É claro que essa é uma análise e decisão pessoal, mas acho importante pensar nesse ponto na hora de tomar uma decisão.

Garantia e assistência técnica

Viu só como não é só de preço que vive a vantagem? 🙂

Esse último ponto eu aprendi a duras penas. Quando morei em Orlando, comprei um laptop da Compaq (com MUITAS horas de trabalho no Magic Kingdom) na Best Buy e o vendedor me ofereceu uma garantia extra que poderia ser usada em qualquer lugar do mundo. Alguns meses depois de voltar para o Brasil, o meu computador deu problema e o que eu descobri? Que a tal garantia extra não funcionava no Brasil, e eu não só tinha pago por um produto que não oferecia assistência técnica no meu país, como também tinha pagado uma grana a mais por uma garantia que não poderia ser utilizada.

Por isso, caso você esteja pensando comprar um produto de maior valor (como um computador ou celular), verifique se ele oferece garantia local e se você poderá usufruir dela, caso algo venha a acontecer com o seu bem, depois que a viagem acabar.

Algumas comparações de produtos vendidos nos EUA e no Brasil

Olhando para alguns produtos muito buscados pelos brasileiros que viajam para os EUA, fiz algumas comparações usando os critérios acima. Pesquisei os preços em algumas lojas e sites no Brasil e para o cálculo, eu usei uma cotação do dólar de 4 reais. É claro que promoções podem acontecer dos dois lados, então tenha em mente que esse preços podem sofrer alterações 🙂

Vale a pena comprar nos EUA

  • Creme de cabelo Aussie Minute Miracle: nos EUA custa R$12,60 e no Brasil é encontrado por R$39,00
  • Vestido de bebê da marca Carter’s: nos EUA custa R$39,23 e no Brasil é encontrado por R$154,90
  • Laptop MacBook Air de 13 polegadas da Apple: nos EUA custa R$5400,10 (incluindo o imposto da alfândega) e no Brasil é encontrado por mais ou menos R$7.000,00

Não vale a pena comprar nos EUA

  • Tênis All-Star branco da marca Converse: nos EUA custa R$187,22 e no Brasil é encontrado por R$109,90
  • Camisa polo vermelha da marca Lacoste: nos EUA custa cerca de R$380,84 e no Brasil é encontrada por R$234,99

Veja que estamos falando dos preços padrões. Nos EUA de tempos em tempos vemos promoções muito boas, e nesse caso, se o desconto for bom muitos outros produtos podem se tornar atrativos.

Ajudou? Espero que sim! Então agora é pesquisar e ser feliz nas compras!



O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.