VPD Orlando - Vai Pra Disney
Parques

E-ticket da Disney: como vincular e trocar o voucher pelo ingresso

Esta é sem dúvida uma das perguntas que a gente mais responde, principalmente no VPD Travel, mas aqui no blog, no nosso Instagram e no nosso canal do YouTube também: como trocar o e-ticket da Disney? Esse é um processo super simples, mas já foi tão complicado pelo mundo afora que acaba gerando um receio em alguns turistas.

Por isso mesmo, hoje vamos descomplicar de novo esse processo e tirar qualquer resquício de preocupação da frente! É hora de curtir a viagem que está chegando e não se preocupar com coisas tão simples, né? 😉

Se você só quer um resumo rápido das principais informações, então é só dar play no vídeo aí embaixo (que originou a ideia desse post). Se gostar, não deixe de dar seu like e assinar o nosso canal para receber mais dicas por lá também. 😉

Por que comprar o ingresso em e-ticket?

A gente já falou muito aqui que é melhor comprar os ingressos da Disney antecipadamente por dois motivos:

  • Porque você economiza, pesquisando em diferentes canais de venda,  e consegue comprar mais barato do que na bilheteria.
  • Porque isso te possibilita agendar seus Fastpass+ com antecedência (considerando que você escolha um canal de vendas que te forneça todas as informações para isso). Com isso, você consegue usar este benefício em atrações mais concorridas e otimizar o seu tempo nos parques.

Observação: o Fastpass+ está temporariamente suspenso por conta da pandemia de COVID-19, como contamos aqui.

Comprar o e-ticket antecipadamente te permite agendar seus Fastpass+ logo e conseguir este benefício para as atrações mais concorridas. Foto da entrada da Seven Dwarfs Mine Train no Magic Kingdom. A placa de madeira exibe o nome da atração e "Fastpass+ entrance" com um relógio em madeira acima.
Comprar antecipadamente te permite agendar seus FastPass+ logo e conseguir este benefício para as atrações mais concorridas

Você pode comprar seus ingressos antecipadamente em alguns formatos diferentes, dos quais eu pessoalmente acho o e-ticket o mais prático. As opções são:

  • Entrega do ingresso no Brasil: é para a gente a opção menos vantajosa, já que você fica sem qualquer garantia com relação à compra dos ingressos. Eu já questionei uma grande operadora que trabalha dessa forma (e queria oferecê-la aqui no VPD) sobre o que aconteceria caso um cliente perdesse o ingresso físico, tivesse a mala roubada ou extraviada na viagem. A resposta foi de que eles não poderiam fazer nada. Obviamente a gente disse que também não poderia oferecer os ingressos deles no site! haha. Pessoalmente, acho que se você tiver sua conta vinculada no My Disney Experience até é possível fazer alguma coisa para recuperar o ingresso, conversando diretamente com a Disney. Mas pensa no perrengue? Enfim, mesmo que consiga alguma coisa, nada muda o fato de que essa é a maneira menos segura de comprar os ingressos e por isso a menos praticada hoje em dia. 
Foto da página inicial do site VPD Travel, onde está escrito "compre seus ingressos para a Disney com desconto" em um fundo azul, com o castelo da Cinderela ao lado.
O VPD tem um outro site só para a venda de ingressos e hospedagem para nossos leitores. É o VPD Travel.
  • Entrega em Orlando: aqui as regras vão variar de acordo com o canal de vendas escolhido, e nem é tão comum mais. Geralmente você faz sua compra e recebe um voucher, e os cartões deverão ser entregues a você em dia e horário conforme o combinado. Ainda assim, eu pessoalmente acho o processo do e-ticket ainda mais fácil, conforme explico a seguir.
  • E-ticket: essa é a forma mais prática e também a que a gente usa no VPD Travel. Você compra seus ingressos e recebe um voucher por email, contendo o código para cadastrar estes ingressos no My Disney Experience e agendar seus Fastpass+. Para pegar o ingresso físico, basta imprimir seu voucher (ou mostrar na tela do celular) e levá-lo à uma janela de Will Call na bilheteria dos parques ou no Disney Springs antes do primeiro uso, junto com um documento de identidade válido (passaporte). Só precisa trocar uma vez, pois esse cartão é o mesmo que será usado nos próximos dias de visitas aos parques. Se tiver uma MagicBand vinculada à conta, eles já estarão nela e nem precisa da etapa de trocar o voucher.

Exatamente por ser mais prático, a maioria das pessoas prefere comprar e-tickets. No entanto, algumas ainda ficam com receio de que o processo de troca possa ser um bicho de sete cabeças. Curiosamente, um rumor iniciado por quem vende o ingresso físico. Olha só que conveniente! 😛 . Abaixo a gente mostra como é simples.

Os ingressos podem ser usados no cartão ou na MagicBand através do e-ticket. Imagem do cartão magnético que funciona como ingresso da Disney, ao lado de uma MagicBand cor-de-rosa.
Os ingressos podem ser usados no cartão ou na MagicBand

Como trocar o e-ticket?

O primeiro ponto é que a maioria das pessoas deixa para trocar o ingresso no primeiro dia de parque. Você pode fazer isso numa boa, mas a não ser que você queira acordar um pouco mais cedo, vai acabar perdendo tempo de parque aberto para isso. Não vai ser muito tempo, mas ainda assim, eu prefiro curtir o parque.

Por isso, chegue cedo para trocar seus e-tickets ou faça isso antes do primeiro dia de parque, no Disney Springs ou até em um parque aquático da Disney.

  • Primeira dica: Quase ninguém troca e-ticket no parque aquático e já que o estacionamento lá é gratuito, você pode estacionar, trocar seu e-ticket e ir embora rapidinho. Só não dá para largar o carro lá para ir pro parque com o ônibus da Disney, viu? Só hóspede da Disney consegue fazer isso nos parques aquáticos.
  • Segunda dica: Outra possibilidade é o Disney Springs, que para mim é o passeio perfeito para já ir entrando no clima Disney mesmo antes de começar a visitar os parques. Jante por lá na sua primeira noite na cidade e aproveite para já retirar os seus ingressos no Disney Ticket Center. Ele fica atrás da loja Zara, perto do Guest Relations, e funciona geralmente até 23h ou 00h. Veja aqui.

Se mesmo assim preferir trocar no parque, não necessariamente significa que você vai pegar uma fila super grande. É claro que se você viajar nas épocas mais lotadas, como o Ano Novo, você vai pegar fila até para ir ao banheiro, comprar comida etc. Tudo vai ter fila nesses dias e a retirada do ingresso não vai ser diferente. Mas em condições normais, essa fila é super tranquila, principalmente se você for ao lugar certo para retirar os ingressos.

O Disney Springs é um ótimo lugar pra trocar o e-ticket e ainda emendar num passeio super gostoso. O Ticket Center fica atrás da loja da Zara. Imagem do centro de Disney Springs, que parece uma praça, com árvores e lojas pintadas de cores claras.
O Disney Springs é um ótimo lugar pra trocar os ingressos e ainda emendar num passeio super gostoso. O Ticket Center fica atrás da loja da Zara

Muitas agências e sites te mandam fazer isso exclusivamente no Guest Relations dos parques, o que normalmente não é uma boa ideia. É realmente possível trocar os ingressos no Guest Relations, mas o problema é que eles fazem muito mais do que isso por lá. Você vai entrar numa fila com todo mundo que tem um problema para resolver antes de entrar no parque! Então o melhor mesmo é trocar na janela de Will Call da bilheteria, uma fila destinada apenas para a troca de ingressos. A fila, além de menor, anda mais rápido!

É só procurar por essa placa! A janela de Will Call é o melhor lugar para trocar seu e-ticket
É só procurar por essa placa! A janela de Will Call é o melhor lugar para trocar seus ingressos

Especialmente se você for trocar seus ingressos no Magic Kingdom, opte por trocar na janela de Will Call da bilheteria, que fica ainda no TTC (onde você deixa o carro e pega o Monorail para ir até o parque). Se você deixar para trocar na entrada do parque, vai pegar mais fila no Guest Relations. Às vezes uma janela de will call fica funcionando na entrada do parque também, mas no TTC são várias janelas para isso, então a coisa funciona de forma muito mais eficiente por ali.

Nos outros parques é ainda mais simples, pois a bilheteria com janela de Will Call fica logo antes da entrada do parque. Vá até uma dessas janelas, pegue seu ingresso e seja feliz. Com toda a certeza menos gente deixa pra trocar os ingressos nos outros parques além do Magic Kingdom (primeiro parque a ser visitado pela maioria das famílias), tornando o processo ainda mais rápido se você quiser ir ao Epcot, Animal Kingdom ou Hollywood Studios primeiro.

Os parques aquáticos são quase desertos para trocar o e-ticket. Foto do Will Call no Typhoon Lagoon, com uma bandeira pirata dizendo "Welcome" e o nome do parque em placas de madeira abaixo.
Os parques aquáticos são quase desertos para trocar os ingressos

Importante: nesse processo de troca do voucher você vai receber o ingresso em cartão. A Disney não dá a MagicBand com a compra dos ingressos (e você nem precisa de uma se não quiser). As únicas pessoas que ganham uma MagicBand gratuitamente são os hóspedes dos hotéis da Disney, já que esta pulseira é também a chave dos quartos por lá. Aliás, até os hóspedes vão parar de receber a MagicBand gratuitamente, porque a Disney já anunciou que as funções estarão incorporadas no app e de 2021 em diante não irão mais dar nem para os hóspedes.

Se você quiser comprar uma MagicBand assim que chegar em Orlando (elas são vendidas até na loja da Disney do aeroporto), é só vinculá-la à sua conta My Disney Experience onde estão os ingressos. O próprio vendedor da loja da Disney pode fazer isso pra você.

Aliás, é uma mão na roda, porque fazendo isso você nem precisa mais passar em nenhum lugar pra trocar o voucher pelo cartão. Os ingressos já estarão automaticamente na pulseira e é só ir direto para a entrada do parque.

O Hollywood Studios também é bem tranquilo para fazer a troca do e-ticket. Foto da entrada do Hollywood Studios, que é pintada de azul com o nome do parque acima em vermelho.
O Hollywood Studios também é bem tranquilo para fazer a troca

Como vincular o e-ticket no site da Disney e agendar Fastpass+?

Essa é outra pergunta que todo mundo que já comprou e-ticket quer saber e com razão. O primeiro passo é ir ao site do My Disney Experiênce em inglês, de lá clicar em My Plans, depois Park Tickets e em seguida Link Tickets.

Fizemos um vídeo com o passo a passo (aqui embaixo), e a seguir também explico melhor o processo pelo site.

Atenção: para a maioria dos ingressos comprados em formato de E-ticket não é possível vincular pelo app do My Disney Experience nem pelo site em português. Tem que ir no site da Disney e alterar o idioma para inglês, clicando no globinho lá no topo da página.

Foto da página do site da Disney mostrando a seção "Link Tickets", que serve para vincular os ingressos à conta.
No site em inglês, é só clicar em Link Tickets.

Depois disso, o site vai abrir um campo onde será possível colocar o Confirmation Number, que nada mais é do que o código alfanumérico de 12 dígitos que vem no seu e-ticket.

Como vincular o e-ticket no site da Disney. Foto da página do site da Disney mostrando a seção para digitar o código do ingresso.

O primeiro ponto de dúvida é que mesmo se você comprar ingresso para várias pessoas, o seu e-ticket vai conter apenas um código para todo o grupo. Muita gente pensa “ué, mas só posso marcar Fastpass+ para uma pessoa? Veio faltando os outros números!”. Mas calma! Pode ficar tranquilo que aquele único número conterá todos os ingressos comprados.

Foto de um ingresso da Disney em e-ticket indicando onde fica o código que deve ser inserido no site.
Exemplo de um e-ticket da Disney

Por exemplo, imagine que você tenha comprado 4 ingressos: 3 de adultos e 1 infantil. Quando você vincular este código na sua conta no site da Disney, você vai ver todos estes ingressos contidos no e-ticket e vai poder vincular cada um deles à uma pessoa.

Para isso, cada pessoa que vai usar o ingresso precisa ter uma conta no My Disney Experience. Pode ser uma conta completa gerenciada por ela mesma ou então uma conta simples que você pode gerenciar para o usuário. No vídeo abaixo (um dos primeiros dos primórdios jurássicos do nosso canal) a gente ensina passo a passo como fazer as contas e vincular amigos e familiares à sua conta no My Disney Experience (MDE).

Quando todo mundo já for seu amigo no MDE, é só vincular os ingressos aos respectivos usuários e pronto! Dá para agendar Fastpass+ e tudo o mais que você quiser.

Viu? Não tem nenhum bicho de sete cabeças! Sabendo onde trocar, como trocar e como vincular seus e-tickets, esse processo todo vai virar algo automático na sua cabeça, que você resolve em questões de segundos! Depois é só curtir os parques todos! 😛

Atribuindo os ingressos no My Disney Experience. Foto da página do site da Disney mostrando como atribuir um ingresso a uma pessoa.

Vale lembrar que além te ter o ingresso vinculado à sua conta, é preciso também fazer uma reserva do Disney Park Pass para garantir sua entrada no parque no dia desejado. Explicamos como fazer isso aqui e no vídeo abaixo:

E se você está nesse processo de comprar ingressos/vincular e-tickets, aqui vão alguns posts que podem te interessar:

Já conhece nossos outros sites?
Compre ingressos, hospedagem e cruzeiros com desconto no VPD Travel, a agência do VPD.
Veja as dicas de Nova York no VPD NY.
Vídeos toda semana no nosso canal do Youtube.
Siga a gente também no Instagram!