Parques

Wild Africa Trek: tour pelo Safari do Animal Kingdom

A Disney oferece muitas atividades além dos parques, algumas muito legais e pouco conhecidas. A gente já falou aqui de várias delas como atividades aquáticas, jantares especiais, fogueira com o Tico e Teco e até os tours da Disney de uma forma geral, mas hoje quero falar um pouco mais de um dos tours que eu mais gosto, o Wild Africa Trek, no Animal Kingdom.

O Wild Africa Trek é uma das experiências mais legais que já participei na Disney!

O Wild Africa Trek é uma das experiências mais legais que já participei na Disney!

O safari do Animal Kingdom já é uma das atrações mais legais do parque para todo mundo, deixando os visitantes pertinho dos rinocerontes, girafas, zebras, hipopótamos, entre outros muitos animais. Sempre impressiona adultos e crianças e cada visita acaba sendo diferente.

No Wild Africa Trek você vê os animais do Safari por mais tempo e mais de perto.

No Wild Africa Trek você vê os animais do Safari por mais tempo e mais de perto.

É uma experiência imperdível para quem visita o parque, mas se você já conhece o safari e quer fazer algo diferente em Orlando, talvez o Wild Africa Trek possa ser uma atividade marcante na sua viagem. Se quiser ter uma idéia rápida de como é essa experiência, é só assistir o vídeo aí embaixo. 😉

O que é o Wild Africa Trek?

É um tour oferecido pela Disney que te permite andar um pouquinho nos bastidores do Safari do Animal Kingdom e ter uma experiência um pouco mais próxima com alguns animais. O tour todo é acompanhado de guias que além de te orientar, contam muitas curiosidades interessantes sobre os animais.

Nossos guias em ação!

Nossos guias em ação!

O tour deve ser agendado antecipadamente e dura cerca de 3 horas. Ele acontece algumas vezes por dia, mas a minha dica é agendar logo o primeiro horário para ter mais chance de ver mais animais acordados e até fazer render mais o seu dia de parque, já que normalmente o primeiro Wild Africa Trek Tour começa ainda antes da abertura do parque.

Parte do Wild Africa Trek é feito a pé no meio do mato, mas com trilhas bem fáceis para qualquer pessoa poder acompanhar. Outra parte acontece em um veículo parecido com o do safari mesmo. Isso sem contar o tempo que a gente passa em uma espécie de casinha com uma baita varanda que fica localizada no meio do safari para fazer um lanchinho enquanto admira os animais.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-14

Que tal passar por uma ponte dessas e ver os crocodilos de pertinho bem embaixo de você?

Como sempre, a gente nunca sabe quais animais poderá avistar enquanto está na área do Safari, mas pelo menos os crocodilos e os hipopótamos você pode ter certeza que verá bem de perto durante o Wild Africa Trek, como conto melhor já já para quem quiser saber os detalhes.

Como é o Wild Africa Trek?

Se você estiver considerando fazer este tour, talvez queira guardar surpresa e pular esta parte do post, mas para os mais curiosos ou para quem ainda não decidiu se quer ou não fazer este passeio, vou contar um pouco aqui de como foi a nossa experiência no Wild Africa Trek.

Ele é perigoso mas é muito bonitinho!

Ele é perigoso mas é muito bonitinho!

Como a gente foi no primeiro horário antes do parque abrir, encontramos os nossos guias lá na entrada do parque. Se a gente tivesse ido mais tarde, poderia ter encontrado com eles ali na área do safari mesmo. Um dos guias confirmou os nossos nomes em uma lista, perguntou se a gente tinha alguma restrição alimentar e nos pediu para esperar por lá até que todo o grupo chegasse.

Dois dos guias nos esperando na entrada do parque para o primeiro horário do tour.

Dois dos guias nos esperando na entrada do parque para o primeiro horário do tour.

Quando o grupo todo chegou, eles nos levaram até a área da Africa do parque, onde fica o Safari e a Pagani Forest. É claro que para chegar até lá a gente teve que passar pela entrada do parque e usar um dia de ingresso. Para fazer o tour, você precisa de ingresso de admissão também.

Os guias nos ajudam a colocar as roupas e equipamentos para o tour.

Os guias nos ajudam a colocar as roupas e equipamentos para o tour.

Chegando, nos orientaram a deixar mochila e qualquer coisa solta dentro dos armários que ficam disponíveis antes da gente entrar na natureza mesmo. Veja que até pela proteção dos animais (e dos seus bens também) eles tomam todos os cuidados para que nada esteja solto, correndo risco de cair no meio da área do safari. Até nossos óculos ficaram presos por uma daquelas cordinhas que a gente passa pelo pescoço (e que o Felipe achou a coisa mais INCRÍVEL já inventada pela humanidade! Vai entender, ele falou disso o dia inteiro).

Felipe feliz da vida com a cordinha no óculos! hahaha <3 <3

Felipe feliz da vida com a cordinha no óculos! hahaha <3 <3

Nessa área você é preparado para entrar no tour mesmo, não só prendendo qualquer coisa que esteja solta, guardando o que quiser no armário mas também colocando colete, aquela cadeirinha de segurança que parece uma fralda estranha (vocês podem ver como sou super familiarizada com os termos técnicos! haha), um cantil para você poder encher de água e um broche com o seu nome. Aqui você também recebe um pequeno rádio e fone de ouvido por onde poderá ouvir seu guia sem que ele precise ficar gritando.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-6

Um pouco das coisas que a gente veste para o tour.

Se você quiser levar máquina fotográfica, você pode desde que ela fique presa também. Eu fui com uma GoPro que estava presa no meu pulso e o Fe fico com uma câmera maior no pescoço, mas a própria equipe que te acompanha no Wild Africa Trek também tira várias fotos com uma câmera excelente e estão todas inclusas no valor que você paga pelo tour. Por isso, se tiver que escolher entre registrar ou viver a experiência, opte pela segunda opção e deixe as fotos com os guias! 🙂

Depois de uma rápida seção de fotos com o grupo todo, entramos pela Pagani Forest (que fica do lado do safari) e fomos seguindo uma pequena trilha. Em alguns pontos no meio dessa trilha a gente já podia ver animais de longe e as vezes até os carrinhos do safari com os visitantes passando.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-5

Para participar do Wild Africa Trek, antes você deixa mochila e boa parte dos pertences nesses armários.

Nossa primeira parada mesmo foi para avistar de perto e alimentar os hipopótamos. Toda a parafernalha que te fizeram vestir antes de entrar na trilha não é só para fazer um estilo e se prova útil nessa hora. É com a ajuda daquilo que você fica preso a uma corda ligada á uma área fixa e segura de aço. Assim você pode até se inclinar para mais perto dos animais sem correr risco de tropeçar e cair (o que seria a minha cara fazer).

Mais tarde, a gente também usou o equipamento de segurança para passar por cima de vários crocodilos e depois dar uma espiada em todos eles mais de perto. Em todos os momentos que a gente tinha contato mais próximo com os animais, aparecia algum convidado para falar mais sobre o animal em questão e como eles são cuidados ali no safari.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-7

Andando pela trilha dentro do Animal Kingdom.

Depois de um pouco de andança, a gente pegou um veículo para ver outros animais, admirá-los e fotografá-los, sempre contando com nossos guias para registrar tudo e nos contar várias curiosidades. Essa parte é até bem parecida com o safari normal mesmo, mas a diferença é que a gente pode sair do percurso. O veículo pára onde parece ser um bom ponto para a gente ver os animais, tirar fotos e tudo o mais. Ah! E aqui a gente ganhou um binóculo para poder ver os detalhes e avistar os animais mais distantes que as vezes passam desapercebidos no safari tradicional.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-10

Eu e os crocodilos! 🙂

Mais para o fim do passeio, a gente parou em uma casinha com uma super varanda que fica situada no meio da área do safari. Ali recebemos uma lancheirinha com várias comidinhas gostosas para beliscar enquanto relaxávamos e avistávamos os animais com ou sem o binóculo. Não deixe de explorar essa área e principalmente conhecer também a parte de trás onde você consegue admirar outros animais bem legais.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-27

Eu que sou míope adoro um binóculo! hahahaha

Depois disso, a gente terminou o percurso do safari, viu mais alguns animais e finalizamos o tour. Na hora de pegar suas coisas, não deixe de támbém pegar com o seu guia o papel com todas as informações para fazer o download das fotos do passeio.  A garrafa e o broche com o seu nome ficam de brinde pra você, já o resto, precisa ser devolvido.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-18

Espaço no meio da área do safari onde paramos para comer e ver os animais.

A Disney doa parte do valor pago pelo tour para a conservação dos animais e antes de ir embora, você pode escolher para a conservação de qual animal, dentre algumas opções, você deseja direcionar o dinheiro do seu tour.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-24

Alguns dos docinhos que estavam na nossa “lancheirinha”.

Prontinho! Agora só resta aproveitar o resto do dia no parque. Depois do Wild Africa Trek, com certeza você estará super no clima proposto pelo Animal Kingdom para curtir bastante todas as atrações deste parque.

Informações importantes sobre o Wild Africa Trek

Se você está cogitando fazer o Wild Africa Trek, é importante saber das informações e dicas abaixo para aproveitar essa experiência e o resto do dia no parque melhor forma possível.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-13

Além de ver os animais, há algumas estações educativas pelo percurso do Wild Africa Trek.

  • Agende antes: o Wild Africa Trek tem vagas limitadas e como não é uma experiência barata, eu gosto de sentir que estou maximizando o meu aproveitamento pegando logo o primeiro horário disponível. Para conseguir isso, é preciso agendar esse tour com antecedência. Ele pode não ser tão concorrido como um Cinderella’s Royal Table, mas não dê bobeira. A partir do momento que tiver certeza da sua programação, agende essa e as outras atividades do seu interesse. Lembrando que o agendamento pode ser feito por telefone diretamente com a Disney. Veja aqui como ligar de graça pela internet e como ter atendimento em português. E quando te passarem o número da sua reserva, guarde este número pois ele não deve aparecer no seu My Disney Experience depois.
  • Prepare o bolso: o Wild Africa Trek é uma atividade muito legal mas exige tempo de guias, uso de equipamentos e cuidados com segurança. Como você já deve imaginar, não é uma experiência barata. Custa entre US$150 e US$300 por pessoa para as 3 horas de tour, com o preço variando de acordo com a época do ano.
WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-19

O tour é caro, mas é realmente uma experiência incrível.

  • Não esqueça do ingresso: além dessa facada em dólares, para fazer o Wild Africa Trek você também precisa ter ingresso para entrar no parque, viu? Esse valor não inclui sua entrada no parque. Entenda mais sobre os ingressos da Disney aqui.
  • Tem perigo? Não! Se você acompanha esse blog sabe que eu sou meio cheia de frescurinha do tipo que tem medo de lagartixas e baratas. Eu não teria gostando do Wild Africa Trek se ele apresentasse qualquer “contato surpresa” além do esperado com a natureza. A Disney leva segurança muito a sério, por isso faz uso de tantos equipamentos e cobra tão caro para oferecer essa experiência com os animais. Dá para dizer que é uma “aventura” em ambiente controlado, então não precisa ter medo, tá?
WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-15

Tá vendo? Tudo muito seguro!

  • Cuidado com o horário: nós brasileiros (ou pelo menos eu e o Felipe) temos o hábito de nos atrasar para compromissos, mas não caia nesse erro se agendar o Wild Africa Trek. Lembra do valor que você pagou pela experiência? Então não vá correr risco de perdê-la. Não menospreze o tempo que você pode demorar para chegar até a área da Africa ou mesmo até a entrada do parque caso agende o primeiro horário como a gente fez. Planeje chegar pelo menos uns 15-20 minutinhos antes. Pelo menos aqui em casa, quando a gente tenta ser adiantado, a gene consegue na verdade ser pontual! 😛
  • Fastpass+: quando for agendar os seus fastpass+ para aproveitar o resto das atrações dos parques, considere uma boa margem de segurança levando em conta o horário do seu Wild Africa Trek. Assim você não corre risco de perder os seus fastpass+ por causa do passeio. Planejamento é tudo!
WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-39

mais um pouquinho dos animais.

  • Atenção no idioma: apesar de eu achar que boa parte do tour é legal independente de você falar ou não inglês, é importante deixar claro que os guias em geral só falam inglês e não há nenhum tradutor hoje para esta atividade.
  • O que pode e o que não pode: já falei um pouco sobre isso anteriormente aí no post e quando você for agendar o Wild Africa Trek, já vai receber várias instruções mas não custa destacar: não espere poder ficar com nada solto durante o passeio e isso inclui o seu sapato, então use sapatos fechados. Já pensou se você pudesse ir de chinelo e eke caísse enquanto você estivesse atravessando uma ponte cheia de crocodilos embaixo? Não dá né? Óculos e máquinas bem seguras são permitidas. 
WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-12

Imagina se o Felipe estivesse de chinelo nessa hora? Podia facilmente ir parar lá nos crocodilos!

O Wild Africa Trek vale a pena?

O Wild Africa Trek é uma das experiências mais diferentes e interessantes que já participei na Disney. Para quem curte animais ou tem crianças curiosas a respeito do mundo animal, pode ser uma atividade memorável e diferente de tudo que você viverá em Orlando. Recomendo demais!

Por outro lado, o investimento é bem alto então, você precisa avaliar se acha esta experiência interessante o suficiente para justificar o investimento, o que acaba sendo uma decisão pessoal. Eu mesma queria fazer o Wild Africa Trek há um tempão (desde que ele era mais barato :/), mas quando finalmente agendamos o tour, fiquei um pouquinho sem ar em pensar no valor. Eu quase cancelei umas duas vezes mas o Fe falava “a gente tá de férias, vamos lá” e no fim das contas fiquei muito feliz de ter ido. Foi caro, mas foi uma experiência TÃO legal que valeu o investimento.

WILD-AFRICA-TREK-ANIMAL-KINGDOM-DISNEY-30

Os guias são espetaculares e muito simpáticos.

Todo mundo tem um orçamento limitado para uma viagem e sempre é preciso fazer escolhas. Cabe avaliar se há espaço para cortar outras coisas da sua agenda para investir nesse tour ou não. Para uma das nossas viagens, achamos que valia cortar outras coisas e acertamos em cheio, pensando em nossas preferências pessoais! Amamos a experiência! Se você gostou do Wild Africa Trek, espero que tenha a chance de fazer esse tour e aproveite como a gente aproveitou. Depois conte para a gente o que achou, tá? 🙂

O Vai Pra Disney é um blog independente e não é um canal mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas nesses sites representam a opinião de seus autores, colaboradores e usuários. Walt Disney World Resort, nomes e logos são marcas registradas da The Walt Disney Company.